• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: yoga

    • experiência [despertar]

      Estamos vivendo um momento especial e muito importante de (re)conexão com a gente mesmo. De escutar e entender as respostas e perguntas que vêm de dentro pra fora, num fluxo natural do que é ser, pensar, respirar, sentir, viver. Momento de dar um abraço em nós mesmos e em todas as nossas questões, que alias, é sempre bom, né? 

      Pra todo mundo que curte essa vibe boa de encontro interior com a própria natureza, a dica é participar da Experiência [Despertar]. Uma vivência única, onde a galera vai poder se um dia todinho com Yoga, Respiração, Arteterapia e Meditação com Cura através do Som para promover uma conexão mais intensa com o momento presente.

      Tudo isso imersos em uma casa no meio da natureza e com direito a mergulho na piscina, que rola dia 24.06, de 13h às 19h, numa casa lindona do Jardim Botânico, no Rio.

      “Nós 3 viemos de caminhos diferentes, mas nos encontramos com o propósito comum de ajudar as pessoas a acreditarem no autoconhecimento como expansão da consciência por uma vida e um mundo melhor”, explica a Mari Ferrari, uma das facilitadoras da experiência e que já fez parte do nosso time. 

      Se liga na programação

      13h – YOGA PARA O DIA A DIA [hatha vinyasa] com Mariana Ferrari
      14h30 – RODA DE MEDITAÇÃO COM BOWLS TIBETANOS com Maíra Lobato
      16h – DINÂMICA DE EXPRESSÃO CRIATIVA COM CARTAS PARA AUTOCONHECIMENTO com Lívia Marttins
      18H ENCERRAMENTO COM BATE-PAPO

      E pra quem é essa experiência?

      – Pessoas que não “são boas” em yoga
      – Pessoas que se acham incapazes de meditar
      – Pessoas que já fazem yoga e já meditam
      – Pessoas que [ainda] não se acham criativas
      – Pessoas que são interessadas em espiritualidade mas ainda precisam experimentar fisicamente essa conexão
      – Pessoas que não querem ser julgadas por serem humanos e terem pontos fracos
      – Pessoas que querem relaxar sem precisar ir para uma caverna
      – Pessoas que procuram uma linguagem para se expressar
      – Pessoas que adoram música, movimento e arte
      – Pessoas que estão abertas para o novo
      – E, principalmente, pessoas em busca de EXPANDIR SEU SER.

      Sobre as vivências

      YOGA
      Os participantes vão vivenciar uma sequência no estilo Hatha Vinyasa guiada por Mari Ferrari, prestando atenção nos alinhamentos das posturas para poder ficar à vontade na prática, e usar suas principais ferramentas no dia a dia caso sinta necessidade de mexer o corpo mas não tenha a chance de ir numa aula. Será uma prática fluida, mas atenta às estruturas dos ásanas, e leve, para abrir espaço no corpo e na mente. Leva seu tapetinho!

      SOUND HEALING
      A cura pelo som é uma terapia efetiva e comprovada que usa o som vibratório para ajudar a reduzir o estresse, alterar a consciência e criar uma sensação profunda de paz, bem-estar e melhor saúde. O trabalho energético acessa diretamente a memória celular, liberando energia bloqueada e colocando o corpo novamente em alinhamento físico, mental e emocional. Em outras palavras, cria as condições favoráveis para que a cura de dores e doenças possa acontecer. Vamos experienciar essa ferramenta de cura numa roda de meditação guiada pela Maíra Lobato.

      EXPRESSÃO CRIATIVA
      A expressão criativa conecta o indivíduo com seu eu mais profundo buscando se conhecer melhor e se aprimorar de forma lúdica, autêntica e artística. Desta vez, vamos integrar a arteterapia com os conhecimentos das cartas. Através da técnica de colagem, cada participante vai criar 3 cartas. Essa potente tríade, revelará informações sobre o seu ser, seu mundo ao redor e o outro. Um fascinante início da construção de um jogo completo de cartas individuais.

