• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: festival do rio

    • a boa do feriado: festival do rio

      Feriado tá aí e a gente sabe que são muitas as programações: muita praia pra curtir, já que o calorzinho agora parece que veio pra ficar, e muita festa pra dançar.  Mas ainda dá pra encaixar uns filmes nessa programação! Ainda mais porque não é sempre que a gente tem Festival do Rio rolando, né? E essa é a oportunidade de ver vários filmes super aguardados em primeira mão – ou até alguns que nem entrariam no circuito brasileiro.

      Então pedimos pra nossa colab super cinéfila, a Luli, montar um roteirinho com os filmes mais esperados. E já colocamos o link direto pro ingresso.com – olha a mordomia! 

      Se estiver esgotado no site, dica de amiga: o Festival separa 20% dos ingressos pra vender no dia da sessão, na bilheteria. Então é só chegar cedo que tá tudo certo. 

      Nos vemos no cinema! 

      The Florida project (de Sean Baker) Quarta-feira às 19:30 no Espaço NET Ipanema

      Halley e sua filha Moonee, de seis anos, vivem em um motel barato à beira de uma rodovia na cidade de Orlando. Enquanto a mãe vive entre um trabalho mal pago e uma vida caótica, Moonee e suas amigas do motel ao lado passam os dias explorando prédios abandonados, tomando sorvete e pregando peças nos funcionários do motel – tendo como alvo especial o sempre paciente Bobby. Quando a vida lhes dá mais uma rasteira, o amor incondicional de Moonee por sua mãe irá definir seu futuro incerto. Do mesmo diretor de Tangerina, com Willem Dafoe. Exibido na Quinzena dos Realizadores de Cannes 2017.

      They (de Anahita Ghazvinizadeh) Quinta-feira às 14h no Roxy (Copacabana)

      Aos 14 anos, J vive com seus pais em um subúrbio da cidade de Chicago. Explora sua identidade de gênero e toma bloqueadores de hormônio com o intuito de retardar sua puberdade. Depois de dois anos de medicações e terapia, J precisa decidir se irá de fato fazer sua transição. Em um fim de semana crucial, com seus pais longe de casa, a irmã de J, Lauren, e seu amigo e possível namorado Araz chegam para lhe fazer companhia. Um retrato delicado do período de suspensão entre a infância e a idade adulta, entre identidades sexuais e de gênero. Exibido no Festival de Cannes 2017.

      Based on a True Story (de Roman Polanski) Sexta-feira às 17:30 no Estação NET Ipanema

      Delphine escreveu um romance muito pessoal dedicado à sua mãe, que virou um best-seller. Exaurida e fragilizada por suas lembranças, ela é atormentada por cartas anônimas que a acusam de jogar sua família aos leões. Até que Elle, uma jovem charmosa, inteligente e intuitiva, cruza seu caminho. Delphine se aproxima de Elle, confia e se abre para ela. Até onde Elle irá após se mudar para o apartamento da escritora? Ela chegou para preencher ou para criar um vazio? Para lhe dar novos ímpetos ou para roubar sua vida? Do mestre Roman Polanski. Exibido no Festival de Cannes 2017.

      How to talk to girls at parties (de John Cameron Mitchell) Sábado às 16:50 no Estação NET Ipanema

      No Reino Unido do fim dos anos 1970, Enn, um jovem tímido e fã da nova febre punk, está pronto para se apaixonar. Até que ele conhece a etérea Zan, que acredita que o punk vem “de uma outra colônia”, uma de muitas pistas de que ela talvez não seja desse planeta. Uma história sobre o nascimento do punk, a exuberância do primeiro amor e o maior de todos os mistérios do universo: como conversar com garotas em festas? Do diretor John Cameron Mitchell (Hedwig – Rock, amor e traição, Shortbus), com Nicole Kidman. Baseado num conto de Neil Gaiman. Festival de Cannes 2017.

      Me chame pelo seu nome (de Luca Guadagnino) Sábado às 21:30 no Estação NET Rio (Botafogo)

      Verão de 1983, norte da Itália. Elio Perlman, um jovem ítalo-americano de 17 anos, passa seus dias na vila de sua família, um antigo casarão do século XVII. Seus dias são repletos de composições ao piano e flertes com sua amiga Marzia. Um dia, Oliver, um charmoso homem de 24 anos, chega para ajudar o pai de Elio em sua pesquisa sobre cultura greco-romana. Sob o sol do verão italiano, Elio e Oliver descobrem a beleza do despertar de novos desejos que irão mudar as suas vidas para sempre. Exibido no Sundance Film Festival e na mostra Panorama do Festival de Berlim, 2017.

