• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: Viagens

    • pra dentro do brasil

      A gente tá no maior clima praiano de Bali, mas é claro que não deixa de olhar aqui pra dentro. O Brasil é a nossa maior paixão da vida e, entre andanças, a Gabi Temer, do Juju na Trip, criou uma lista com as quatro praias mais lindas pra você que vai entrar de férias e quer curtir por aí (e por aqui).  Águas calmas, areia fofa e branquíssima e num precinho barato. Topa?

      Taipus de Fora – Bahia:  uma vila com ruas de areia, casas coloridas, cercada de praias maravilhosas e de águas calmas. Maraú e Taipu de Fora são um dos destinos mais lindos da Bahia.  Lá você encontra piscinas naturais como essa aí da foto, e praias desertas com areia branca e coqueiros a perder de vista. Uma dica pra quem pretende conhecer Taipu é se guiar pela tábua de marés, e marcar a viagem para quando a vazante ocorrer durante as horas do dia (é quando as piscinas naturais se formam).

      Arraial do Cabo – Rio de Janeiro:  Arraial virou destino-desejo, meninas! Também, olha só a cor do mar! É Caribe, né? Então anota onde ir por lá: Ilha do Farol, Praia do Forno e Praia do Pontal do Atalaia são imperdíveis. E detalhe: algumas praias, como a do Farol, só são acessíveis de barco, num passeio fácil e delicioso. Pra quem gosta de mergulho, uma informação preciosa: Arraial é considerado um dos melhores lugares do Brasil pra prática.

      Maragogi – Alagoas: essa foto clássica de Maragogi mostra as maravilhosas galés, as piscinas naturais protegidas por recifes que se formam durante a maré baixa. Não à toa, esse destino também ficou conhecido como Caribe Brasileiro. Dá para entender o porquê, né? E além das galés, Maragogi oferece ainda passeios de buggy, de barco, praias desertas nas vizinhanças, sossego e uma culinária deliciosa…  E do ladinho de Maragogi, pra quem quiser ficar mais tempo, tem a Rota Ecológica de Alagoas, com praias super intocadas como Patacho e São Miguel.

      Praia de Coqueirinho do Conde – Paraíba: Águas calmas, mornas, falésias e muitos coqueiros. A praia de Coqueirinhos é uma destino delicioso pra quem quer um lugar ao sol pra descansar, sem muita bagunça. Fica no sul da Paraíba, no município de Conde, e é lindo assim, olha! 

      Agora é aproveitar, arrumar as malas e se jogar! 

      04.10.16
    • entre muros e flores

      Portugal encanta todos os sentidos, de Norte a Sul cada região tem seu perfume, suas texturas e seus tons, numa viagem sensorial completa, com muitas belas surpresas pelo caminho.

      Uma delas é a cidadela de Óbidos, uma pequena jóia pertinho de Lisboa que nos transportou numa viagem pra um tempo de rainhas e cavaleiros, com muitas flores pelo caminho. Sim, muitas flores de todos os tons colorem os caminhos estreitos da cidade amuralhada, que servia de presente das rainhas portuguesas pros sortudos reis com quem se casavam.

      Não é a toa que o clima de romance toma conta de toda cidade, com suas casinhas coloridas, o cheirinho doce das figueiras e pereiras dos campos e o céu rosado do fim de tarde. 

      Pra ver toda a cidade vale se perder entre as ruelas com lojinhas e restaurantes, lojinhas deliciosas de doces tradicionais portugueses e claro, o licor de ginginha, bebida da frutinha vermelha tradicional da cidade, que torna a experiência ainda mais inebriante!

      Mas antes disso não perca um passeio sobre os muros da cidade até o castelo, hoje em dia transformado em hotel de luxo, com direito a uma vista inesquecível pela cidade.

      Óbidos parece uma cidade de brinquedo e não precisa de muito tempo pra ser explorada, uma noite e dois dias são suficientes pra se contaminar com o clima e querer ficar pra sempre. 

      Apostamos que você vai se encantar!