      SOBRE AS FACILITADORAS

      Lívia Marttins
      Pensadora e fazedora criativa. Atua com branding para pessoas e marcas motivando a encontrarem seus propósitos de forma autêntica, sensível e criativa. Além disso é designer, comunicadora visual, pesquisadora que vê na criatividade e na experimentação um canal para o aperfeiçoamento do indivíduo. Acredita na poder da empatia como agente de transformação no mundo.

      Maíra Lobato
      Economista de formação, ex-consultora estratégica de sustentabilidade, e há pouco mais de 1 ano, depois de muitas viagens e experiências, pessoais e profissionais que transformaram sua percepção sobre a vida, decidiu dar um giro radical em sua vida. Hoje, atua criando diversas experiências de conexão entre pessoas e de despertar da consciência que as façam se conectarem com a própria essência e com o todo, através de ferramentas como coaching, terapia de cura através do som (Sound Healing com bowls tibetanos), meditação, Magnified Healing, Deeksha, dentre outros.

      Mariana Ferrari
      Jornalista com formação em Yoga, tem um repertório de trabalhos em comunicação, conteúdo e branding para marcas e pessoas. Cursou o treinamento de 200 horas para professores no estúdio Yoga Works, em Nova York, com Jodie Rufty em 2016, e desde então visa difundir a prática como ferramenta de autoconhecimento, amor próprio e transformação pessoal diária.

      Inscrição

      O valor é R$89 por pessoa e é só enviar um email pra involutiom@gmail.com
      com seu [nome] [telefone] [ocupação]
      e responder a pergunta:
      [o que te fez despertar para essa oportunidade?]
      Mais infos aqui!

      nos vemos lá! 

      07.06.18
    • de pernas pro ar

      Foi preciso se arriscar em muitas modalidades esportivas diferentes – da dança ao volei de praia, passando até pelo circo – pra Ju Dominguez se descobrir de uma maneira inusitada, irreverente, mas, no mínimo, muito divertida: de cabeça pra baixo. Hoje professora de yoga e técnicas de invertida no Espaço Nirvana, na Gávea, a carioca conversou com a gente sobre prática, propósito e estilo de vida, deixando apenas uma certeza – todo mundo vai terminar de ler esse post com vontade de andar com as mãos por aí 

      Formada em publicidade, Ju nunca deixou as atividades físicas de lado e foi como uma agradável surpresa que a yoga foi acontecendo em sua vida: "Quando eu vi, tava aqui", contou ela pra gente, com um sorriso tão largo no rosto que não deixa dúvidas – Ju nasceu pra isso! Da prática, trouxe pro seu dia a dia muito do equilíbrio, do encontro consigo mesma e da respiração, tão importante não só na yoga, mas na vida. Afinal, tudo o que a gente precisa às vezes é de respirar bem fundo, né? 
      E foi com essa paixão, curiosidade e coragem que Jú se formou em Vinyasa com David Lurey e Mirjam Wagner, do Find Balance, dois grandes nomes da modalidade. Depois disso, ainda se especializou em Hatha pelo Svadhyaya e, hoje, além de dar aulas no Espaço Nirvana, no Blyss Yoga e no Crossfit Carioca, todos no Rio, é uma das professoras do aplicativo YogIN, que disponibiliza aulas ao vivo de yoga. E cê acha que a Jú cansou? Nada disso! Ela ainda faz oficinas de parada de mão e circo na Fundição Progresso! Ufa! 
      Mas engana-se quem pensa que só quem tem uma vasta experiência na yoga e quem pratica esportes há muito tempo consegue arriscar movimentos diferenciados e até mesmo sustentar a posição final da invertida. Na verdade, o que Ju pretende desmitificar em suas aulas é justamente isso, vencendo o medo de seus alunos e provando que, na verdade, todo mundo é capaz de fazer qualquer coisa – basta querer e tentar!
      O incentivo e o apoio permeiam toda a aula, que coloca também muito da filosofia da yoga em prática. Aqui, você não encontrará salas com espelhos ou lugares pra se mirar porque, muito mais importante do que a forma, é o conteúdo de cada movimento. "Existe um propósito por traz das variações e cada uma delas é uma escolha que faz bem", explicou a Ju. Ou seja: não é simplesmente fazer por fazer, como quem busca um resultado na balança ou no espelho. É sentir! 
      Mas não é por isso que as aulas são menos cansativas, viu? Acredite: você vai sair suando! E feliz. Ju contou trambém que as aulas ajudam os alunos a compreenderem melhor os seus limites e a respeitarem o seu corpo, já que "tudo tem um tempo e um lugar certo pra acontecer". E não é mesmo? Por isso, nada de afobação: se a invertida não sair de primeira, vai sair de segunda. E depois que você conseguir ficar de ponta-cabeça… não vai querer outra vida! 
      15.03.17
    • FARM visita: pati helu

