• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    hoje no adoro

    • a infância é protagonista

      A cultura da criança é a cultura da alma. Os meninos têm a alma na frente. Depois é que ela vai pra dentro. Vai botando pano, papel, livro em cima.

      A fala acima é da etnomusicóloga e educadora Lydia Hortélio, que cresceu entre mangueiras no sertão da Bahia e acredita que a revolução do mundo acontece pela infância, com as crianças.  Pra ela, o brincar é uma afirmação de vida. Hoje é 12 de outubro. Dia das Crianças. Dia de Nossa Senhora Aparecida, a santa padroeira do Brasil, e vamos falar sobre o empoderamento da infância, atravessados pela experiencia mágica que a Fábula, nossa irmã mais nova, está vivenciado na Fundação Casa Grande, no Cariri. Veio de lá a experiência pra coleção de verão 19, Festejo.

      O protagonismo da criança e do brincar sempre foi o caminho escolhido pela Fábula. Festejo nasceu depois de uma viagem de pesquisa ao sul do Ceará com a ideia de recriar o mundo através do olhar do empoderamento da infância. E é esse protagonismo – o do brincar – a bandeira levantada pela Fundação Casa Grande. Lá, as crianças são capacitadas a contar desde cedo suas próprias narrativas, através da linguagem popular das inventividades sonoras, das literaturas de cordéis, do toque, da auto expressão e da filosofia do afeto. Tudo isso pode vir a ser futuras profissões.

      Claro, ainda há o fomento à linguagem do brincar e à percepção de tempo – o aqui e agora – que as brincadeiras propiciam. O brincar é, então, parte estruturante de todo ser humano e uma verdadeira mola propulsora pra todos esses impactos positivos. Toda criança é protagonista do seu próprio desenvolvimento.

      É preciso viabilizá-las e afeta-las com afeto. Gosta do tema e quer acompanhar a imersão da Fábula pela Fundação Casa Grande? Fica de olho aqui, no Instagram da Fábula. Nossa caçula vai passar o fds no Cariri!

      12.10.18
    • Como foi o último encontro Re-FARM

      O último encontro Re-FARM que aconteceu na nossa loja da Harmonia, em São Paulo, foi muito especial. Isso porque foi o lançamento oficial de uma parceria muito incrível nossa com duas empresas muito muito legais: a Banco de Tecido e o Nosso Tecido.

      A partir de agora, você pode comprar nossos tecidos nesses dois lugares! Sim, tecidos da FARM de coleções antigas que não foram usados. Já são mais de 10 mil metros de tecido doados, catalogados e colocados à disposição da gente. É uma iniciativa bastante corajosa e muito necessária pra que se possa diminuir o desperdício da produção das roupas e colocar mais essa questão em debate, inclusive pra além daqui.


      Quem compra, recebe também etiquetas que identificam o tecido como oficial nosso. E todo mundo pode usá-las.  Convidamos a Crystal Muniz, do blog 1 ano sem lixo, pra escrever esse post aqui. Ela conta sobre esse processo todo com afeto, vem ler!

      As sobras de rolo, como são chamadas na indústria têxtil, são os rolos de tecido que não foram utilizados até o fim. E isso acontece porque lá no conceito a coleção muda por conta das alterações de modelagem etc. Essa sobra muitas vezes não serve mais para ser utilizada no modelo de produção normal, e por isso acaba esquecida num cantinho. Mas essa sobra não é pequenininha, ela é gigante!

      Pra indústria fica muito difícil de usar, mas pra gente, que só queria coisinhas combinando com aquele tecido que a gente amou da coleção passada, é mais que possível. Lá no evento eu pude ver um pouquinho da quantidade de estampas e variedades de tecidos (moletom, jeans, viscose, rendas, metalizados) disponíveis, além de entender um pouco como funciona cada um desses parceiros, que eu conto pra vocês aqui:

       

      O Banco de Tecido



      Criado pela Lu Bueno, o Banco de Tecido é um espaço de troca e venda. Se você tem sobras de tecido em casa, seja porque costura ou porque um dia quis fazer uma peça que acabou nunca saindo do papel, pode leva-la até o Banco e ganhar crédito pra levar outro pra casa. Os tecidos são trocados e comprados por peso – e o preço é único! Você fica com 70% do peso do que levou em crédito se for correntista. Se você só quer um pedacinho de tecido pontual, não costura e não vai ter sobras pra levar, pode comprar com dinheiro – essa modernidade ainda funciona também, hihi. 🙂 Se você não é de São Paulo, pode mandar um whatsapp que eles conversam e mandam pra outras cidades também.

