• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: praia

    • bora viajar?

      bola_feriado
      Eba! Tem feriado pintando na área. Vamos ter um tempinho extra pra ficar de pernas pro ar, relaxar e renovar as energias… Então bora colocar a mochila nas costas e o pé na estrada? Admitimos que com o tanto de biquíni legal que a gente viu por aqui, nosso coração pendeu pra praias e cachoeiras… Não é segredo que a gente ♥ ficar pertinho da natureza e com nossas novidadinhas então… hehe! Vem viajar com a gente!

      1

      Pra quem vai viajar a dois, a boa é Visconde de Mauá, no Rio. O friozinho e as paisagens românticas vão garantir um feriado super apaixonante. Dá pra passar o dia curtindo as cachus e de noite se jogar no vinhozinho de frente pra uma lareira aconchegante…

      2

      Ainda com o pé na serra, mas pra galera da aventura, partiu Ibitipoca? A cidade mineira tá sempre cheia de eventinhos, além do Parque Estadual, pra explorar com os amigos. A boa é ficar num dos campings e caprichar na roda de violão. Pra quem curte um pé na areia e água salgada, Paraty é a boa.

      6

      Além das praias paradisíacas, a cidade conta com pousadinhas super charmosas e tem um circuito gastronômico imperdível. Na hora de pedir: frutos do mar em pratos refrescantes como o ceviche e provar a cachacinha da terra, a Gabriela.

      3.1

      Pra galera mais roots, bora acampar em Ilha Grande? Pra se desligar do mundo com um bom livro e ficar pertinho da natureza. Se faltar um agito, é só dar um pulinho em Abraão e dançar um forró nos barzinhos da vila.

      A gente é super a favor de programinhas que tiram a gente da rotina pra voltar cheia de energia e inspiração. E aí, vai de serra ou praia?

      31.08.15
    • farm entrevista: the summer hunter

      bola_summerhunter

      Você já sabe que a gente adora tudo que é solar, alegre, divertido, inspirador e livre. Por isso vai curtir com a gente essa novidade: The Summer Hunter, site onde o conteúdo mostra que, seja onde for, a vibe do verão dura o ano inteiro. Conversamos com Ricardo Moreno, idealizador do projeto, e Mariana Caldas, editora, dois apaixonados pela estação mais quente (em todos os sentidos) do ano. Vem saber:

      summerhunter_1

      Como surgiu a ideia de lançar o site?

      Ricardo: Depois de um ano sabático, em 2013. Eu estava com três dos meus melhor amigos passando uma temporada em uma ilha na Sardenha chamada San Pietro. Foram os dias mais lindos, alegres e reconfortantes da minha vida. Com amigos queridos, praias lindas, comida fresca e muito amor. Quando parti, pensei: preciso fazer disso a minha vida e inspirar e estimular as outras pessoas a sentirem o mesmo. Ali, me dei conta de que eu só era feliz debaixo do sol. E resolvi que queria ter um estilo de vida ‘summer hunting’.

      E o que espera com ele?

      Ricardo: Inspirar pessoas e marcas a espalhar uma mensagem positiva. Mais do que um site de notícias sobre o verão, queremos ser a marca que mais entende de verão no mundo. E queremos estar em todas as partes: parcerias de produtos com outras marcas que compartilhem nossos valores, festivais de música, pop-up hotel em diferentes lugares, guias de viagem focados na estação… O site é só a pontinha do iceberg 😉

      summerhunter_2

      Quantas pessoas estão envolvidas no projeto?

      Ricardo: Somos um grupo bem enxuto. A Mariana Caldas, que além de editora do site é fotógrafa e responsável pelos lindos ensaios de fotos. Temos dois colunistas, o Sergio Roveri, que é um dramaturgo premiadíssimo, dono de um texto irretocável. Ele tem uma coluna que só fala mal do verão – é o nosso contraponto. Também temos de colunista a Carolina Reymúndez, uma jornalista argentina que está sempre na estrada descobrindo novidades para nós (e, claro, para outros veículos da américa latina e europa). E também alguns colaboradores ao redor do mundo: cerca de 5 ou 6. Em maio o novo site entrará no ar, aí sim teremos muitas outras novidades. Mal podemos esperar para que chegue maio.

      summerhunter_4

      Dá pro público colaborar de alguma forma?