      Patricia Helu é daquelas que não tem medo de mudanças: começou a carreira no mercado financeiro, depois mergulhou de cabeça no mundo da moda com sua própria marca, mas foi na culinária funcional que encontrou o seu propósito. Ela dá aulas desde 2014 como personal chef de receitas que incluem seu famoso brigadeiro funcional e a torta de legumes. 

      Foi a busca por uma vida mais equilibrada e saudável que levou a Patty a mudar de carreira. Seu dia-a-dia passou a ser mais recheado de nutrientes, sabores, e cores diferentes. Ela acredita que se você “escolher o trabalho que gosta, não terá que trabalhar um único dia”. 

      Passamos uma tarde acompanhando uma aula de uma de suas alunas de personal cooking em São Paulo, mas vez ou outra a chef faz workshops aqui no Rio, inclusive o próximo será em julho. Aprendemos a fazer a versátil biomassa de banana verde, que está presente em várias de suas receitas, e também presenciamos de perto toda a alegria que a Patty passa, visível pelo seu gosto de compartilhar bem estar. 

      Quando perguntamos se a sua geladeira em casa era tal qual o seu feed no Instagram, a chef deu uma risada. “Assim como qualquer pessoa, meu dia-a-dia é uma correria. Mas a minha dica é sempre manter ingredientes básicos funcionais por perto, como a biomassa. Sem falar no sal de especiarias que faço, que dá um sabor especial a qualquer alimento e ainda enche o prato de nutrientes”.

      Ela acredita que a hora de comer deve ser um momento prazeroso e belo – por isso a criatividade na apresentação dos seus pratos e o uso variados das cores. Adepta a prática de yoga, a Pati fundou o Ashta Retiros no ano passado, junto com a sócia Roberta Costa. 

      Desde então, já se foram 6 edições do encontro em meio a natureza, com meditação, relaxamento, yoga, e claro, muita comida funcional. Um desconectar com a vida corrida que a gente acaba levando hoje em dia, e um conectar com a natureza e calmaria interior. De acordo com a Patty, é “um retiro sem regras, sem rotinas… todos juntos em busca de uma qualidade de vida melhor”.

       

      O retiro surgiu da necessidade delas mesmas, sempre ligadas no 220V, a encontrar a paz interior que existe em cada um de nós. Desde o primeiro contato da chef com a yoga, sua vida mudou, e é exatamente isso que ela quer passar adiante. Em poucos dias, você consegue se desligar totalmente desse excesso de informação do dia-a-dia e fazer um verdadeiro detox, de corpo, estômago, e alma.  

      O próximo retiro acontecerá nos dias 8 a 13 de Julho, no Osho Lua no coração da Chapada dos Veadeiros. Corre – mas sem stress – porque as vagas já estão acabando! E não deixem de seguir a chef Patty @patriciahelu também. 
       