       

      A Nosso Tecido

      Diferente do Banco, a Nosso Tecido é um negócio online. Isso significa que os desafios são diferentes, um muito importante: o cliente precisa saber exatamente qual tipo de tecido é, já que não pode tocar e sentir. Por isso, eles contaram com uma rede de voluntários que desenrolou, mediu e avaliou todos os tecidos recebidos da FARM pra ter todas as infos certinhas no site.

      Depois do bate-papo com a Lu do Banco de Tecido, a Pamela do Nosso Tecido, a Taci da FARM, a Mari Pelli do Roupa Livre e o xxx e a xxx da Rede Asta contando um pouquinho como tudo funciona e quais os desafios dessa nova jornada, ainda rolou um workshop de caderninhos reaproveitando tecidos da FARM para fazer a capa.

      A Rede Asta, que já é um parceiro de muito tempo, é um negócio social que capacita artesãs como empreendedoras usando resíduos para criar produtos. Cerca de meia tonelada de resíduos de tecido é doada por mês pela FARM. Dessa vez, esses resíduos são menores, aquele resíduo da hora de cortar a modelagem da peça. Com eles são feitas almofadas, fuxicos, caderninhos, molduras, o que você pensar é possível.

      Sobra não é lixo. Eu, que trabalho diretamente com evitar o desperdício, vejo essas possibilidades de novos usos que a própria marca criou como sensacionais.

      Esse é só o começo, eu tenho certeza, de muitas ações legais que a FARM vai fazer pra, cada dia mais ter uma logística circular dos seus produtos. Como disse a Taci, a head de marketing da marca “uma marca também é o que as pessoas que trabalham nela são e as pessoas já estão diferentes”. É justamente pelos feedbacks dos clientes que as marcas podem aprender a fazer a mudança. Eu sou bastante otimista, não sei vocês! 🙂

       

      Cristal Muniz vive um estilo de vida lixo zero desde 2015, quando criou o blog Um Ano Sem Lixo. Hoje se dedica a divulgar a causa em reportagens, palestras e nos workshops que ministra por todo o país. Cristal também é autora do livro Uma Vida Sem Lixo (Editora Alaúde), lançado em julho desse ano, um guia prático para aprender a viver sem desperdício.

       

      11.10.18
    • Festa Lambateria

      Outubro chegou, e com ele a animação dos paraenses para o festejo mais aguardado do ano em Belém: o Círio de Nazaré. A procissão, que reúne milhões de pessoas, movimenta a economia, o turismo e faz com que os olhos do Brasil inteiro se voltem para a capital paraense.

      É justamente nessa época, aproveitando que a cidade tá lotada de turistas, que rola o festival Lambateria. Artistas da nova geração se juntam a bandas e cantores já consagrados pra mostrar o que a música paraense tem de melhor. Em 2017, na estreia do evento, foram 7 shows. O sucesso foi tanto, que a segunda edição vai acontecer em dois dias. Nos dias 11 e 12 de outubro (quinta e sexta), nomes como Gaby Amarantos e Lia Sophia vão se apresentar no palco do festival.

      Félix Robatto, um dos idealizadores do festival, comemora o sucesso do evento.

      “A Lambateria já está no calendário cultural da cidade, é parada obrigatória pra quem quer conhecer as novidades da cena e artistas com trabalhos consolidados. Em outubro, quando Belém fica em evidência por conta do Círio, nosso Festival funciona como uma grande vitrine com diferentes recortes da nossa música. É um resumo do que realizamos na festa ao longo do ano. Nosso line up, vai dos novos e maravilhosos Mastodontes ao rei Pinduca, que foi um dos shows mais festejados na edição passada”, celebra.

      Esssa vai ser a segunda edição do festival – criado graças à festa homônima – que desde 2016 prova que economia criativa é sim viável. Com cerca de 11o edições realizadas até hoje, a festa não possui patrocínios e todos os trabalhadores envolvidos (atrações, equipe de segurança e bilheteria) são pagos com a renda arrecadada na bilheteria. O festival vai contar ainda com expositores independentes de gastronomia  – de pastel à burger vegano, passando por comidas paraenses e sorvete! Pra quem quiser uma lembrancinha do evento, vai ter também a loja Lambateria, vendendo camisas floridas e discos dos artistas participantes.