      Ricardo: No Instagram (@thesummerhunter) vocês podem usar a hastag #thesummerhunter toda vez que postarem uma foto linda, solar, não necessariamente na beira do mar. 😉

      Por que o verão é a estação favorita de tanta gente?

      Ricardo: O verão é a mais esperada, alegre, sexy e inspiradora estação do ano. É no verão que a gente conhece pessoas novas, descobrimos novas músicas, nos divertimos mais e cuidamos mais do nosso corpo É no verão que a gente procura e encontra novas maneiras de aproveitar a vida e viver um novo amor. É no verão que a gente acha novas maneiras de ser feliz.

      summerhunter_3

      Qual a lembrança mais inesquecível do verão pra vocês?

      Ricardo: a primeira lembrança que tenho é tomando banho de esguicho e comendo (e me lambuzando) de Chicabon com minha família na praia.

      Mariana: uma viagem pra Chapada Diamantina que fiz ano passado. Mas tenho muitas memórias lindas dos verões da minha infância, era muito gostoso passar as férias jogada na casa de praia do meu avô em Cabo Frio ou então mergulhando e vivendo altas aventuras com meu pai no Rio ou em Búzios. Muito amor.

      summerhunter_5

      O que vocês mais adoram no verão do Rio e de SP?

      Ricardo: A Mari é do Rio mas mora em São Paulo. Vive na ponte aérea ou viajando pro litoral de SP. Ela é uma verdadeira summer hunter. Eu sou de Curitiba, quem sabe até por isso o sol sempre foi muito importante para mim, já que ele mal dá as caras por lá. Verão no Rio, para mim, por incrível que pareça, nem é estar na areia: é andar de bici no finzinho do dia e ou ver os primeiros raios de sol na Lagoa; é tomar suco e andar sem pressa pelo Leblon; é curtir a noite de chinelo e copo de cerveja na mão no Baixo Gávea; ou ir de carro para uma praia mais distante e longe da muvuca. E ficar lá, lagarteando até cansar.

      summerhunter_7

      Qual os próximos destinos hypados pro próximo verão no Brasil e no mundo?

      Ricardo e Mariana: A gente anda bem obcecado com a América Central. Nicarágua, na minha opinião, vai ser o grande destino. Há novos hoteis, como o Tribal e o Maderas Village, e uma cultura de luxo sem ostentação, de consumo consciente, que a gente compartilha muito. Fora isso, as pequenas ilhas dos mares Tirreno e Baleares são destinos certos. E ainda gasta-se muito pouco pra comer e dormir bem lá.

      Se apaixonou pela ideia também? Dá play nesse vídeo-manifesto superinspirador e vem visitar o site (não esquece o protetor solar, hein? haha). Ah, e em breve tem surpresinha aparecendo aqui no adoro, fica ligado!

      09.04.15
    • do instagram @adorofarm

      10950432_343067552564909_1910818877_n

      Feriado faz bem pro corpo e pra alma! 🙂 @camilacurvelo #tonoadorofarm

      03.04.15
    • do instagram @adorofarm

      11005131_1552578918360931_1999931756_n

      Nossas flores colorindo a praia mesmo nubladinho. @victoriabart #tonoadorofarm

      10.03.15
    • férias: caraíva nosso xodó

      bola

      Já que tá esse calorão, nada melhor do que falar de viagem pra praia, né? A Lu, colaboradora do adoro, foi passar o ano novo em Caraíva, na Bahia, e contou como foi essa virada mais que especial por lá. Olha aí e já planeja pro seu próximo ano novo ou escapadinha de verão!

      caraiva1

      “Há sete anos que todo Réveillon pego minhas malas e parto rumo à Bahia. Entre os destinos que moram no coração: as praias da Península de Maraú, Itacaré, Trancoso, Espelho… Desta vez, mudei a rota pra Caraíva, nunca tinha ido, mas as boas histórias dos amigos fizeram com que eu me desapegasse dos meus cantinhos favoritos. Até as dicas que a Gabi, nossa outra colab, deu aqui no blog serviram de inspiração (aqui ó).