      04.09.16
    • mochilão: marrakech

      bola_marrakesh

      O Mochilão de hoje pousa nas cores, no misticismo e na bagunça mais linda que há. Sejam bem-vindos a Marrakech!

      sozinha2

      Se lançar nas ruelas da cidade é abrir as portas pra um mundo totalmente diferente do que se está acostumado. Em cada cantinho você vê cores e sua viagem parece ter uma trilha sonora exótica vinda do além, a música parece estar em toda esquina. A Ju, do blog Os Detalhes, foi e contou tudo pra gente!

      marrakesh7

      Pra sentir mesmo o clima de lá, uma visita ao Zoco, um mercadão daqueles que a gente vê em filme, é a melhor pedida! A entrada fica bem na praça principal da cidade, a Djemaa El Fna. No Zoco, aproveite pra comprar (ou só paquerar) lenços de todas as cores e estampas que você possa imaginar: bolsas e sandálias de couro, artesanato local, tapetes (lindos de morrer), cosméticos, joias – lá tem de tudo.

      marrakesh3

      E a melhor parte é a arte da barganha, que rola em qualquer língua que você saiba falar. Vale desenterrar aquele portunhol, inglês e principalmente o francês, já que Marrocos era colônia francesa. No final da compra, se você barganhou bem, ainda toma um chazinho com o dono da tenda, vê fotos da família, um barato!

      marrakesh1

      Saindo do Zoco é hora de desbravar a praça. Lá tem de tudo e essa miscelânea é o que há de mais especial sobre Marrakech.

      marrakesh4

      Nossa dica é provar o suco de laranja feito na hora nas barraquinhas e comer um tahine em um dos restaurantes que ficam ao redor da praça (quando mais alto, melhor – a vista para a praça à noite é incrível!).

      marrakesh6

      Já estão encantados? Esperem só o Mochilão que vai atravessar as Montanhas Atlas e aterrissar no deserto do Saara, um dos passeios mais procurados saindo de Marrakech.

      *Dica: Pra quem está procurando uma experiência de albergue por lá, recomendamos o Riad Marrakech Rouge. Além de o albergue ser a coisa mais linda, eles têm todos os contatos para passeios fora de Marrakech.

      03.03.14
    • mochilão – trancoso

      bola_trancoso

      Todo ano pinta um novo lugarzinho mágico na Bahia pra onde nossos amigos seguem em romaria, e nós adoramos descobrir esses cantinhos de paz e beleza…

      trancoso1

      Mas todo mundo tem aquela praia que faz o coração bater mais forte e que a gente acaba voltando sempre, pra gente Trancoso é assim!

      trancoso2

      A energia do Quadrado (que inclusive já ganhou as flores da FARM com uma loja temporária que até hoje deixa saudades!) com suas casinhas de mil cores, belas árvores, restaurantes e lojinhas charmosas até dizer chega, reúne gente do mundo todo… que não muito raro, acaba é ficando por lá!

      trancoso3

      Esse ano ainda vimos de perto a festa de São Sebastião, santo esperto que cuida do Rio e de Trancoso, será por isso que amamos tanto as duas cidades?

      trancoso4

      Por lá nossas praias preferidas são Coqueiros e Rio da Barra, que combina mar, rio, falésias de tirar o fôlego e uma tranquilidade que não tem nome, ai ai!

      trancoso5

      Aliás, não deixe de tomar uma caipi no hotel Terravista em Rio da Barra (ou duas, ou três! hehe), depois caminhar até a deserta Taípe, apenas o paraíso!

      trancoso6

      Outra dica é alugar um carro em Porto Seguro e seguir até Trancoso, assim dá pra conhecer outras praias paradisíacas por perto, como Espelho e Caraíva.

      trancoso7

      Aliás, Caraíva é um capítulo a parte, o risco é não querer ir embora nunca mais!