      Se você estiver em Belém pro Círio, que tal aproveitar pra curtir a cena musical paraense no Lambateria?

      09.10.18
    • Novidadinhas da semana

      Achou que o adoro te deixaria sem as melhores dicas do que fazer no fim de semana? Achou errado! Tem teatro, show, gastronomia… é só escolher o rolê que se encaixa na sua vibe e botar a cara na rua! Vem ver o que a gente selecionou pra você ♥

      RJ

      Sábado, dia 6, vai rolar uma oficina de pompoarismo e danças sensuais africanas ministradas pela minas do Yoni das pretas. As aulas vão acontecer no espaço Terapretas, na Lapa, e começam às 15h. Partiu?

      Que tal testar um rolê diferente do habitual? O Açougue Vegano desembarca na Void Botafogo neste fim de semana. Além da tradicional coxinha de jaca, o restaurante vai levar também uma versão vegana de cachorro quente, espetinhos diversos e muito mais. Nham!

      A companhia teatral Cine em Canto estreia neste fim de semana a temporada de Meu Caro Barão, um musical inspirado nos Saltimbancos, com músicas de Chico Buarque tocadas ao vivo. O espetáculo é teatral, com toque de dança, canto e circo e poderá ser visto até o dia 21 de outubro no SESC Tijuca.

      SP

      Sexta e sábado o primeiro bloco de carnaval afro da Bahia – Ilê Ayê – se apresenta no Auditório Ibirapuera. O show – que terá, entre outros convidados, a cantora Xenia França – faz parte da comemoração pela ocupação Ilê Ayê no Itaú Cultural.

      Pra quem curte vibes pop dos anos 90, a festa Wannabe 90’s leva todos aqueles hinos clássicos (e também os esquecidos) para a pista do Alberta #3. Prepare-se pra ouvir Spice Girls, Hanson, No Doubt e muito mais!

      Depois de três anos de hiato, Alice Caymmi volta aos palcos em turnê. Seu terceiro álbum, “Alice”, conta com parcerias inusitadas como Pabllo Vittar, Rincon Sapiência e Ana Carolina. O show vai rolar no dia 6, no Sesc Bom Retiro.

      04.10.18
    • Novidadinhas da semana

       

      O fim de semana tá atendo na porta e a gente chega com dicas mais que especiais pra você botar seu bloco na rua (ou na festa, na exposição…). Vem ver o que é imperdível e escolhe logo um programa pra chamar de seu!

      RJ

      A banda Flor de Sal vai voltar ao evento em que a FARM deu seus primeiros passos: a Babilônia Feira Hype. Nos dias 29 e 30 de setembro, nossa banda do coração fará duas apresentações na feira, que dessa vez terá o Parque das Figueiras, na Lagoa, como cenário. É a boa pra ouvir o single “Borboleta” ao vivo, hein? A feira rola das 14h às 22h e o show da Flor de Sal começa ás 20h, tanto no sábado quanto no domingo.

      Imperdível! A Marina da Glória recebe a oitava edição do Art Rio, a maior feira de arte da cidade maravilhosa. Entre 27 e 30 de dezembro, o evento apresenta seis programas, que vão desde galerias estabelecidas no circuito internacionais até obras de videoarte. Além disso, rola também a premiação FOCO, um circo de palestras e uma praça de alimentação com food trucks.

      No próximo domingo a praia de Copacabana será cenário de festa e de luta, na 23ª Parada do Orgulho LGBTI. Em ano de eleições, o tema não poderia ser outro: “Vote em ideias, não em pessoas. Vote em quem tem compromisso com as causas LGBTI”. A concentração rola ao meio dia. Partiu?

      SP

      Essa é pra quem curte a mistureba que é nossa MPB! O Espaço Bixiga, que fica no tradicional bairro italiano de São Paulo, recebe neste sábado, dia 29, a festa “Tu vens, Tu vens”. De Dona Onete a Arnaldo Antunes, a festa promete!

