• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • alagoas, parte 3 – praia de tatuamunha

      bola_tatuamunha

      A gente continua hoje nossa viagem pela rota ecológica de Alagoas com a Gabi Temer, do blog Juju na Trip, e desemboca em Tatuamunha. Repare só, que as fotos dizem mais que mil palavras…

      tatuamunha1

      Tatuamunha é uma praia simpática, cheia de vida marinha, com piscinas naturais incríveis. Tem aquele horizonte maciço de coqueiros, mas também amendoeiras e cajus. As tonalidades de lá são incríveis, um tom sobre tom de verdes e turquesas. De todas as praias da rota, essa foi uma das que mais gostamos.

      tatuamunha2

      Uma coisa legal é que além das piscinas naturais e de todo visual dos coqueiros e do mar, ainda tem a benção do rio Tatuamunha desembocando na praia. E não é um rio qualquer, tá? Esse aqui é bercário de Peixe-Boi.

      tatuamunha3

      Hoje, o Ibama e o Instituto Chico Mendes mantêm no Rio Tatuamunha um projeto super legal de preservação do peixe-boi. Atualmente, apenas 70 pessoas por dia podem visitar o santuário, e pra chegar na área onde onde ficam os peixes, a gente atravessa uma trilha de meia hora e depois navega mais um tanto pelo rio em jangadas sem motor – barulho mínimo para não afugentar os animais. E, com sorte, você ainda pode esbarrar com algum deles nadando também pela praia, já que o rio desemboca ali!

      tatuamunha4

      Nosso QG em Tatuamunha foi a pousada Borapirá, do mesmo grupo do Aldeia Beijupirá. Diferente das outras pousadas da rota, a Bora  parece um sítio. Tem um terreno enorme, alguns bangalôs super confortáveis espalhados numa vasta área sombreada por dezenas de coqueiros, redes pelo caminho, e a casa central parece uma sede de fazenda. É uma das poucas que tem piscina, e aceita crianças.

      tatuamunha5

      Demos a sorte de pegar a maré perfeita (maré viva, com a baixa pela manhã) quando estávamos em Tatuamunha. São várias piscinas, e a a graça é pegar o snorkel e flutuar por elas enquanto a vida marinha acontece logo abaixo. São vários corais, peixes coloridos.

      tatuamunha6

      E além de tudo, tem a delícia do vilarejo de Tatuamunha e seu casario colonial colorido. O povoado é uma simpatia, tem aquela leveza de vida com cheiro de maresia. Bom demais, visse!

      tatuamunha7

      COMO CHEGAR: Vá para o Aeroporto Internacional de Maceió e lá contrate serviços de transporte ou aluguel de carro. Você também pode pedir o transfer na pousada. Sai em torno de R$250 por trecho. O acesso é pela AL-101 em direção a Passo de Camaragibe e Barra de Camaragibe. Avianca, Gol, Azul e Tam voam para lá.

      ONDE FICAR: Na Borapirá, com certeza! Aliás, não deixe de comer o ensopirado, a moqueca de camarão que servem na pousada e que leva a assinatura do Beijupirá. Divina!

      tatuamunha8

      Agora é arrumar as malas e boa viagem! 🙂

      22.01.15