      trancoso8

      Entre o vai e vem dos barquinhos e uma caipirinha de siriguela no Bar do Pará, ainda dá pra praticar SUP, boiar no Rio ou fazer o que a gente quer mesmo fazer na Bahia…

      trancoso9

      fotos: Marcelo Ribeiro, Lucia Coimbra e Leticia Gicovate

      … absolutamente nada e sem culpa nenhuma! 😉

      11.02.14
    • mochilão: pirangi do norte

      bola_piscina

      Está planejando férias para Natal? A Julia, que escreve o blog Os Detalhes, fala hoje de outros mares a serem visitados! O Mochilão chega (navegando!) nas piscinas naturais de Pirangi do Norte, praia que fica a 28 km de Natal.

      piscina2

      O passeio sai de barco da Marina Badauê e, em um percurso que dura 2 horas, passeia pelo litoral a sul de Natal, as praias de Cotovelo, Búzios e Pirangi do Sul, e para por 1 hora para mergulho nas piscinas. Com sorte, dá até para dar um oi para os golfinhos!

      piscina3

      Ao chegar nas piscinas, você pode descer do barco para mergulhar e ver os corais ou só curtir a água quentinha e calma (com temperatura média de 28°!)

      piscina1

      Depois de uma hora por lá, o barco volta para a Marina Badauê e a boa é aproveitar para curtir uma das praias de águas clarinhas vistas do barco.

      piscina5

      Anotaí as dicas:

      É bom reservar seu lugar no passeio de barco, vale acessar o site da Marina Badauê pra contato ;). E na praia, depois do passeio de barco, é bom ficar ligada na maré, que sobe bem rápido!

      piscina6

      Provar alguma fruta típica que eles vendem em redinhas por lá é essencial. Eles lavam na hora no quiosque para você. Delícia!

      03.02.14
    • mochilão: ouro preto

      bola_ouropreto

      O Mochilão de hoje pousa em um pedacinho de história cravado nos morros de Minas: a inspiradora Ouro Preto. A Julia, do blog Os detalhes, conta tudo pra gente:

      ouro_preto7

      O lugar parece ter parado no tempo, com suas construções históricas e ruas de paralelepípedo, e até a luz de fim de tarde é mais poética por aquelas bandas.

      ouro_preto2

      Além de todos os passeios históricos, como o Museu da Inconfidência, a Casa do Conto e o primeiro teatro do Brasil, a cidade respira arte.

      ouro_preto1

      Em cada esquina, é possível encontrar um artista pintando a paisagem de casinhas e morros ou uma feira de artesanato regional.

      ouro_preto6

      E se você é do tipo que não resiste a um bom turismo gastronômico, Ouro Preto abriga as mais diversas opções de restaurantes – da boa e velha comidinha mineira a pizzarias rústicas e bares com eventos de jazz.

      ouro_preto3

      Alguns dos nossos cantinhos preferidos:

      O Passo : gastronomia e noites de jazz

      Spaghetti: culinária italiana em um subsolo rústico, sempre com música boa

      Bené da Flauta: culinária mineira de primeira com vistas lindas da cidade.

      ouro_preto9

      Gostou? Então câmera na mão, dieta na gaveta e vamos conhecer um pouco mais do Brasil!

      13.01.14
    • mochilão: cinque terre

      bola_terres

      Quer sol e céu azul, um calorzinho perfeito pra aquela praia e um visual de filme? Vem com a gente que o Mochilão de hoje chega na Itália com nossa colaboradora Julia, do blog Os detalhes.

      sozinha3

      O destino da vez é um conjunto de cinco cidadezinhas na costa — Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso al Mare — chamado Cinque Terre.

      sozinha4

      Para chegar lá é fácil, fácil. Basta pegar o trem até a estação La Spezia. Lá é só comprar o bilhete de ida e volta das “Terres”, que permite descer em quantos pontos você quiser.

      terres4

      A atração principal de Cinque Terre é fazer o caminho que percorre as cinco vilas a pé, conhecido como Via Dell’Amore (isso mesmo, o caminho do amor ♥, super romântico).

      terres1

      Ele passa pelo alto de um morro que acompanha o mar e o visual é nada menos que deslumbrante.

      terres3

      Dica básica: não esqueça o biquíni, um bom livro e a máquina fotográfica e, se possível, passe pelo menos uma noite em uma das vilas. O nascer do sol por lá é impagável 😉

      25.12.13
    • mochilão: ilhas da Indonésia

      bola_thailandia

      A gente ficou tão prosa com o nosso rolé por Bali, que resolveu dar a dica de outros dois paraísos além-mar, ali mesmo na Indo, e que aportaram no nosso coração. A primeira parada foi nas Ilhas Gili (Gili Trawangan, Gili Meno e Gili Air), três ilhotas que ficam na costa noroeste de Lombok.