      O Systema Solar, um coletivo musical-visual da região do Caribe da Colômbia se apresenta nesta quinta, dia 27, no SESC Pompeia! Os participantes do coletivo vêm de diversas latitudes territoriais e sonoras eentre as diferentes vibrações afro-caribenhas, conseguiram um mar infinito de possibilidades para aumentar a força e o poder da música colombiana.

      Nos dias 28, 29 e 30 de setembro vai rolar o Music Video Festival, evento pra celebrar a arte do videoclipe! Além de estreias e exibições, o festival vai contar com talks, pocket shows e a m-v-f- awards, cerimônia de premiação. O evento não poderia rolar em outro lugar que não o MIS – Museu da Imagem e do Som, né? Aproveita que a entrada é grátis (os talks tem distribuição de senha com uma hora de antecedência) evão rolar shows super acalamados, como de Criolo, Luedji Luna e Karol Conká e Emicida.

       

       

      27.09.18
    • por onde flor

      Amanhã é o dia da primavera e a gente já entrou no clima aqui no escritório. Rolou um super #sextou florido em parceria com a galera da Petalis Flores. Todo mundo saiu daqui com flores na mão e sorriso no rosto.

      A Petalis Flores & Folhagens nasceu do desejo de mudança da jornalista Paula Pizzi que abraçou o empreendedorismo e descobriu a importância da natureza na sua vida. Ela acredita que a floricultura oferece um mundo de possibilidades de criação e foi em uma conversa com amigas que ela percebeu o quanto as flores já eram uma paixão antiga e poderiam ser mais que hobby: “Eu era feliz como jornalista, mas sentia que faltava um certo propósito. Sentia vontade compartilhar alguma alegria com as pessoas, algo que me fizesse realmente bem”, conta.

      Daí, a Paula investiu em cursos pra aperfeiçoar a prática e criou a Petalis, que hoje conta com um clube de assinatura mensal – pra quem ama flores assim como nós, arranjos avulsos, cactos e suculentas em cachepôs exclusivos, buquês de noivas, e decoração de eventos. “Gosto de dizer que a Petalis é mais que uma floricultura. Somos uma ponte pra uma vida mais leve, colorida – acredito que ter um  pouquinho de natureza dentro de casa faz uma diferença imensa no astral”.

      E faz mesmo, né? Se você quer saber mais do trabalho da Paula, corre pra falar com ela aqui na página da Petalis. A gente tá amando!

      21.09.18
    • Vem pro clube FARM!

      Hoje é o dia da árvore, e, pra comemorar, nós preparamos uma surpresa mais que especial para as nossas clientes. Lançamos o Clube FARM, uma iniciativa pra trazer ainda mais pra perto nossas farmetes e retribuir parte da inspiração que a natureza nos dá. Por apenas 10 reais mensais, você faz parte do nosso clubinho do amor e ainda garante uma árvore pra chamar de sua, ajudando a reflorestar a Mata Atlântica e a Floresta Amazônica. Vem saber mais!

      Nos juntamos à Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM), e, a cada assinatura feita uma árvore será plantada, ajudando a reconstruir e conservar as duas florestas naturais. Quanto mais clientes se juntarem a gente, mais árvores serão plantadas! No primeiro ano, o Clube FARM tem como meta o plantio de 5 mil árvores nativas em cada bioma, ou seja, 10 mil árvores plantadas por meio das parcerias com a SOS Mata Atlântica e o IDESAM.

      O trabalho com a Fundação SOS Mata Atlântica é imprescindível, já que só restam cerca de 12,4% da formação original do bioma. Serão 5 hectares de Mata Atlântica restaurada na região de Promissão, em São Paulo. A Mata Atlântica é uma das florestas mais ricas em diversidade de espécies e ameaçadas do planeta. Marcia Hirota, diretora executiva da SOS Mata Atlântica, celebra a parceria com a FARM.

      “Neste Dia da Árvore temos um motivo a mais para comemorar. As pessoas que participarem desta ação contribuirão diretamente para a proteção da Mata Atlântica, essa floresta que é uma das que mais pode ser beneficiada com ações de restauração florestal no Brasil. Já a FARM, ao unir fidelidade dos clientes com a causa ambiental, deixa claro a importância que dá para o tema e por mais qualidade de vida para todos”.