      Last flag flying (de Richard Linklater) Domingo às 21:30 no Estação NET Botafogo

      Trinta anos depois de servirem juntos durante a Guerra do Vietnã, Doc e seus colegas veteranos têm uma nova missão: enterrar o filho de Doc, um fuzileiro da marinha americana morto na Guerra do Iraque. Doc decide abandonar o enterro no Cemitério de Arlington, no Texas, e, com a ajuda de seus velhos amigos, conduz o caixão em uma viagem reflexiva até sua casa na Costa Leste, no subúrbio de New Hampshire. Um roadmovie sobre amizade e as inexoráveis feridas deixadas pela guerra. Baseado no romance de Darryl Ponicsan, o filme é uma continuação de A última missão, de Hal Ashby. Dirigido por Richard Linklater, com Steve Carell e Bryan Cranston.

      Agora é só escolher o seu favorito e partiu cinema! 

      12.10.17
    • festival do rio

      Poucos eventos no calendário cultural carioca são tão icônicos e divertidos quanto o festival do Rio. Fizemos a nossa pesquisa e te contamos em quais filmes vale investir. Anota aí!
       
      Pras cariocas cinéfilas de plantão, o início da primavera traz consigo mais do que o preview das coleções de verão – é que outubro é mês de Festival do Rio! Durante duas semanas, a gente dá aquela escapadinha mais cedo do trabalho pra chegar a tempo no filme, encontra os amigos pelos cinemas da cidade sem precisar marcar encontro e faz sessão dupla no final de semana pra não perder nada. 
       
      O Festival do Rio foi criado em 1999 e, de lá para cá,  se firmou como um dos mais importantes do mundo, e é destino obrigatório para os principais destaques cinematográficos do ano. Passamos um pente fino na programação, demos aquele bizu nos filmes mais aclamados em Cannes, Veneza e Berlim, e montamos essa listinha mara pra vocês se agilizarem.
       
      A Chegada/Arrival (Denis Vilenneuve – EUA)
       

      Você ainda vai ouvir falar muito nesse filme, e já se especula que a indicação ao Oscar é certa pra maravilhosa Amy Adams. A não ser que você seja muito curiosa/cinéfila, não costuma valer tanto à pena assistir a filmes que certamente vão entrar em circuito depois, mas neste caso temos um agravante: “A Chegada” só será exibido na premiere do Festival, na deslumbrante Cidade das Artes. Vai ser uma sessão especial, num lugar especial e o filme está sendo muito elogiado. Fora isso, é a primeira vez que o Festival abre a premiere para nós seres normais. Ou seja, qualquer um pode comprar ingresso. Animou? Nós super vamos!
       
      Melhores Amigos/Little Men (Ira Sachs – EUA/Grécia)
       

       Uma daquelas histórias de passagem da infância pra adolescência, esse drama familiar meio indie se passa no Brooklyn, depois que o avô de Jake, um garoto de 13 anos, morre e deixa um apartamento em cima de uma loja para a família. Jake então faz um melhor amigo, Tony, filho da costureira chilena que aluga a loja de seu pai. Tá armado o circo. O filme foi selecionado pra Sundance e Berlim e só o trailer já dá vontade de rir e chorar pra caramba. Dramédia das boas.
       
      Personal Shopper/Personal Shopper (Olivier Assayas – França)
       

       O filme já chega cheio de hype por conta do francês Olivier Assayas, que recebeu o prêmio de melhor diretor em Cannes 2016, e também por conta da personagem principal, interpretada por Kirsten Stuwart. Não é primeiro trabalho dos dois juntos, e as cinéfilas devem lembrar do lindo e super premiado “Acima das nuvens” (Clouds of Sils Maria), de alguns anos atrás. Em “Personal Shopper,” Kirsten trabalha como uma compradora de roupas para uma celebridade, e odeia seu trabalho. Seu passatempo/drama pessoas é se comunicar com espíritos, e tudo fica bem mais sério quando ela encontra um jeito de entrar com contato com seu irmão gêmeo recém-falecido. Pelo trailer, não é pra quem tem medo de assombração!
       