      Gili---Egoiste

      No combo, tudo o que um bom arquipélago tem de ter: areia branquinha, mar azul piscina e pôr do sol incrível. Trawangan é a maior e o principal e bate-ponto de quem quer sombra, bons drinks e festa o dia todo!

      Gili---Reggae-Bar-(2)

      Por lá, vale dar uma caminhada (leva pouco mais que uma horinha pra rodeá-la inteira a pé — moleza!) e conhecer os vários lounges ao longo da praia. Pra ir parando, petiscando, bebericando…

      Gili---Paradise-Sunset-Bar

      COMO CHEGAR: Dá pra fechar um pacote de praticamente qualquer agência de Bali, que eles buscam de van e levam pro porto (pode ser em Padangbai ou Sanur), da onde saem os fast boats.

      Gili---Gili-Meno-(6)

      ONDE FICAR: Por lá tem milhares de hotéis, guest houses, hostels…Um hotel superbacana é o Vila Ombak , onde rola uma praia privativa com puffs na areia e serviço à beira-mar o dia todo.

      gili_parede_hostel

      O QUE FAZER:  Trawangan inteira é pura badalação. Entre os spots mais legais estão o Paradise Sunset Bar (onde toca um som mais house) e Reggae bar, que são perfeitos pra ver o pôr-do-sol (que morre atrás do vulcão de Bali). À noite tem banda de reggae top no Sama Sama.

      Gili - Egoiste (2)

      Outra dica bacana é fazer snorkel ou um cursinho de mergulho rápido em uma das ilhas (Air ou Meno) e alugar um stand-up ou caiaque, e ir remando até Gili Meno (que fica logo em frente a Trawangan).

      Gili---Vila-Ombak-(2)

      Pra galera mais sussa, também rola na ilha um cineminha à céu aberto, com telão e  puffs na areia. Curtimos! Os casais vão amar se hospedar em Gili Meno ou Gili Air, que têm uma vibe mais ‘lua de mel’ e estão fora do circuito badalação.

      nusa_vista_cocunut_hotel

      Nossa segunda parada foi em Nusa Lembongan, ilha no sudeste de Bali, que faz parte do arquipélago Pulau Penida, mas que poderia muito bem se chamar MUSA Lembongan (é a segunda ilha predileta da Ásia segundo o TripAdvisor).

      nusa_snorkel

      O clima por lá é mais roots que nas Gili e a cereja do bolo são os mergulhos de snorkel e assistir as inesquecíveis cenas dos trabalhadores colhendo as algas na maré baixa pela manhã.

      nusa_algas_2

      COMO CHEGAR: Os barcos saem do porto de Sanur, em Bali, e quase todas as agências de lá vendem tickets, que podem dar direito a barcos públicos, barcos rápidos públicos ou barcos particulares.

      nusa_barcos_tipicos

      ONDE FICAR: Nusa tem algumas praias com vários tipos de hospedagens por todo tipo de preço. Uma praia bem bacana é a Jungut Batu, onde estão a maioria das pousadas. A gente ficou no Cocunut Beach resort, um hotel de chalés charmosos que dão vista pra praia toda.

      thailandia_1

      O QUE FAZER: Além dos passeios de snorkel, que são imperdíveis, e do surf — que tem dois picos bacanas: Lacerations e Playground — a boa também é alugar uma scooter e explorar a ilha. Em três horinhas dá pra conhecer tudo.

      thailandia_2

      Aproveitem o rolé de motoca pra ir até Nusa Ceningan, ilhota menor pertinho de Lembongan, e saltar da pedra do Blue Lagoon Cliff Jump, que dá pra uma mar azul turquesa de doer os olhos. SUPER divertido!