      Com o IDESAM o comprometimento é o mesmo. A parceria vai ajudar a recuperar 5 hectares da maior reserva florestal do mundo. A área escolhida foi no sul do Amazonas, no Projeto de Assentamento do Juma, em Apuí, uma área de 25.000 m² que beneficiará inicialmente cinco famílias locais.

      “Estamos muitos felizes pela parceria com a FARM: além dos benefícios diretos dos plantios para as comunidades locais, esperamos conseguir conectar um pouco mais os brasileiros com a Amazônia!”-  diz Mariano Cenamo, co-fundador do IDESAM.

      Além dessa parceria incrível, a farmete que aderir garante outros benefícios, como descontos em lojas parceiras, acesso às nossas coleções em primeira mão e produtos exclusivos, que só quem faz parte do clube vai poder comprar. As participantes também terão a oportunidade de passar por experiências de mundo FARM, como festas e convenções. Tentador, né?

      Tá animada pra ter sua árvore e de quebra garantir os benefícios exclusivos do clube FARM? Clica aqui e vem fazer parte!

      21.09.18
    • FARM ♥ Yawanawa

      “Natureza Feminina” despertou a energia feminina em todos. Pra mergulhar mais fundo na ideia, nos juntamos novamente às mulheres do povo Yawanawa, parceiras na coleção passada pra uma criação ainda mais especial. Lideradas por Mariazinha Yawanawa, primeira cacique mulher do seu povo, a nova coleção traz em forma de estampa imagens das visões da espiritualidade Yawanawa, em um coletivo de peças que inclui quimonos, calças e vestidos. O lançamento é hoje no site e nas lojas!

      Tudo começou com uma visita das mulheres Yawanawa ao nosso escritório, em 2016. De lá pra cá, lançamos RAUTI, com peças e acessórios feitos artesanalmente de miçangas Yawanawa, e coletivos de brincos, colares e pulseiras.  No comecinho desse ano, parte da nossa equipe criativa visitou as aldeias Yawanawa no Acre onde a relação se fortaleceu ainda mais. A nova fase da nossa parceria é protagonizada por duas irmãs muito especiais, mulheres empoderadas que abriram o caminho espiritual e posições de liderança às mulheres, antes restritas aos homens. Quem assina a parceria desta vez é a cacique Mariazinha Yawanawa, que transformou em pinturas sobre tecidos as visões da irmã, Pajé Kátia Hushahu.

      “Quando levamos nossos desenhos pra FARM, levamos a força e a sabedoria desse conhecimento. A espiritualidade é a responsável por segurar a ponte entre esses dois universos, por resgatar e manter a essência e a cultura nativa, e é a responsável por despertar níveis de entendimento até então ocultos!”, comenta Mariazinha.

      A pedido da cacique e junto com ela, nosso time criativo trabalhou pra transformar o desenho em estampas e nas peças que chegam agora às lojas. A coleção é símbolo da revolução feminina e reafirma o pioneirismo e liderança das mulheres por todo o país, simbolizadas aqui pela liderança desbravadora e feminina das indígenas.

      “Ter a possibilidade de estar perto da Mariazinha e das mulheres yawanawa é um presente. Reconhecemos o quão emocionante é poder criarmos juntas, e trazer parte dessa força para as nossas peças e para a nossa vida. o feminino é força. Ela é mulher forte, poderosa, guerreira, que desenhou uma coleção super feminina. Me identifiquei muito com essa obra que é muito delicada”,  conta Katia Barros, nossa diretora criativa.

      Os desenhos da coleção trazem para as peças visões da espiritualidade que representam o sagrado em suas diferentes formas: a jibóia e a borboleta são símbolos espirituais importantíssimos na cultura Yawanawa. Trazem força e proteção. Além delas, estão presentes também deusas índigenas que apareceram nas visões do povo – uma saindo de uma rosa, bem feminina; outra, voa junto com as folhas da floresta. São esses os símbolos que protagonizam as novas peças.

      A parceria entre a FARM e elas é um sonho real. Juntas, há aprendizado, respeito, conhecimento e criação.
      Do Rio Gregorio, no Acre. Com amor, para você.

      19.09.18
    • Retiro Espelho de vênus

      Deusa da beleza e do amor na mitologia, Vênus na astrologia é o planeta que revela nossos gostos, valores, o que nos atrai e como atraímos. Então além de nos inspirar a moda, o design e a arte, com os recursos que dispõe nossa Vênus nós seduzimos, sensualizamos, transamos e sentimos prazer. Vênus é, portanto, essencial pra nossa autoestima e superimportante na nossa dinâmica de relacionamento.

