• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: praia de tatuamunha

    • alagoas, parte 3 – praia de tatuamunha

      bola_tatuamunha

      A gente continua hoje nossa viagem pela rota ecológica de Alagoas com a Gabi Temer, do blog Juju na Trip, e desemboca em Tatuamunha. Repare só, que as fotos dizem mais que mil palavras…

      tatuamunha1

      Tatuamunha é uma praia simpática, cheia de vida marinha, com piscinas naturais incríveis. Tem aquele horizonte maciço de coqueiros, mas também amendoeiras e cajus. As tonalidades de lá são incríveis, um tom sobre tom de verdes e turquesas. De todas as praias da rota, essa foi uma das que mais gostamos.

      tatuamunha2

      Uma coisa legal é que além das piscinas naturais e de todo visual dos coqueiros e do mar, ainda tem a benção do rio Tatuamunha desembocando na praia. E não é um rio qualquer, tá? Esse aqui é bercário de Peixe-Boi.

      tatuamunha3

      Hoje, o Ibama e o Instituto Chico Mendes mantêm no Rio Tatuamunha um projeto super legal de preservação do peixe-boi. Atualmente, apenas 70 pessoas por dia podem visitar o santuário, e pra chegar na área onde onde ficam os peixes, a gente atravessa uma trilha de meia hora e depois navega mais um tanto pelo rio em jangadas sem motor – barulho mínimo para não afugentar os animais. E, com sorte, você ainda pode esbarrar com algum deles nadando também pela praia, já que o rio desemboca ali!

      tatuamunha4

      Nosso QG em Tatuamunha foi a pousada Borapirá, do mesmo grupo do Aldeia Beijupirá. Diferente das outras pousadas da rota, a Bora  parece um sítio. Tem um terreno enorme, alguns bangalôs super confortáveis espalhados numa vasta área sombreada por dezenas de coqueiros, redes pelo caminho, e a casa central parece uma sede de fazenda. É uma das poucas que tem piscina, e aceita crianças.

      tatuamunha5

      Demos a sorte de pegar a maré perfeita (maré viva, com a baixa pela manhã) quando estávamos em Tatuamunha. São várias piscinas, e a a graça é pegar o snorkel e flutuar por elas enquanto a vida marinha acontece logo abaixo. São vários corais, peixes coloridos.

      tatuamunha6

      E além de tudo, tem a delícia do vilarejo de Tatuamunha e seu casario colonial colorido. O povoado é uma simpatia, tem aquela leveza de vida com cheiro de maresia. Bom demais, visse!

      tatuamunha7

      COMO CHEGAR: Vá para o Aeroporto Internacional de Maceió e lá contrate serviços de transporte ou aluguel de carro. Você também pode pedir o transfer na pousada. Sai em torno de R$250 por trecho. O acesso é pela AL-101 em direção a Passo de Camaragibe e Barra de Camaragibe. Avianca, Gol, Azul e Tam voam para lá.

      ONDE FICAR: Na Borapirá, com certeza! Aliás, não deixe de comer o ensopirado, a moqueca de camarão que servem na pousada e que leva a assinatura do Beijupirá. Divina!

      tatuamunha8

      Agora é arrumar as malas e boa viagem! 🙂

      22.01.15
    • destino de ano novo!

      bola_anonovo

      Ano Novo virando a esquina e você ainda tá sem saber pra onde ir no Réveillon?  Então olha nossas 5 dicas, e corre pra se organizar!

      algodoes

      PRAIA DE ALGODÕES – Essa é pra quem quer calmaria total na virada. Algodões fica no norte da Bahia, perto de Taipus, mas sem neeeenhuma badalação. São 4 km de praia quase virgem, totalmente naquele estilo coqueiral e mar a perder de vista, e com piscinas naturais. Pra chegar, o melhor é ir de carro a partir de Salvador (cerca de 2/3 horas). Pra comer, não deixe de ir no Lá em Casa, e pra ficar, duas opções são o Sitio Algodões e a Casa del Mar.

      piscinas

      BÚZIOS – O bom de Búzios é que é pertinho do Rio e sempre tem alguma coisa pra fazer no estilo que a gente procura. Na virada, há várias programações. Pra quem curte dançar, cantar e gosta de passar a virada com os pés na areia pulando as sete ondinhas, um lugar é o Anexo Praia, em Manguinhos.  Os convites do primeiro lote estão custando R$350/R$450. Pra se hospedar, tem a pousada Pontal da Ferradura, que é bem bacana.