      caraiva2

      Na alta temporada tudo muda, né? A vila de pescadores já não é só sossego, mas o buxixo encanta. O lugar, entre o rio Caraíva e o mar, fica cheio de turistas, mochileiros e não mochileiros. Vi muitos paulistas e mineiros (vários gatinhos ;)). Vamos às dicas?

      caraiva3

      Pra dormir: Fiquei na Pousada Flor do Mar, ali na beira da praia, onde a dona, a Gláucia, e a ajudante Edna, mimam a gente o tempo todo. Desde o café da manhã recheado de frutas, pães, tapioca, omelete e bolos; até os presentinhos no travesseiro; e o afago baiano com os hóspedes. Uma delícia.

      Recomendo também a pousada Lumar, do Totonho, que fica logo na paralela de trás (na rua da Guest House), onde alguns amigos se hospedaram. Mais simples, mas bem honesta. Ah, ambas têm wifi 😉

      caraiva4

      Pra comer: Cada dia fomos a um lugar diferente, eis o nosso top 5: 1) Central, o polvo grelhado e o camarão na moranga fizeram sucesso. 2) Cachaçaria, da entradinha árabe ao risoto de beterraba ou escalope de mignon, tudo era incrível. 3) Mangaba, o prato tradicional de peixe na cumbuca individual é ótimo pra matar a fome. 4) Tatuassu, simplesmente a melhor pizzaria do mundo – juro, pode testar qualquer sabor. 5) Boteco do Pará, o pôr do sol regado à pastel de arraia e caipi gelada é o mais disputado.

      caraiva6

      O buxixo: na praia, vale curtir o dia nos bangalôs do Bar da Praia, que tem drinques e petiscos ma-ra (o ceviche é a pedida). O pós-praia mais legal é o da pousada Coco Brasil que fica grudada ao Bar da Praia e a cada dia rola um som diferente, tudo regado a muito Netuno, um tipo de Catuaba sabor gengibre que faz o maior sucesso por ali.

      À noite vale um rolé pela Rua do Porto, à beira do rio Caraíva, e que a gente apelidou de BC – o Baixo Caraíva. Lá ficam os restaurantes, o mercadinho, os forrós do Pelé e Ouriço, o Bar do Porto… O povo fica ali na rua até decidir entrar ou não em algum lugar.

      caraiva12

      Diversão: Fizemos três passeios divertidos: Primeiro, a decida de bóia pelo rio – antes paramos pra almoçar no restaurante Areia Branca, onde fica o Caraíva Glamping, uma ilhota cheia de camas à sombra e redes espalhadas pra gente passar o dia até dar a hora da correnteza mais forte. Também é um camping todo aconchegante, quero me hospedar ali numa próxima – paraíso!

      caraiva7

      O passeio de bugre até Corumbau, que você pega perto da igrejinha (sai em média 50 reais por pessoa ida e volta) e vai pela praia até vila de pescadores. Lá o mar é azul piscina, quase não tem onda e na maré baixa, quando aparecem os bancos de areia, dá pra ir bem longe e avistar a Ponta do Corumbau.

      caraiva8

      A trilha até a Praia do Espelho, que tem mais ou menos 13 km (2h30) entre subidas às falésias, com direito a parada pra mergulhar nas duas lagoas, uma delas é a do Satu, onde dá pra se refrescar e petiscar um pastel. No Espelho indico um almoço na Silvinha (ela prepara um almoção só pro seu grupo – tel: (73) 9985-4157) mas como tem que fazer reserva com bastante antecedência, o japa logo ao lado é da filha dela e virou o novo point – outra descoberta imperdível! Dica #999: reserve um barco pra voltar no pôr do sol e coroar o passeio.

      caraiva9

      Na volta pro aeroporto de Porto Seguro, ainda paramos na Reserva dos Pataxós pra conferir os artesanatos indígenas e garantir uns penachos pro Carnaval. Fui embora com o coração apertado mas preenchido com outro cantinho xodó que ganhei na Bahia ♥”.

      caraiva10

      Quer ver mais dicas de viagens? Corre aqui!