      Wiener-Dog/Wiener-Dog (Todd Solondz – EUA)
       

      Um cachorro salsicha e um elenco formado por: Danny Devito, Julie Delpy, Zosia Mamet (Shosh!!!), Greta Gerwig e Kieran Culkin. Basta, né? Wiener-Dog é uma comédia de humor negro/road movie que segue uma cachorrinha basset em sua cruzada para mudar a vida de seus donos. O filme foi selecionado para Sundance e agente tá se matando de rir por antecipação!
       
      Certas Mulheres/Certain Women (Kelly Reichardt – USA)
       

      Não fica muito mais mais Girl Power do que isso. Diretora jovem e super aclamada, um elenco feminino foda – Laura Dern, Michelle Williams e Kirsten Stuwart – e uma trama sobre mulheres independentes no interior dos Estados Unidos. Selecionado pra Sundance e super bem criticado. A gente sugere levar lencinhos.
       
      Vermelho Russo/Vermelho Russo (Charly Braun – Brasil/Rússia)
       

      Dos filmes nacionais que estão na mostra competitiva deste ano, o que a gente mais está animada pra ver é o “Vermelho Russo”, que conta a história de duas jovens atrizes que decidem ir à Rússia estudar o método Stanislavski de interpretação, e então embarcam num mundo de nevascas, briga, amor e muita vodka. Nesse processo, elas vão se reinventar e entender o real sentido da amizade – espera-se. Achamos o trailer super original e estamos ansiosas!
       
       
      Jovens, loucos e mais rebeldes!/Everybody wants some (Richard Linklater – USA)
       

      Dizer que é o filme mais recente do Richard Linklater (Boyhood, Antes do amanhecer, Antes da meia noite…) já convenceria muita gente, mas nem é só por isso que estamos recomendando. Vocês podem estar achando o título meio brega, mas acontece que o filme é uma homenagem/spin of de um dos primeiros sucessos de Linklater, lançado em 1993, e que aqui no Brasil saiu com o título “Jovens, loucos e rebeldes”. O filme atual conta a história de um universitário no seu primeiro ano de faculdade, e a gente tem certeza que pode esperar aquela vibe extremamente americana, sentimental e brincalhona do Linklater. Esperem os melhores diálogos sempre.
       
      Mais alguns antes de encerrar o post. Não percam o documentário/experiência visual “Voyage of Time – Life's Journey”, do Terrence Malick. Vai estrear no circuito depois, mas pra quem tem tempo vale se adiantar. Outro doc muito bem recomendado é o “Eis os delírios de mundo conectado”, do Werner Herzog, que dispensa apresentações. Outros dramas bem cotados: “Manchester à beira-mar”, “Paterson”, e “A luz entre oceanos”.
       
      Nossa dica é fazer um calendariozinho e depois compartilhar com as amigas, assim todo mundo tenta comprar pras mesmas sessões e vocês garantem duas semanas de encontrinhos deliciosos Rio afora! Nos vemos nos cinema então? A venda de passaportes e ingressos é pela ingresso.com!
       

      06.10.16
    • o cinema tá na moda

      bola_cinema

      A gente já contou por aqui sobre o Festival do Rio, lembra? Então a dica é aproveitar o sábado pra curtir os filmes de moda que estão rolando nessa edição do evento. Ah, Além da exibição dos longas, rola um workshop sobre figurino com a Janie Bryant, figurinista de “Mad Men“, Janie Bryant. Um viva à moda! 🙂

      cinema2

      O “Björk: Biophilia Live“, de Peter Strickland e Nich Fenton, foi filmado em Londres e mostra cenas cotidianas do lançamento do album da Bjork na época. O longa estreou no Festival de Cinema de Tribeca, em abril.

      cinema3

      O “David Bowie Is“, de Hamish Hamilton é um documentário dedicado ao camaleão da música pop mundial, inspirado na exposição dedicada ao próprio, na Victoria and Albert Museum de Londres. O filme conta com participações especiais: os curadores da expo, Victoria Broackes e Geoffrey Marsh, o estilista japonês Kansai Yamamoto e o vocalista do Pulp, Jarvis Cocker.

