• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: retrô

    • dance, dance

      bola_manie

      Uma festa pra você se sentir em outro tempo, onde a pedida é dançar como quiser e se divertir horrores. A gente tá falando da Manie Dansante, sensação das pistas atualmente aqui no Rio! Bora saber mais sobre essa mania?

      manie3

      Tudo surgiu a partir do set de eletroswing que o Rodrigo Esper, fotógrafo do I Hate Flash, fez na festa Way Out (produzida por Vinicius Tesfon, com os DJs residentes Andrei Yurievitch e Bruno Queiroz ). A pista bombou loucamente, e Vinicius foi atrás de pesquisar e entender mais sobre o gênero – e decidir o que produzir a partir dali. Hoje os quatro estão por trás da Manie, que surgiu no fim de 2012 e vem se consolidando cada vez mais.

      manie1

      “O que mais me chamou atenção na época, além do som, foi como o universo do electroswing é rico e se relaciona com outras formas de artes legais como o lindy hop (dança criada no Harlem entre os anos 20 e 30) e o circo. E a forma como esses artistas se integram ao público dos eventos, ao ponto de não se saber ao certo se são artistas contratados ou alguém agindo por conta própria”, contou Vinicius.

      manie6

      Pra fazer uma edição cada vez mais bacana que a outra – outro dia rolou pool party num casarão em Santa – os meninos afirmam que a procura por inspiração é constante. E, claro, a opinião do público também conta: é comum os frequentadores indicarem novas músicas. As artes visuais, vídeos, fotos e ilustrações antigas também são referência e inspiram a identidade visual da festa – que é super bem feita!

      manie7

      Vinicius deixa a dica pra quem quer conhecer a Manie: “Apesar de termos um aulão de lindy hop com o Rio Hoppers na festa, não é necessário saber técnicas de dança para se divertir, dançar é uma forma de se expressar e não existe maneira certa ou errada pra isso, é mais uma questão de sentir.

      manie2

      “Sugerimos o dress code em tom bem humorado dentro da temática vintage e a resposta do público é incrível, as pessoas capricham na produção de uma forma que não imaginávamos quando idealizamos o projeto”.Pelas fotos dá pra perceber que looks com pegada retrô, preto e branco, poás, listras e purpurina têm tudo a ver com o clima da festa. É pra entrar de corpo e alma no clima vintage!

      manie5

      Ah, e já se prepara, porque a próxima edição vai ser um baile de máscaras na La Paz, esse sábado. E quem for de bike paga R$ 20 a noite toda!

      http://youtu.be/3R_SHh311is

      Vem fazer o aquecimento e preparar os passinhos dando play aí em cima e aquela passadinha aqui! 😉

      30.01.14
    • como antigamente

      As integrantes do nosso clube têm vários estilos. A gente já falou da romântica e agora é a vez de um ar muito parecido, só que com pegada antiguinha e visual com jeito de peças garimpadas – cheias de história pra contar!

      Curte a onda? Então, olha as nossas dicas pra dar um perfume retrô no seu look do dia a dia.

      A gola Peter Pan é charme na certa na hora de elaborar o visual. Com as pontas arredondadas e decote fechado, as pernas de fora são o equilíbrio que o look precisa.

      A gravatinha, que pode vir na própria gola da blusa ou de um acessório que tenha o mesmo efeito, deixa o visual com ar retrô na hora. Acessórios modernos e pesados fazem o contraponto necessário 😉

      Estruturada, quadradinha e com fecho marcante, a bossa de antigamente pode vir também da bolsa! O bacana é encaixar em um look moderninho, com camisa cropped, por exemplo. Fica uma graça!

      Pra entrar mais na onda retrô, é só clicar aqui e aproveita que só hoje o e-FARM e as lojas físicas* estão com parcelamento em 6x sem juros! 😉

      *lojas físicas em compras a partir de R$ 600

      08.03.12
    • porta jóias moderno da vovó

      A gente adora bijoux com ar antiguinho. Mas não é porque os acessórios têm vibe retrô que a gente vai combinar sempre com rendas e babados, né? O combo “antigamente” é uma graça, mas dá pra brincar muito mais com as “jóias”, olha só!

      Já que os acessórios são “antigos”, banho de modernidade no resto do visual. Dá pra roubar peças do guarda-roupa do namorado (alô, blazer boyfriend) com camisetas moderninhas pra contrastar com a biju.

      Pesou no colar e no brinco do baú? Leveza nas pernas! Não há ar clássico que resista a perninhas de fora. 🙂

      E quando o acessório é esperto, com jeito de relíquia, ele pode ser seu melhor amigo na hora de valorizar um look simples. O visual modernamente básico jamais será o mesmo depois da união com um super colar, por exemplo.

      Pra vovó nenhuma botar defeito!  😉

      04.04.11
    • na renda da barra

      Um cheiro antiguinho tomou conta de Acácias. Dá pra sentir o clima nas estampas, acessórios, anáguas… Oi? Isso mesmo! Mas nem precisa do acessório fofo pra entrar na onda, a barra de renda dos vestidos leva a gente direto pro guarda-roupa da vó, né? 🙂

      É aquele detalhe que dá um charme bem feminino, que a gente vê em foto preta e branca e fica morrendo de vontade de usar! Amou o efeito, mas curte uma vibe modernosa?

      Olha só os vestidos mais curtinhos, que deixam qualquer avó com o cabelo em pé, entrando no clima também! Tem para todos os gostos!

      Já escolheu o seu?  😉

      10.03.11
    • eu amo jockey

      Dentre cheirinhos e livros, tinha uma barraca na nossa festa no Jockey recheada de peças antiguinhas e relíquias da moda (oi, óculos 60’s Miss Dior!). Era o brechó Eu Amo com achados garimpadíssimos cheios de estilo!

      E a volta para casa não foi só nossa. A Débora – idealizadora do Eu Amo – começou na Feira de Antiguidades da praça Santos Dumont e há 3 anos saiu de lá para um ateliê próprio. Pelo visto, não era só o nosso coração que estava batendo forte! Olha a Kátia e a Débora juntas!

      Curtiu? Então dá uma passadinha no site deles aqui (dá para comprar online! Obaa! :D) e aproveita para conhecer o blog que é o máximo! Quem quiser visitar o ateliê, é só passar na Rua Monte Alegre, 74 em Santa Tereza!

      Prontas para o garimpo?

      22.02.11