      14.01.15
    • praia à vista

      bola_biquini

      A contagem já é regressiva pra estação mais esperada do ano, o verão. E é impossível resistir ao ritual delícia com cheiro de protetor solar, risada solta, mergulho no mar e bronze em dia… A praia vira nossa segunda casa. Pra celebrar, e aproveitar que tá rolando nossa Black Friday com tudo 30% off, vem ver a lista do que é indispensável no verão e aproveita!

      10407165_982478488434591_6646873081073622250_n

      A gente começa com os biquínis, claro. E tem modelo pra todos os gostos. Os biquínis de lacinho dão mais volume ao quadril e é a boa pra quem quer valorizar essa região ou pra quem tem ombros largos (porque dá uma equilibrada na silhueta!) 😉

      lacinho

      O preto é básico sempre. Ajuda a esconder um volume extra no corpo hehe e não interfere no bronze. Destaque pro ‘decote V’ que dá uma afinada no colo! 😉

      pretinho

      O tomara que caia também valoriza a parte de cima e é ideal pra quem quer deixar os seios com um voluminho a mais. Aposte nas estampas!

      tomaraquecaia

      Agora que os trajes foram definidos, vamos às atividades do dia. A gente aproveitou o clima de verão pra listar as boas da praia, como a acroyoga, prática que mistura exercícios da yoga convencional com acrobacias e massagem tailandesa (delícia de fazer com o namorado, com a melhor amiga… ♥ )

      acroyoga

      E os treinamentos funcionais que estão ganhando as areias e o coração de quem quer manter a forma fora das academias tradicionais. Ao ar livre é outra coisa, né? A próxima dica é a Restinga de Ipanema, novo point de Ipa criado pelo querido Zeh Pretim e amigos (fica um pouquinho antes da rua Garcia D’Ávila). Coisa boa de curtir!

      restinga

      O SUP Yoga é a versão zen do stand up e ajuda a desenvolver consciência corporal, autoconfiança e concentração. Sobre as águas fica um pouquinho mais difícil manter o equilíbrio, né? O slackline já é classicão e indispensável, além de prático. Dá pra fazer em qualquer lugar, desde que tenha dois pontos fixos e uma fita resistente de pelo menos 15m. Na praia, claro, é mais gostoso!

      sup

      O tênis de praia é divertido, trabalha com a rapidez de raciocínio e é menos técnico e exigente que o tênis padrão. Dá pra passar horas jogando! A novidade fica por conta do skate paddle, que nasceu em 2008 no Havaí e reúne práticas do SUP e do skate. É ideal pra quem não tem tanta habilidade e equilíbrio no esporte e perfeito pro pós-praia carioca.

      tenis

      Falando nisso, nossos kimonos dão o colorido ao visual e já te deixam pronta pra emendar um pós com a galera. Na renda ou na estampa tropical de folhagens, vá com ele!

      pospraia

      Animou? Então passa no e-FARM ou nas lojas e aproveita: até dia 30, com o Black Friday, tudo com 30% de desconto (desconto não cumulativo com o bazar e/ou com o desconto das vendedoras, tá?).

      Corre!

      28.11.14
    • rioow hostel

      06

      Quem costuma passar pela Lagoa, já deve ter reparado nesse prédio azul e branco com cobogó na fachada. É o Rioow (se fala “ri-ou”, bem do jeito gringo mesmo), um hostel super bacana que a gente foi conhecer!

      01

      A ideia dos sócios (e namorados) Bruna Marques e Bruno Rapp é de oferecer uma experiência autenticamente carioca pros turistas, fugindo dos roteiros mais óbvios como Copacabana. Por isso que a escolha foi ficar na Lagoa Rodrigo de Freitas. Quem se hospeda lá tem a facilidade de só abrir as portas do hostel, atravessar a rua e aproveitar esse cenário incrível da Cidade Maravilhosa.

      07

      O Rioow também fica a um passo do Jardim Botânico, Parque Lage e perto da subida pra Vista Chinesa. Os sócios contaram pra gente que incentivam os hóspedes a curtir as várias opções de restaurantes que tem no entorno, além das lojinhas e ateliês.