      Nesse equinócio da primavera, no fim de semana de 21, 22 e 23 de setembro, vou oferecer meu primeiro retiro, dentro de um projeto chamado Oficina Astral Magia, cuja proposta é um mix de aulas de astrologia + trabalho de corpo + atividades criativas. Assim, vocês poderão não apenas adquirir mais conhecimento, como incorporar o princípio astrológico em questão.

      O tema desse retiro da primavera é Espelho de Vênus, já que a estação das flores é a mais venusiana. Vou reunir um grupo só de mulheres na pousada Vila do Açu, no topo da serra dos Órgãos, na região de Petrópolis (RJ), um paraíso natural entre montanhas, com um rio e uma piscina natural, pra aproveitar os quatro elementos da natureza (terra, água, ar e fogo) e fazer uma bruxaria! O alinhamento cósmico do equinócio, momento em que o dia e a noite têm a mesma duração, é quando o Sol ingressa em Libra, signo regido por vênus, que estará em Escorpião, o signo da transformação. E a lua estará quase cheia!

      Convido vocês a virem comigo nessa experiência única de se olhar no espelho pra reconhecerem sua própria beleza! Enquanto usufruem de uns dias de descanso, aprendem mais sobre nossa musa inspiradora, dançam, tomam banho de sol, mergulham no rio, criam coisas bonitas e libertam o seu erotismo. Os recursos que vou ensinar vocês levarão pra vida. Tudo pra viver com mais amor e criatividade!

      Mais informações e inscrições: mainamello.agenda@gmail.com

       

       

       

       

      15.09.18
    • A importância do ASA

      Mais uma super iniciativa incrível vai dar a oportunidade de mulheres ocuparem espaços que por muito tempo as foram negados. O British Council e o Oi Futuro, em parceria com as instituições britânicas Lighthouse e Shesaid.so lançaram o Programa ASA – Arte Sônica Amplificada. O objetivo? Garantir através de uma grande imersão em conhecimento e em mentoria que mais mulheres estejam inseridas na área de som e música.

      Cincquenta mulheres  que atuam na área de som e música serão selecionadas para o programa, que tem como objetivo o desenvolvimento de carreiras pautadas na potencialidade do som, da música e da tecnologia criativa. O ASA vai rolar no LabSonica, espaço de experimentação artística do Oi Futuro, e vai desenvolver uma comunidade criativa colaborativa.

      Profissionais britânicos e brasileiros que são referência na área de som e música darão mentoria para que as participantes desenvolvam novas ideias e produtos. Além de musicistas, o edital tá aberto também para jornalistas, artistas sonoras, engenheiras de som e gravação, produtoras musicais e de rádio, designers de som, sonoplastas e outras especialistas do setor.

      A diretora de artes do British Council Brasil, Cristina Becker, comemora a parceria que dará viabilidade ao projeto.

      “Numa iniciativa pioneira, o ASA foca nas mulheres, explorando as novas potencialidades da música e da tecnologia criativa. Nessa nova etapa de nossa parceria junto ao Oi Futuro, o British Council irá dialogar com mulheres em estágio inicial de suas carreiras, no desenvolvimento de suas habilidades, assim como formar uma comunidade colaborativa de interesse comum”, disse.

      Curtiu o projeto e acha que ele tem tudo a ver com você ou com aquela sua amiga que saca tudo de música e som? Clica aqui que as inscrições para o edital vão até a próxima segunda-feira, dia 17!

       

       

      12.09.18
    • FARM astral – setembro

      Depois de dois ciclos astrológicos pontuados por eclipses e planetas retrógrados, de muitas revisões, questionamentos internos, desafios emocionais, afetivos, profissionais, ufa! Começa um ciclo pra pôr a casa em ordem! A lua nova em Virgem no dia 9 de setembro vem pra trabalhar o foco, organização, planejamento, colocar em prática as decisões e a vida andar pra frente outra vez! Se a coisa já não vem pronta, se podemos ter alguma dificuldade maior, é em lidar com nossa sensibilidade – afinal, estamos cansados das sacudidas que levamos, e um pouco desiludidos também. Mas sonhar é alimento pra vida – tudo começa no sonho, na imaginação e no desejo, pra só então ganhar corpo!

