• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: invertida

    • de pernas pro ar

      Foi preciso se arriscar em muitas modalidades esportivas diferentes – da dança ao volei de praia, passando até pelo circo – pra Ju Dominguez se descobrir de uma maneira inusitada, irreverente, mas, no mínimo, muito divertida: de cabeça pra baixo. Hoje professora de yoga e técnicas de invertida no Espaço Nirvana, na Gávea, a carioca conversou com a gente sobre prática, propósito e estilo de vida, deixando apenas uma certeza – todo mundo vai terminar de ler esse post com vontade de andar com as mãos por aí 

      Formada em publicidade, Ju nunca deixou as atividades físicas de lado e foi como uma agradável surpresa que a yoga foi acontecendo em sua vida: "Quando eu vi, tava aqui", contou ela pra gente, com um sorriso tão largo no rosto que não deixa dúvidas – Ju nasceu pra isso! Da prática, trouxe pro seu dia a dia muito do equilíbrio, do encontro consigo mesma e da respiração, tão importante não só na yoga, mas na vida. Afinal, tudo o que a gente precisa às vezes é de respirar bem fundo, né? 
      E foi com essa paixão, curiosidade e coragem que Jú se formou em Vinyasa com David Lurey e Mirjam Wagner, do Find Balance, dois grandes nomes da modalidade. Depois disso, ainda se especializou em Hatha pelo Svadhyaya e, hoje, além de dar aulas no Espaço Nirvana, no Blyss Yoga e no Crossfit Carioca, todos no Rio, é uma das professoras do aplicativo YogIN, que disponibiliza aulas ao vivo de yoga. E cê acha que a Jú cansou? Nada disso! Ela ainda faz oficinas de parada de mão e circo na Fundição Progresso! Ufa! 
      Mas engana-se quem pensa que só quem tem uma vasta experiência na yoga e quem pratica esportes há muito tempo consegue arriscar movimentos diferenciados e até mesmo sustentar a posição final da invertida. Na verdade, o que Ju pretende desmitificar em suas aulas é justamente isso, vencendo o medo de seus alunos e provando que, na verdade, todo mundo é capaz de fazer qualquer coisa – basta querer e tentar!
      O incentivo e o apoio permeiam toda a aula, que coloca também muito da filosofia da yoga em prática. Aqui, você não encontrará salas com espelhos ou lugares pra se mirar porque, muito mais importante do que a forma, é o conteúdo de cada movimento. "Existe um propósito por traz das variações e cada uma delas é uma escolha que faz bem", explicou a Ju. Ou seja: não é simplesmente fazer por fazer, como quem busca um resultado na balança ou no espelho. É sentir! 
      Mas não é por isso que as aulas são menos cansativas, viu? Acredite: você vai sair suando! E feliz. Ju contou trambém que as aulas ajudam os alunos a compreenderem melhor os seus limites e a respeitarem o seu corpo, já que "tudo tem um tempo e um lugar certo pra acontecer". E não é mesmo? Por isso, nada de afobação: se a invertida não sair de primeira, vai sair de segunda. E depois que você conseguir ficar de ponta-cabeça… não vai querer outra vida! 
      15.03.17
    • de cabeça pra baixo

      bola_invertida

      De uns tempos pra cá o Instagram ficou zen, reparou? Além dos ásanas da ioga, tá mais comum ver poses divertidas e pra lá de concentradas da galera olhando o mundo de cabeça pra baixo. As invertidas, movimentos de ioga que te deixam de pernas pro ar, vêm ganhando cada vez mais adeptos empolgados e prestes a compartilhar novas poses pela rede social.

      invertida_1

      A carioca Sá Souza é professora de ioga e adora ver o mundo de uma perspectiva diferente. No perfil @sasouzayoga ela coleciona quase 4 mil seguidores em busca de inspiração diária. Se engana quem acha que a Sá “já nasceu sabendo”: ela confessa que demorou alguns anos até dominar o movimento e deixa a dica pra quem persiste:“invertidas exigem muita paciência, dedicação, compaixão e a habilidade de ouvir o que o seu corpo diz”.

      invertida_2

      Quando praticada ao ar livre, então, é uma maravilha. A paulistana Camila Duartte atende no Instagram por @cahpina e, sempre que dá, reserva um tempinho para sua dose de tranquilidade através dos exercícios da ioga. Desde que começou a postar suas poses na rede, o número de seguidores aumentou e isso se tornou mais um incentivo, já que agora Camila distribui boas doses de inspiração a aspirantes por aí.

      invertida_3

      Se você já se empolgou mas não sabe ainda como se jogar nessa novidade, dia 8/12 rola encontro no Itanhangá. O Soul Yoga Flow vai ter muita comida saudável, slack line e uma aula de ioga de 2 horas com foco em invertidas e outros movimentos pra você sair de lá com o corpo e a mente leves. Mas enquanto ele não chega, se liga no passo-a-passo caprichado que a Sá preparou:

      invertida_4

      1- Comece em 4 apoios, as mãos alinhadas com seus ombros. Coloque o topo da cabeça no chão, não muito perto das mãos. Assim você mantém um ângulo de 90 graus nos cotovelos. Eleve o quadril e caminhe o mais próximo que puder das mãos.

      2- Coloque o joelho direito apoiado no braço direito o mais próximo da axila possível. E faça o mesmo com o esquerdo. Fique aí algumas respirações. Tenha certeza que seu abdômen está bem ativo e seus ombros estão longe das orelhas.

      3- Mantenha o joelho direito onde está e devagar eleve a perna esquerda. Em seguida, eleve a direita também.

      4- Fique de 3 a 5 respirações ou mais se você quiser. Quando descer, fique com a testa no chão em Balasana (Postura da Criança) algumas respirações antes de elevar sua cabeça.

      invertida_5

      Fotos: Luiza Chataignier

      Agora é só arrumar o visual perfeito pra te deixar de cabeça pra baixo. Ah, e se você tá começando, ou tem medo, faça usando uma parede de apoio, ok? Namastê! 🙂

      19.11.13