      04

      O ambiente é uma delícia! Super descontraído e cheio de design, bem do jeito que a gente adora! A decoração é assinada por Pedro Kastrup e já ganhou destaque em algumas revistas e blogs mundo a fora. O espaço conta com quartos compartilhados e suítes pra quem curte uma vibe mais reservada. Fora o lounge que pode ser alugado pra eventos, aniversários, workshops… 🙂

      05

      Sabe de uma coisa bem legal também? O Rioow, com pouco mais de um ano, já ganhou no prêmio O Melhor de Viagem da revista Veja como “O Hostel do Ano“. Demais, né?

      03

      Fotos: divulgação + José Felipe Gasparian

      Então já sabe: se precisar indicar um lugar bom, bonito e barato pra algum amigo aqui no Rio, essa é uma boa dica! Pra saber mais sobre o Rioow é só clicar aqui. 😉

      02.11.14
    • do instagram @adorofarm

      10424381_238739746336478_1643666449_n

      Um domingo assim deixa qualquer segunda-feira melhor 🙂 @dudacscunha #tonoadorofarm

      16.06.14
    • um dia leve e cheio de amor

      bola_comamor

      Nosso Dia dos Namorados vai ser inesquecível com a parceria FARM e Foxton (não tá sabendo? A gente já contou tudo aqui). Desse namoro nasceram 12 pranchas numeradas e um lindo vídeo de um dia de surfe e amor… dá play:

      https://www.youtube.com/watch?v=9S5rZ8SbBcc

      A gente aproveita pra deixar aquele super beijo ao casal Douglas e Renata, que mostrou toda a sintonia aí na telinha. E claro, às equipes FARM e Foxton pelo projeto lindo, e ao Dalson Júnior que mandou benzão no vídeo.

      Se liga que as vendas começam amanhã, hein? Presentaço! 

      03.06.14
    • no amor e no mar

      bola_comamor

      Nosso Dia dos Namorados vai ser romântico e com cheirinho de praia. Tudo porque a gente se juntou à Foxton, marca carioca de moda masculina que mora no nosso ♡, e criou um produto superespecial: uma prancha de surfe unissex pros apaixonados!

      QP9A2692

      Demais, né? E hoje a gente conta mais sobre como foi! Até chegar no produto aprovado, foram muitas ideias e reuniões (sem DR, hehe). “A gente queria trabalhar o mais forte da FARM, que é a estampa, com o clássico da Foxton, que são as listras”, explicam Kátia Barros, nossa diretora criativa, e Rodrigo Ribeiro, diretor criativo da Foxton.

      QP9A2960

      Depois de muita pesquisa, a gente definiu a estampa ideal: um floral havaiano misturado com listras de textura de madeira, material que tá em sintonia com a FARM e a Foxton. A coloração também foi um desafio, mas a dupla preto e branco ganhou a disputa, por ser mais neutra!

      QP9A3239

      E claro, o tipo de prancha também foi pensado para se curtir a dois. O formato fish é um clássico retrô, que pode ser usado em ondas pequenas e médias, sem compromisso com a manobra. Perfeita pro romance! 🙂 Ah, e essas fotos lindas da campanha foram feitas num dia de sol e surfe com o Douglas e a Renata, namorados e amigos do adoro que adoram pegar onda juntos.

      QP9A3216

       fotos: Rapha Lucena

      Curtiu? Então se prepara, porque são só 12 pranchas numeradas que chegam dia 4/6 nas seguintes lojas FARM do Rio: Ipanema, Rio Design Leblon, Rio Design Barra, Fashion Mall e Centro II. E vai vender nas lojas da Foxton também, que ficam em Ipanema, Rio Sul, Shopping Tijuca, Shopping da Gávea e Fashion Mall.