      cinema4

      O “De gravata e unhas vermelhas“, da Miriam Chnaiderman, discute os padrões do gênero e a definição estética de homem e mulher, pela sociedade. Nomes badalados como Laerte, Ney Matogrosso, Bayard Tonelli e Dudu Bertholin endossam o elenco.

      cinema5

      Dior e eu’, documentário de moda dirigido por Frédéric Tcheng, que classificou intensas as cenas noturnas na Maison. O filme traz uma visão única dos bastidores da criação do estilista Raf Simon em sua primeira coleção de alta costura pra lendária maison Christian Dior.

      cinema6

      O “Advanced Style – Vovós Fashion” foi baseado no famoso blog de moda Advance Style do fotógrafo Ari Seth Cohen. O filme investiga a intimidade de sete mulheres extremamente estilosas, com idades entre 62 e 95 anos, que vivem em Nova York. Ó que legal: ele foi financiado através de uma campanha de financiamento coletivo na Internet.

      cinema7

      Pra acompanhar a programação completa, corre pra cá! A gente já fez nosso roteirinho pro fds! 🙂

      27.09.14
    • Festival do Rio

      bola_festival

      De hoje a 8 de outubro, o Rio recebe de braços abertos a sétima arte e vira a capital mundial do cinema. É o Festival do Rio que tá rolando e trazendo centenas de filmes de mais de 60 países. Uma verdadeira imersão para os cinéfilos de plantão. Curte? Então vem ver os detalhes!

      festival1

      Nesta edição, o Cine Odeon, espaço clássico que abrigava as sessões de gala do festival, foi substituído pelo Cine Lagoon. Ao todo, 19 salas de cinema do Rio participam do festival com ingressos que variam entre R$ 4 e R$ 70. Além de mostrar o que se destaca na safra internacional, a gente pode conhecer o que vem de novo no nosso mercado também!

      festival2

      Pra começar, o festival escolheu a projeção de “O Sal da Terra”, um doc de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado dedicado ao fotógrafo Sebastião Salgado. No dia 8/10, a exibição do longa “Trash: A Esperança Vem do Lixo“, de Stephen Daldry, com Wagner Moura e Selton Mello fecha com chave de ouro.

      festival3

      O Festival, que nasceu em 99, também conta com sessões especiais com convidados. São diretores, atores, produtores e outros nomes do cinema mundial que estarão no Festival do Rio apresentando seus filmes. Dá uma olhadinha pra acompanhar a agenda e marcar presença!

      Pra entrar no clima, ó o teaser de “O vento lá fora“, documentário dirigido por Marcio Debellian, que apresenta um retrato do poeta Fernando Pessoa. Bonito, né? Vale ficar de olho no site do evento e programar um roteirinho especial pra não perder nada. É claro que a gente vai marcar presença! 🙂

      24.09.14
    • rio cinematográfico

      Hoje abre pro público o maior festival de cinema da América Latina, realizado aqui na cidade maravilhosa. O Festival do Rio traz mais de 300 filmes (muitos dos quais não chegarão por aqui no circuito comercial) divididos em 19 mostras, e atividades paralelas ligadas a 7ª arte.

      Como são muitos filmes e os horários e locais de exibição nem sempre cabem nos nossos planos, a gente dá 2 dicas pra você aproveitar: vá até o site oficial, leia a programação completa, escolha seus favoritos e monte sua agenda dos sonhos, essa é a etapa 1.

      A dica 2, é pra não ficar frustrada caso não consiga cumprir sua agendinha, e não deixar passar a chance de se surpreender, dê uma olhada despretensiosa na programação diária e escolha um que chame sua atenção pela sinopse, pelo ator principal ou até pelo título! Assim surgem as melhores surpresas, de última hora 😉

      A gente não quer deixar passar estes daqui: Somewhere, o filme da Sofia Coppola que levou o Leão em Veneza; Gainsbourg – Vida Heróica, cinebiografia de Serge Gainsbourg; The Runaways – Garotas do Rock, sobre a banda de rock homônima; e a mostra “A humanidade de acordo com Bruno Dumont”, com o melhor do cineasta francês.

      Aproveita que cinema é a maior diversão e afesta dura só até o dia 07/10!

      24.09.10