• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: salto

    • pula! pula!

      Imagine-se em cima de uma plataforma no meio do oceano. Pra onde você olha, vê apenas mar infinito. Agora imagina que o centro dessa plataforma tá pegando fogo – que já começa a se alastrar – e não tem pra onde correr senão o mar. O que você faz? 1) se mantém no mesmo lugar, confuso e chamuscado, sem saber pra onde ir? 2) sabe que não existe outra alternativa senão pular e resolve ir até a beira tomar coragem? 3) já pulou e não sabe o que esperar, se sobreviver a queda? 4) já está no mar e agora precisa de uma direção pra continuar nadando?

      Agora pega essa analogia e faz um paralelo com a sua vida. Você tá satisfeito com sua profissão ou vem achando que a vida pode ser mais do que é? Tem vontade de mudar, mas não sabe como ou só tá sem coragem? Então se liga porque a 6ª edição do O Salto, que vai rolar agora no dia 24, é pra você. 

      Desenvolvido pela Carol Bergier (Casa Sou.l), em parceria com Renata Buclair, Fernanda Leite, Guilherme Lito e Tatiana Leite, O Salto é uma imersão de três dias onde buscamos os motivos que nos paralisam a fazer uma transição profissional, bem como a investigação de quais são de fato nossas vontades e talentos. A ideia é falar desse mundo emergente, que prioriza o bem-estar emocional acima de qualquer coisa. Trocando em miúdos: é hora de ser feliz naquilo que faz sentido pra gente. 

      A Lu Agnese, nossa colab, participou da edição passada e amou: “Foi no Salto onde eu ouvi pela 1ª vez a frase do Aristóteles que diz ‘Quando seus talentos encontram as necessidades do mundo, ali está a sua vocação’ e nada fez tanto sentido. Foi ali que, durante o processo de investigação, descobri meu verdadeiro medo e como ele maculou muitas das minhas escolhas de vida. E foi lá também que descobri o quanto a ação é importante, pois é nela que descobrimos quais as nossas verdadeiras vontades e talentos. Se tudo ficar só na imaginação e não fizermos, como vamos descobrir quem somos e o que queremos de fato? Precisamos ir tirando da lista o que cabe e o que nunca coube”.

      E ai, sentiu o chamado? Então clica aqui e salta!
       

      23.06.16