      04.07.16
    • rádio farm apresenta: janelle e jidenna

      bola_radiofarm1-640x420

      Tudo começa assim: a Janelle Monáe criou sua própria gravadora, Wondaland Records, e pra estrear com o pé direito, ela trouxe o som do Jidenna, em fevereiro desse ano, com o single ‘Man Classic‘. A novidade é que o novo lançamento da Wondaland traz um mix dos dois, é a canção Yoga, com direito a clipe animado!

      1

      A produção, que foi dirigida por Dave Meyers (o mesmo diretor de “Where Have You Been”, da Rihanna), traz a Janelle em vertentes artísticas nova e festeira abusando dos movimentos flexíveis da ioga misturados à dança. Além do clipe, a música tem uma batida gostosa que dá vontade de ficar ouvindo no ‘repeat’ (e saculejando junto!).

      2

      Bora dar play pra curtir? Ah! Rola de comprar a canção no iTunes também, já tá disponível por lá! 🙂

      https://www.youtube.com/watch?v=0OkB6p_FZAw

      Pra curtir mais, vem pra nossa playlist ‘Climinha Bom‘.

      26.04.15
    • yoga nosso de cada dia

      bola_yoga

      Às vezes a gente só precisa de um empurrãozinho pra começar a levar a vida de uma forma mais tranquila. Que tal começar a praticar yoga antes do trabalho? A gente aqui na FARM agora tem aulas de yoga toda 3ª e 5ª de manhã. É revigorante, ó só:

      yoga_1

      Nossa professora é a querida Sá Souza, que faz uma aula pra gente toda focada em melhorar a postura e aliviar e fortalecer a parte do corpo que mais usamos no trabalho – mãos, punhos, etc. Ela também ajuda no emocional pra todo mundo ficar mais tolerante e claro, alimentar o amor próprio.

      yoga_3

      Qualquer funcionário pode se inscrever e participar; e pra garantir a vaga basta manter a regularidade na prática. E do jeito que é bom, ninguém quer abandonar! “É uma delícia começar o dia prestando atenção na respiração, mexendo e alongando o corpo e mentalizando atitudes positivas. Muda o humor, com certeza!”, contou a Mari, editora aqui do adoro!

      yoga_2

      As aulas foram pensadas pela nossa equipe de Endomarketing, são gratuitas e rolam num espaço vazio que estava sem utilidade, mas que, aos poucos, tá sendo transformado numa sala com mais vida e muita energia boa fluindo. Perfeito!

      yoga_4

      Fotos: Luiza Chataignier

      Deu vontade de praticar também? Acompanhe a agenda de aulas de Vinyasa Yoga da Sá pelo instagram dela.

      Por um mundo mais zen em casa e no trabalho!

      25.02.15
    • leitura do bem

      bola_yoga

      A Yoga Journal é a maior revista sobre yoga, consciência e bem-estar, presente em mais de oito países há 40 anos. Aqui no Brasil, quase saiu de circulação, mas um grupo de amigas resolveu se juntar e entrar em contato direto com a sede do veículo, nos EUA, pra que ele continuasse na ativa. O resto da história é lindo e a gente conta agora. Vem ver!

      yoga_1 (1)

      “Em outubro do ano passado, a revista esteve com uma editora que desistiu de publicá-la. Pra que não ficássemos sem a revista no Brasil, eu e duas amigas nos reunimos e formamos a “Sereia Midia”, empresa que negociou diretamente os direitos da Yoga Journal nos EUA. Ela voltou repaginada e com um forte olhar pro yogue de atitude”, conta a Daniela Leite, uma das sócias do projeto.

      yoga2

      Assumindo a revista ao lado da Dani, estão a Greice Costa e a Anita Carvalho (as três apaixonadíssimas e praticantes da yoga). As meninas propuseram um jeito novo de publicar: com design inovador e deixando as “chamadas” da capa apenas pro plástico que embala a revista, assim as fotos ganham destaque e um ar contemporâneo.