      Que venham mais ondas e mais amor! ♡

      02.06.14
    • banho de cachu

      bola_cachoeiras2

      Nosso lookbook novo foi clicado numa cachu incrível e entrando na vibe boa que rola nesses lugares mágicos cheios de água pura e pedras energizantes, a gente fez uma enquete pra saber qual a cachoeira mais incrível que a galera daqui já conheceu. Se liga:

      estância_mimosa

      Pra Aline, as cachus de Bonito, em Mato Grosso do Sul, são as melhores. “Tem uma que tinha que passar por baixo de um “túnel” pra chegar, e só algumas pessoas tem coragem de ir. Fica na Estância Mimosa. A maior de todas, é a cachu Boca da Onça. Tem esse nome porque se você olhar pra cima, parece a cara de uma onça. Pra chegar nela, só fazendo trilha e na hora de ir embora, tem que subir uma escada com 866 degraus.”

      vale_borboletas

      Já pra Dani, vale a visita na cachu Vale das Borboletas, em São Thomé das Letras, Minas. “A cidade já é uma delicinha e há umas 30 (ou mais!) cachoeiras por lá. A história do Vale das Borboletas é a seguinte: em determinada época do ano, as borboletas vão até lá para acasalarem! E a cachu fica cheia delas, um espetáculo!”

      chapada_veadeiros

      A Mari escolheu duas na Chapada dos Veadeiros (e poderia eleger praticamente qualquer uma de lá!): Santa Bárbara, em Cavalcante, e Loquinhas, em Alto Paraíso. “A de Santa Bárbara parece de filme: água azul, queda alta, e uma aventura (que vale a pena!) pra chegar. Já a de Loquinhas é mole de chegar pela trilha, e tem diversas quedas pelo caminho, uma mais linda que a outra.”

      cachu_almas

      A cachu da Carol é a das Almas, uma cachu que fica na Floresta da Tijuca. “É super fácil de chegar, basta deixar o carro ou ficar de táxi no estacionamento próximo e seguir andando em uma trilha super tranquila. Além da queda, dá para ficar nas pedras e sentir mó vibe boa de lá”!

      pedra_branca

      A Flávia elegeu a cachu onde fizemos os cliques do lookbook, que fica no Parque da Pedra Branca, em Vargem Grande. “São vários pocinhos e a energia de lá é muito especial”.

      Seja qual for sua cachu, lembra de sempre levar repelente e uma manta pra fugir do frio depois do tchibum!

      19.04.14
    • do leme ao pontal

      bola_redbull

      Corrida de 21k – ✓, pedalada à Vista Chinesa – ✓, subida à Pedra da Gávea – ✓, remada até as Cagarras – ✓… Aproveitando a onda fitness Brasil afora você pegou folêgo e resolveu explorar o Rio de outros pontos de vista (quem disse que carioca era só chopp, carnaval e festa no Vidigal?).

      1

      É bem verdade que o cenário da cidade e suas curvas perfeitas à beira mar inspiram a gente a praticar qualquer esporte ao ar livre (nem que seja uma caminhadinha na orla). E foi nesse clima carioca way of life que a Redbull criou a competição de SUP Do Leme ao Pontal, que vai rolar nesse sábado, dia 12.

      2

      A história toda é a seguinte: em duplas, os participantes irão dividir o trecho de 40 km (20 pra cada um), que começa às 8h na pedra do Leme e vai até o pontal, ali no Recreio. O primeiro participante irá remar 20km entre o Leme e a Barra, em frente ao posto 2, onde começa a segunda etapa da prova pro segundo participante. Ufa!

      3

      A ideia é a de que todo mundo pode participar, portanto não tem categoria, vale fazer dupla com o namorado, o irmão, a melhor amiga… Basta levar sua prancha de sup – o limite é race/stock 12’6 – e MUITA disposição.

      4

      Carlos Burle, Pedro Scooby, Maya Gabeira…  a turma big rider brazuca também vai estar por lá dando uma força ao evento, que vai ter direito a showzinho after na areia com a banda Bicho Solto e festa com a banda Vitória Régia logo mais à noite na quadra da Rocinha.

      5

      Quem quiser participar, amanhã é o último dia pra se inscrever. Basta entrar aqui e correr, hehe 😉

      Pra quem já viu o Rio de cima e do asfalto… A vista do mar, do Leme ao Pontal, não há nada igual. Valeu, Tim Maia!

      09.04.14