      Partiu? 😉

      12.12.13
    • como num filme…

      bola_filmes

      É, mais uma vez estamos chegando no fim de mais um ano! O tempo passa, o tempo voa, e parece que foi ontem que você fez a sua última viagem de férias… Mas com certeza você já viu aquele filme que te despertou um interesse pra fazer a tal viagem dos sonhos, né?

      filmes_11

      Inspiradas nos roteiros temáticos do blog Vontade de Viajar, nós aqui resolvemos te ajudar a lembrar de alguns filmes bem conhecidos, que mostram lugares incríveis, alguns um tanto clichês, mas que mesmo assim não deixam de ser pra lá de lindos e especiais.

      filmes_3

      Quem não lembra de Amélie Poulain trabalhando no famoso Cafè des Deux Moulins? E comprando frutas e legumes no mercadinho Maison Collignon, num dos mais charmosos bairros de Paris, Montmartre claro, onde se instalam os artistas!

      filmes_7

      Continuando na França, não poderíamos deixar de citar o lindo e clássico filme de Sofia Coppola, Maria Antonieta, que é todo filmado no incrível Château de Versailles, com seu jardim de tirar o fôlego!

      filmes_1

      Que vontade que deu de fazer como Marie Antoinette e se jogar nos macarrons e petit fours franceses, hein?

      filmes_6

      Outro filme que dá vontade de se teletransportar pra telinha é Vicky Cristina Barcelona. Nele, aparecem os lugares mais marcantes de BCN, cidade tão encantadora e energizante.

      filmes_10

      A Sagrada Família e a La Pedrera do Gaudí são os melhores cenários, sem falar no Parc d’Atraccions de Tibidabo, pra quem não sabe ou nunca foi é um parque de diversões mais afastado, com brinquedos da década de 20! Super lúdico, é lá onde Scarlett devora um algodão doce.

      filmes_4

      E já que nós brasileiros adoramos uma praia, vamos ao que interessa! O mais paradisíaco filme A Praia com Leonardo DiCaprio, fillmado em Ko Phi Phi, na Tailândia. Cenário mais desejado que esse não tem, não é mesmo?

      filmes_9

      E pra encerrar nosso roteiro, uma das belas praias na Costa Amalfitana, Positano, na Itália. O filme Sob o sol da Toscana, foi rodado lá.

      filmes_2

      É impossível se esquecer da cena em que a americana chega de moto nessa praia atrás de seu amado Marcello!

      filmes_8

      Deu sede de férias? Escolha o seu filme e destino preferidos ;)!

      24.11.13
    • mochilão: gorges du verdon

      bola_gorges_du_verdon

      O Mochilão de hoje vai percorrer desfiladeiros rumo ao cantinho mais verão do sul da França: o Lago de Sainte-Croix. A Julia, que escreve o blog Os Detalhes, ficou na região por um mês e tá deslumbrada com a beleza do lugar, vem saber mais!

      gorges_du_verdon_3

      O passeio começa em Nice, onde nossa colaboradora tava se hospedando, e passa por um dos maiores canyons da Europa, o Gorges du Verdon (ou os desfiladeiros do Rio Verdon), com incríveis 700 metros de profundidade. A dica é alugar um carro e ir dirigindo até a cidade de Castellane, considerada as portas para o Gorges du Verdon.

      gorges_du_verdon_1

      Depois é só partir para o lago pela estrada D952 – a margem do canyon com as vistas mais bonitas. Durante o percurso há algumas partes para encostar o carro e admirar a paisagem de tirar o fôlego do desfiladeiro e do rio azul turquesa que corre lá embaixo. O Rio Verdon tem um teor de mais alto que o normal e, por isso, é muito mais azul, o que torna tudo mais encantador.

      gorges_du_verdon_4

      Depois de muitas curvas, finalmente chegamos ao Lago de Sainte-Croix, formado pelas águas do Verdon e azul como ele. O legal é fazer um piquenique e alugar um pedalinho para ir até o meio do lago e pegar um solzinho naquela imensidão azul. Delícia!

      gorges_du_verdon_2

      Outra opção, para as mais aventureiras, é alugar um caiaque e desbravar o Verdon, um dos passeios mais procurados por lá.