      yoga4

      “As nossas capas sempre trazem um tom de humor e leveza e a ausência das chamadas contribuem pra torná-las um objeto decorativo. Procuramos através disso levar mais paz e amor pro mundo. A proposta tem dado certo. Nosso conteúdo está se espalhando, além de estar na revista, está também no site e nas mídias sociais”, explica Dani.

      yoga_12

      E tem mais novidade por aí: as meninas fecharam uma parceria com o Cinemark/Kinoplex que, em breve, vão rodar com vídeos de bem-estar e autoconhecimento nas principais salas de cinema do país. Tem vídeos com Marcelo Rosenbaum, Monja Cohen, Criolo, Lala Dehenzelim… A gente tá na contagem pra ver nas telonas e já mata um pouco da curiosidade com os vídeos menores que elas produziram também, como esse aqui debaixo!

      “Na nossa empresa, todos compartilhamos uma paixão: yoga e meditação. Na última década, estudamos profundamente o assunto com especialistas do mundo todo. Queremos transmitir o que aprendemos e tudo que nossa rede de colaboradores tem a ensinar. Sim, queremos mudar o mundo”, conta Dani.

      yoga1

      A gente é fã da revista, sempre produzindo o conteúdo certo pra deixar nossa vida melhor, e adorou o papo com a Dani. As meninas são só felicidade! Pra esticar a conversa, dá um pulo no site e boa leitura! 🙂

      20.10.14
    • o bem do yoga

      bola_yoga

      ZAI trouxe pra gente uma coleção de tapetes de yoga estampados, todos super lindos e perfeitos pra deixarem a prática ainda mais gostosa. A gente aproveitou pra conhecer melhor a Renata Diehl, designer e praticante de Ashtanga Yoga que também faz parte da nossa equipe de estilo. Quem sabe esse papo não te inspira a começar também? Ó só:

      yoga1

      Conta mais sobre a sua relação com o yoga, pelas fotos dá pra ver que você já manda super bem!

      Comecei a praticar yoga há uns 8 anos. Nem eu sabia o que iria encontrar direito. Aos poucos descobri que é muito mais que uma prática, é uma filosofia de vida mesmo, que me trouxe muitos benefícios, mas o principal deles foi que passei a me conhecer melhor. A parte física da prática, que é o que muitos buscam, na verdade é um preparatório pra esse autoconhecimento. A gente se torna mais consciente ao longo das práticas, aprendendo melhor a ler nosso corpo e o que faz bem, assim como o que não faz.

      yoga2

      Muitas vezes, estou na correria e sem tempo pra ir às aulas, paro por alguns minutos e faço uma prática mais curta e já me sinto melhor. O importante é ter esse hábito, incluir o yoga na rotina. Sempre vale mais práticas curtas, mas constantes, do que práticas mais longas esporadicamente. Eu mesma, acabei de me mudar de Porto Alegre pro Rio e ainda estou me organizando, minhas práticas têm sido ao ar livre na beira da Lagoa Rodrigo de Freitas, nada mal.

      yoga3

      Minha alimentação também mudou depois que comecei a praticar. Hoje sou vegetariana há alguns anos. Deixei de comer carne por uma necessidade muito mais emocional do que qualquer outra questão. Sou amante dos animais, então foi uma questão de princípios que a filosofia me trouxe. Além de claro, todos as outras questões em relação ao nosso corpo e nossa saúde. Quando você se conhece, você sabe o que é melhor pra você.

      yoga4

      Há diversas linhas de yoga. Cada uma pode se adaptar melhor a uma pessoa. Eu pratico Ashtanga e sou apaixonada por essa prática, que é bem forte e dinâmica. Pra quem quer começar, o importante é ir atras da prática que mais gosta e que melhor se adapte, pois é muito importante não se frustar ao iniciar. Yoga é evolução. Uma evolução diária.