      Mercúrio não só já está direto, como vai passar a maior parte do mês em Virgem, signo que rege e funciona superbem. Pensamento afiado, atenção aos detalhes e capacidade de articulação ajudarão a melhorar a qualidade dos diálogos. A gente se entender melhor é o primeiro passo pra se entender melhor com os outros. Então é o momento de fazer aquela autoanálise, buscar as terapias e tratamentos que podem nos ajudar, aproveitando que Virgem é um signo de saúde! E falando em entendimento, temos sempre que olhar pro Marte, que é o planeta de ação, que acionamos pra batalhar pelas nossas conquistas mas com que entramos numas brigas também. Nos últimos dois meses com Marte retrógrado, já encaramos muitos conflitos, tantos que agora, com ele já em movimento direto, estamos mais preparados pra colaborar uns com os outros, não estamos? Quero muito acreditar que sim. Marte em Aquário a partir do dia 10 tem a força revolucionária da união de forças, da coletividade, da inovação, da quebra de padrões, tudo isso a que o mundo resiste pelo medo do novo, sempre desconhecido… e estamos querendo muito uma vida nova!

      Vênus, planeta da beleza, da atração, dos gostos e valores, do sexo!, entra em Escorpião junto com a lua nova, pra mexer beeeem com o nosso desejo… haja intensidade! E vamos ter que ser bem delicados com isso, porque Vênus vai retrogradar do início de outubro até meados de novembro. Vamos falar sobre isso no próximo Farm Astral, mas por ora saibam que será como uma prévia de como precisamos transformar nossa afetividade e nossas relações pra viver com mais prazer. Porque ainda falta alguma coisa no nosso íntimo… Em setembro tem o equinócio da primavera, estação das flores, tão venusiana, tão inspiradora! Será na virada do dia 22 para o 23, quando o Sol entra em Libra. E tudo isso vai culminar logo em seguida, no dia 24, com a lua cheia em Áries extravasando nossas paixões! Não brinquem com fogo, crianças!

      Que a esperança seja sempre nossa companheira presente. O futuro se faz aqui e agora. Muito amor pra nós!

       

      10.09.18
    • Conheça a Echos

      Boas iniciativas precisam sempre ser celebradas, e hoje é dia de conhecer a Echos. Trata-se de um laboratório de inovação que utiliza o Design Thinking para ajudar grandes empresas a inovarem ao resolver problemas dos mais complexos, além de desafios contemporâneos. Além disso, o espaço promove treinamentos e capacitações em Design Thinking, através de cursos – presenciais ou online. Mais de 30 mil pessoas já passaram pela experiência. O espaço funcioa com três frentes: a Escola Design Thinking, a Innovation Projects e a Descola. Juliana Proserpio, cofundadora do laboratório, fala sobre a importância do espaço.

      “O que fazemos é uma abordagem que permite revolucionar a maneira de encontrar soluções inovadoras para os problemas e desafios das organizações, das empresas, do governo e da sociedade, focadas nas necessidades reais do mercado e sobretudo nas pessoas. Para nós, todo problema ou solução tem um fator humano decisivo. E é a partir dele que projetamos novas realidades”

      A Echos está em 5 cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Blumenau), além de Austrália e Portugual. Mas engana-se quem pensa que a empresa tem um crescimento vazio baseado somente em grandes e poderosos clientes. Um de seus projetos mais importantes é o IRIS, que pretende entender melhor o significado da violência contra a mulher e qual o impacto desse problema na nossa sociedade.

      Aqui no Rio, a Echos recebeu a gente da FARM num workshop de estilo super bacana. Ficou interessadx em conhecer melhor o trabalho da empresa? Abaixo, colocamos o cornograma de cursos pra você escolher o que mais se identifica!

      Design Thinking Experience –  24, 25 e 26 de setembro
      Ahaze (conexão com o público através da fala) – 15 e 16 de setembro
      Business Design – 1, 2 e 3 de outubro
      Service Design – 22 e 23 de outubro
      Facilitação – 29 e 30 de novembro

      Animou? Então fala com eles fica por dentro dos detalhes. Clica aqui pra ir pro site ou anota os telefones: 11 34762500 e 21 35777333.

      07.09.18