• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: Retiro do Chalé

    • [inhotim] pra quem gostou…

      A gente já havia falado de Inhotim na semana passada, pra quem ficou com vontade, eis aí algumas dicas bacanas que a Pat, do branding, separou pra gente 😉

      Como chegar?

      Existem várias formas de chegar a Inhotim. E cada uma delas tem os seus encantos.

      DE CARRO: existem duas rotas, no site do parque tem explicações e mapas. Fomos pelo Retiro do Chalé, uma serra linda, com uma paisagem incrível. Procure ir de dia, até porque a iluminação à noite não é lá das melhores. Vale dizer que a estrada é cheia de curvas perigosas, por isso atenção redobrada.

      DE ÔNIBUS: seguir de ônibus até BH e de lá pegar um outro que sai direto para o Parque aos sábados, domingos e feriados às 9h, e retorna às 16h. Para mais infos: (31) 3419 1800.

      DE AVIÃO: é só desembarcar em Confins e seguir para rodoviária de BH de taxi. De lá siga a mesma dica acima, vá de ônibus.

      DE VAN: Juntar as amigas e alugar uma van (como fizemos) é sem dúvida a forma mais divertida de chegar. 😀

      Onde ficar?

      Existem algumas opções de hospedagem, a mais próxima é a Nossa Fazendinha (fofo, né?) e bem nesse clima de cidade do interior. Fomos recebidos com uma comidinha mineira e nossos quartos eram, na verdade, chalés super confortáveis. A pousada conta ainda com piscina, sauna, curral, lojinha com coisas de Minas e um atendimento super carinhoso!

      O que comer?

      No parque existem dois restaurantes ótimos (Oticica e Inhotim) pra uma refeição mais caprichada, mas durante todo o caminho você vai encontrar pequenos cafés para lanches rápidos, que por sinal são deliciosos.

      No parque?

      A entrada custa R$ 16,00 ou R$ 8,00 para estudantes (super acessível né?). Existe a opção de fazer a sua visita guiada – o que é super legal para quem busca maiores informações sobre as obras. O serviço é contratado direto no parque.

      Fica a dica:

      – Leve protetor solar e óculos, a maior parte do trajeto é feito à pé;
      – Esqueceu a máquina, se informe no concierge do parque – eles emprestam.
      – Faça seu roteiro com um tempinho livre para tirar um cochilo no gramado. É uma delícia!

      Boa viagem!

      27.12.10