      Depois dessa a gente vai pensar mais de duas vezes antes de pular a prática, né? Hihi 😉

      19.08.14
    • yoga & cor

      tapete_yoga

      Junto com Leve, nossa nova mini-coleção, chegaram também nossos primeiros tapetes de yoga! Tudo a ver com essa vibe zen e conectada que a gente tá vivendo e quer levar pra vida inteira… 🙂

      tapete_yoga1

      Eles fazem parte da linha Quero e vêm em quatro estampas de diferente estilos, algumas clássicas da FARM, outras desta coleção, todas com cores calmas pra gente se concentrar na hora da prática de meditação e ásanas.

      tapete_yoga2

      É importante lembrar que essas são peças delicadas, então a gente tem que cuidar direitinho. Uma dica é usar apenas em yoga de baixa transpiração. E muito cuidado ao limpar, pra não agredir a estampa, ok?

      incenso farm

      Outro item que vai deixar sua vida mais zen é o nosso incenso com cheirinho da FARM. Perfeito pra acender no começo ou no fim do dia e dar aquela reenergizada!

      tapete_yoga3

      Curtiu muito e já quer praticar com um desses? Corre nas lojas e no site porque a edição é super limitada!

      06.08.14
    • gentileza gera gentileza

      bola_gentileza

      Gentileza gera gentileza, já dizia o profeta. E pra não virar apenas uma frase solta em pilastras, adesivos e chaveiros, tem um monte de gente por aí distribuindo atos de bondade gratuitos, assim ‘fazendo o bem, sem olhar a quem’, sabe?

      gentileza5

      Prova disso é a Sá Souza (lembra dela por aqui?), que inspirou nossa pauta com o projeto ’30 dias de gentileza’: tudo começou quando ela, professora de yoga, estava voltando de Nova York e comprou uma revista – Live Happy – cujo o título chamou sua atenção: international day of happiness, sobre a campanha global criada pela ONU que fez do dia 20 de março o dia internacional da felicidade.

      gentileza1

      A onda é estimular ações que gerem todas as formas de felicidade, especialmente ao próximo. A Sá ‘devorou’ o assunto, queria ensinar os alunos a usar isso no seu dia a dia. Empolgada, criou um calendário com ações diárias que poderia fazer pra deixar alguém feliz – e a ela mesma em consequência. Legal, né?

      gentileza3

      O mês de maio foi todo dedicado às gentilezas inesperadas. Segurou a porta pras pessoas, recolheu latinhas do chão, ajudou um casal de gringos a achar o hotel, comprou café pros porteiros bacanas do prédio, deu aula de yoga de graça pra uma amiga grávida, pagou um saquinho de pipoca pra uma senhora (uma das suas favoritas)…

      gentileza6

      Compartilhou cada ato no instagram e acabou estimulando outras pessoas a fazer o mesmo. “Uma menina me escreveu dizendo o quão inspirada ficou pela minha atitude, que resolveu comprar o lanche de um mendigo e se sentiu muito bem”.

      gentileza2

      A Sá disse que nunca mais vai parar – “não precisa de muito para fazer a diferença na vida de alguém”– e já está planejando um aulão de yoga aberto no seu aniversário, quando vai pedir doações pra uma instituição (só ficar ligada no insta dela pra mais infos).

      gentileza4

      Aperta o play pra ver que lindo o video da ONG Life Vest Inside, sobre bondade bumerangue:

      https://www.youtube.com/watch?v=nwAYpLVyeFU

      E você, já fez uma gentileza hoje? 😉

      05.06.14
    • retire-se

      bola

      A regra é clara: sexta é dia! De  começar a montar a programação pra encontrar os amigos, paquerar, papear…Mas tem fins de semana que pedem um momento só nosso, sossegado. Com direito a rede, brisa fresca e vista pro mar.