      gorges_du_verdon_5

      Um último conselho: a boa é sair cedinho pra curtir o dia todo por lá, porque ir embora desse paraíso é a última coisa que você vai querer fazer. 😉

      11.11.13
    • ao vivo, a cores e com sal

      bola12

      Outro dia a gente falou aqui do Preá, uma praia no Ceará linda de morrer, intocada, onde o luxo é ficar com os pés na areia curtindo  o sol, o vento e uma rede, e deixando a adrenalina correr na veia em cima de uma prancha de kite. Quem lembra?

      kite

      Então, hoje a gente volta lá, ao vivo, a cores e com sal, pra ver um vídeo que a Gabi Temer acabou de tirar do forno. Dá vontade de sair correndo e pegar o primeiro avião sem escalas, olha só:

      http://vimeo.com/61289082

      O filme foi feito na pousada Rancho do Peixe e com a galera do Rancho do Kite. Agora saca só o naipe da Lagoa do Paraíso, aquela que fica a dez minutos da Praia do Preá, de água doce e cristalina. Parece até o Caribe!

      http://www.youtube.com/watch?v=UyyAt1GUQ00&list=UUwqYJW5zqCKUYMOMhNXCKfA

      COMO CHEGAR: Pegar um avião até Fortaleza, e um transfer até o Preá, de cerca de 4 horas. Nos hotéis, eles agendam o transfer!

      ONDE FICAR: na pousada Rancho do Peixe, que é um charme, na beira da praia e com bangalôs construídos no meio de uma fazenda de coqueiros. Ou então na Vila Kalango, que é do mesmo estilo, é linda de morrer e ainda está com uma super promoção na página deles no Face.  

      E bom vôo! 😉

      03.04.13
    • pra lá de madagascar!

      Nossa leitora, a publicitária carioca Paula Rios fez uma aventura pra lá de diferente pra África, e nós curtimos tanto tanto a trip da moça que resolvemos mostrar um pouco aqui do que ela viu e sentiu!

      A viagem para Madagascar foi decidida a partir de um único motivo: ver animais endêmicos, ou seja, que só existem por lá, devido ao isolamento da ilha em relação aos seus vizinhos. Pouco sabíamos que o país tem muito mais a oferecer do que a fauna e flora exclusiva e de tirar o fôlego.

      A capital de Madagascar, Antananarivo, não oferece atrativos e geralmente só é vista como parada obrigatória para a ilha de Nossi Be, na tradução livre do Malgaxe, Ilha Grande, por ser a maior e mais populosa do país. Seu segundo nome se dá pelas lindas árvores de Lang Lang espalhadas; “Ilha Cheirosa”. Elas estão em toda parte e seu cheiro é maravilhoso. Não a toa que a flor de Lang Lang é o produto principal na composição do Chanel no 5!

      Um dois passeios mais divertidos por lá, com certeza é a Reserva de Lokobe. Para chegar é necessário ir de piroga, embarcação simples feita de madeira, e, adivinha quem faz todo o trabalho? hehe Nada de corpo mole em Nossi Be, o negócio é trabalhar os músculos do “tchau” e remar todavida! 😉

      Uma das maiores atrações da ilha, com certeza são os Lêmures (lembra??). O guia, logo ao entrar, começa a fazer sons guturais para chama-los e, em pouco tempo, estamos cercados. E todos parecem domesticados! Eles são muito amigáveis e adoram ganhar comidinhas – da floresta mesmo, como frutas e folhas, nada de batatinhas e chocolates, viu??

      Encontramos em Lokobe o menor camaleão do mundo, o Brookesia, e num é que ele é fofo? Aliás, os camaleões são uma atração à parte. Lindos todavida, super coloridos e dos mais diversos tamanhos!

      Esse é só um pedacinho da viagem da Paula, a gente achou tão legal que dividiu em partes pra você ver tudinho. Ficou curiosa? Se liga por aqui que já já a gente mostra mais (e beijos Paula, a gente adorou compartilhar essa África com você! :))

      01.02.13