      buzios

      PRAIAS DE TATUAMUNHA E DO PATACHO – Ficam na Rota Ecológica de Alagoas, onde a água é tão clarinha que chega a ter uma visibilidade de dez metros nos dias bons. Aqui, de novo, a dica é relaxar curtindo todos os tons de azul que o mar de Alagoas tem e, de quebra, aproveitar pra ver peixes-boi! Vai na nossa: esse é um trecho que merece ser descoberto. Se você quer meter o pé no freio e começar o ano numa vibração natureza, vem pra cá. Pra ficar, as dicas são a pousada Borapirá (do mesmo grupo do Beijupirá) e a Pousada Xuê.

      patacho

      MAMANGUÁJunte os amigos todos e alugue uma casa no Mamanguá (Paraty) pra passar a virada do ano. O Mamanguá é um braço de mar que entra pelo continente e se extende por 8km até acabar num manguezal protegido. Esse braço forma um rio de água salgada, e nas margens há casas, alguns restaurantes, e pequenas vilas isoladas de caiçaras (pra ir de um lugar para outro, a gente vai remando na canoa!). É um visual lindo! Pra se hospedar ou alugar casas, vá aqui nesse site.

      mamangua

      BARBADOS – Pra um ano novo estilo Lua de Mel! A ex-colônia inglesa é a nova rota do Caribe, com mar azul e areias branquíssimas. Em Barbados tem de tudo: praias escondidas pra fazer snorkel e nadar com tartarugas, praias com ondas, cavernas, muito rum, safári, mansões e hotéis de luxo, acomodações democráticas, passeios a lancha e o clima festivo dos trópicos. Dicas de festas e programação de Ano Novo na ilha aqui.

      barbados

      Seja onde for, lembra de caprichar na alegria e curtir a virada no maior astral! Boa viagem 😉

      12.11.14
    • pérola alagoana!

      bola_alagoas

      O Mochilão de hoje volta em Alagoas, e dessa vez desembarca na Praia de Tatuamunha,  mais um daqueles trechos de areia paradisiacamente intocados da Rota Ecológica. A pintura aqui é mais ou menos assim: modo offline, mar azul clarinho, coqueiros a perder de vista, sotaque arrastado, gente com sorriso fácil e um bocado de dendê. Quem vem?

      1_alagoas

      Só pra situar, a água de Tatuamunha é tão clarinha que a visibilidade chega a 10 metros. Ou seja, lugar maravilhoso pra fazer snorkel, principalmente na maré baixa, quando se formam várias piscinas naturais no mar. Ah, sim, esse é um ponto importante: se ligar na maré antes de programar a viagem, e tentar ir numa época em que a baixa seja durante o dia.

      2_alagoas

      Uma vez lá, também é imperdível fazer o passeio pelo Rio Tatuamunha, onde sem precisar de muita sorte você  vai esbarrar com um peixe-boi. Aliás, eles também aparecem na praia, quando a maré enche. É fácil encontrar com o bichano porque a área, que é superpreservada, abriga além de tudo um projeto de preservação da espécie.

      3_alagoas

      Pra quem vai com crianças, essa  é uma viagem bem bacana. Além do contato com o peixe-boi (que é dócil), a praia é tranquila, o mar é calmo com as piscinas naturais, e tem  atrações extras. Uma delas é o passeio de caiaque no mangue, que fica mais lindo ainda se for na hora do pôr do sol (sempre!). E tem ainda cavalgadas, bike, e a Vila de Tatuamunha, que merece uma visita e tem um casario todo colorido e bem preservado. #embarcou!

      4_alagoas

      COMO CHEGAR: A partir de Maceió, pegar a rodovia AL 101 em direção a Barra de Santo Antonio. Seguir para São Luiz do Quitunde e após a entrada de Flexeiras, virar à direita na Usina Santo Antônio, seguindo as placas para Passo do Camaragibe. Chegando em Passo do Camaragibe, seguir as placas para Barra do Camaragibe e ao chegar na rodovia beira mar seguir em frente, passando por São Miguel dos Milagres até chegar no município de Porto de Pedras. Logo após a ponte do Rio Tatuamunha, já visualizará placas indicando a praia.

      5_alagoas

      ONDE FICAR: Um lugar lindo pra se hospedar é a pousada Borapirá, dos mesmos donos da Beijupirá. Outra pousadinha super charmosa e na beira do mar é a Villa Tatuamunha.

      O QUE FAZER: Visitar o centro de preservação do Peixe-Boi, andar de caiaque no rio Tatuamunha, fazer snorkeling nas piscinas naturais, visitar a Vila de Tatuamunha, e curtir a vida sentindo a brisa bater!

      19.09.13