      2

      Essa é a proposta do Yoga Body Rio, da nova iorquina com bossa brazuca Marisa Paska, que encantada com a costa verde e amarela, teve a ideia de criar  retiros deliciosos, eventos e imersões nas paisagens mais incríveis, pra gente voltar com pique renovado na segunda-feira nossa de cada semana.

      sozinha 1

      A onda é mesclar aulas de yoga + cenários maravilhosos + serviço personalizado.  Daquelas equações que a gente resolve sem nem quebrar a cabeça, sabe como?

      3.2

      No último feriado, por exemplo, a Marisa levou uma turma pra fazer um retiro lá na Península de Maraú, na Bahia. O próximo (16-18 de maio), vai ser de Yoga e SUPYoga, na Praia dos Ossos, em Búzios.

      quatro_iguais

      Com direito a aulas de vinyasa, travessias da stand up paddle, aula de yoga no mar, cardápio saudável e casa dos sonhos (aliás, esse é literalmente o nome do lugar).

      3.1

      O mais legal é que também dá pra fazer um retiro só com um grupo de amigos, a galera do trabalho, o namorado ou tirar um dia só pra você mesma… Cada detalhe é pensando dentro do perfil do cliente, desde os tipos de yoga (hatha, ashtanga..), passando pelos professores, até o local escolhido.

      quatro_iguais2

      Imagina tirar um dia pra você, fazer uma aulinha de yoga numa praia deserta e ainda ganhar almoço delí? E diziam que o paraíso era mais em cima…

      08.05.14
    • yogue-se

      bola_yoga

      Já virou hábito (senão moda) a gente abrir o instagram e dar de cara com uma turma fazendo pose de yoga nos mais variados cenários. É um tal de ficar de cabeça pra baixo na pedra, fazer ponte em cima da prancha, meditar em frente a cachoeira…  Pernas cruzadas, mão em posição de oração, um cantinho paradisíaco e pronto! Nasce um instayogue.

      yoga3

      Mas pra fazer direitinho, com equilibrio em dia, a gente recomenda praticar (e seguir) com as moças do SoulYogaFlow. Na dobradinha pose de yoga + cenário incrível, a Sá e a Pati, são experts e  deixam a gente ba-ban-do com as fotos de ponta-cabeça nos lugares mais lindos da cidade.

      yoga1

      A Sá começou a praticar Yoga quando morou no EUA, em 2006, mas não curtiu , “Tocar nos dedos do meu pé parecia a coisa mais impossível do mundo.” Anos depois resolveu dar uma segunda chance e não largou mais. Já a Pati conhecia a prática há tempos, desde que um namorado de adolescência a apresentou. Morou em Dublin, onde se formou professora, e voltou pra cá há 4 anos, quando abriu com a mãe estilista, a marca Yogachic – além de dar aulas, claro.

      yoga2

      Juntas, as duas, que se conheceram numa conferência de yoga no Rio há menos de um ano, fundaram a SoulYogaFlow e desde então dão aulas particulares, em academias, na Lagoa e até no mar. Tudo devidamente postado e com hashtag. No currículo tem AcroYoga (Yoga com Acrobacias), Yoga Pré-Natal e Pós-Natal, Yoga para Crianças, Yoga para Salas de Aula, SupYoga…

      yoga6

      E claro, também dão aulas tradicionais. Todas seguindo a linha Vinyasa Yoga (prática onde a respiração está em sincronia com o movimento). A gente a-mou participar da aula da Lagoa, ali perto do Corte do Cantagalo (em frente ao restô Palaphitas), quando a prática começa no pôr do sol e vai até de noitinha. Delícia.

      yoga4

      Pra quem quer começar a virar um Yogue desde já, a Sá e a Pati dão a dica:

      “O hábito de meditar todas as manhãs te fará alerta para o resto do dia. Comece se comprometendo com apenas 5 minutinhos. Sente numa posição confortável e nesse tempo você vai apenas observar o ar entrando e saindo do seu corpo. Toda vez que a sua mente viajar você volta a atenção para a respiração. Em pouco tempo 5 minutinhos não serão o bastante e você vai querer mais.”

      yoga5

      Quem quiser encontrar as meninas, basta dar uma passada na Lagoa às teças e quintas, às 19h ou aparecer ali na tenda da EcoSup em frente a Rainha Elizabeth, em Copacabana, entre 7-8 da manhã.Aliás, elas estão se preparando pra dar o primeiro retiro de Yoga e SupYoga, que vai acontecer em Maio, em Búzios. Fiquem ligadas!

      FARM_SoulYogaFlow_031

       Fotos: Luiza Chataignier

      Em tempo, um mantra pra você praticar: “Loka Samasta Sukhino Bhavanthu” (Que todos os seres em todos os lugares sejam livres e felizes). Namastê!

      17.03.14
    • mochilão: bali (parte 2)

      bola_bali

      Outro dia a gente mostrou por aqui um pouco da Bukit, península no extremo sul de Bali, recheada de praias paradisíacas (suspiro). Hoje, a gente coloca a mochila nas costas e vai dar um rolé pelo centro da ilha, um lugar para comprar artes, comer, rezar e – porque não – amar. Vem!

      bali_1

      Saindo da Bukit, fomos rumo a Denpasar, capital da ilha (e porta de entrada), onde começamos a nossa jornada pelo ‘caminho das artes’ até Ubud. São 26 km de artes e artesanatos de todos os tipos – ourives, entalhadores, pintores, pedreiros, dançarinos – onde artesãos e artistas nos convidam a entrar em suas oficinas (algumas ficam a céu aberto mesmo).

      bali_2

      De cair o queixo os quadros de madeira entalhada que demoram quase 80 anos (!!) pra serem feitos. Aliás, quem tiver um tempinho e quiser desenvolver habilidades manuais, pode até fazer um curso em uma das oficinas. É bem legal e de quebra você sai com um artesanatinho todo seu.

      bali_3

      Subindo mais um pouco, nós desviamos o caminho em busca de conhecer um sonho antigo, a Green School. Uma escola com projeto sustentável, que ensina crianças e adolescentes além da boa e velha matemática e física de cada dia, a terem consciência ecológica.

      bali_4

      Alunos e professores vem de todo canto do mundo só pra passar um tempo por lá. Pra visitar, basta agendar espaço em um dos tours diários. Atenção: ao ‘prédio’ principal com estrutura feita de 7 km de bambu. Sen-sa!

      bali_6

      Nossa próxima parada foi Ubud, no centro de Bali, terra que também inspirou o livro “comer, rezar e amar”. Tem-de-ir: vale a pena passar alguns dias só para conhecer o Pura Besakih (ou templo-mãe), um dos maiores e mais antigos templos de lá (rolam cerimônias hindus o dia todo, é muito legal);

      bali_5

      subir o Monte Batur com seu vulcão ativo só pra ver o nascer do sol; alugar uma bike e pedalar pelos terraços de arroz de Jatiluwih; e, por último, fazer umas aulinhas de yoga (além dos tratamentos holísticos ma-ra) no The Yoga Barn.Ufa!

      bali_7

      Cereja do bolo: pra fugir um pouco da badalação e ficar com a alma lavada de verdade, a gente recomenda passar uns dias no Bali Silent Retreat, em Tabanan (pertinho de Ubud). O retiro de silêncio fica isolado no meio dos campos de arroz e tem aula de meditação e yoga várias vezes ao dia.

      bali_8

      A cozinha vegetariana é tão incrível que merecia um post à parte. Aliás, reza a lenda que o lugar foi construído em cima de um Ashram antigo que pertencia à familia real de lá. Top!

      Dessas viagens pra se carregar no coração a vida toda. Terimakasih (obrigada), Bali! ♥

       

      04.11.13