• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: naturalie bistrô

    • a casa de Nathalie

      Foi na faculdade de gastronomia, cursada na Universidade Estácio, no Rio de Janeiro, que Nathalie Passos encontrou a sua vocação: cozinhar. Que ela gostava de comer, já sabia. Desde novinha, Nathalie cultiva o prazer da mesa em casa, onde sua mãe sempre surpreendia com alguma delícia – ela também havia feito gastronomia. Além disso, Nathalie adorava conhecer restaurantes novos, experimentar comidas diferentes e descobrir novos sabores. A curiosidade era o seu ponto de partida.

      E foi essa mesma curiosidade que levou Nathalie a questionar várias coisas que rolavam no ambiente da cozinha, ainda dentro da faculdade. Quem são os fornecedores? De onde vem esses alimentos? De onde vem, pra onde vai? A busca por respostas levou Nathalie a estudar por conta própria e a se jogar numa aventura: a especialização nos Estados Unidos. "Morei 1 ano e meio em Nova Iorque, estudando no Natural Gourmet Institute. Logo fiquei encantada por tudo o que a cidade oferecia – eram muitas feiras de produtos orgânicos, com inclusive produtos de beleza. Conheci um produtor e fui trabalhar na sua fazenda, na Califórnia. Ele era vegano e eu amava poder trabalhar diretamente com a natureza, colhendo diariamente alimentos superfrescos e cozinhando", contou Nathalie.

      Mas tudo mudou com um telefonema. Seu pai, no Brasil, tinha descoberto que a casinha dos sonhos de Nathalie – um pequeno e confortável espaço em Botafogo, no Rio de Janeiro – estava à venda. Era a oportunidade ideal: "Conseguimos um bom preço na casa e não pensei duas vezes: larguei tudo e voltei pro Brasil, pronta pra abrir o meu primeiro restaurante". E foi assim, quase que por acidente, que o Naturalie Bistrô nasceu.

      Ainda bem. Sorte a nossa! O restaurante foi reformado pela família, que literalmente botou a mão na massa e trabalhou nos mínimos detalhes. "As pessoas perguntam se a gente contratou arquiteto, decorador, mas não. Foi tudo feito por nós mesmos!". E basta visitar o restaurante pra entender: na parede, utensílios de cozinha pessoais de Nathalie, assim como seus livros favoritos, enfeitam o restaurante. Tudo arrumado com muito carinho, com um quê de casa de vó. E é justamente assim que a gente se sente por lá: em casa!

      E a comida ajuda muito a criar essa atmosfera. Esquece aquela ideia que comida natural não tem sabor. Pelo contrário: tem, e muito! Mais do que isso, no Naturalie Bistrô o sabor é imperativo. Se não for bom, nem entra no cardápio. "Não é porque é um restaurante vegetariano e saudável que não pode ser saboroso. A gente não trabalha com refinados, farinha branca, enlatados e corantes, mas abusamos de temperinhos e de tudo que a natureza dá pra trazer muito sabor pros pratos."

      Que sabor! O cardápio é rotativo e varia de acordo com os ingredientes da estação, que chegam diariamente na cozinha, fresquinhos e recém-comprados na feira orgânica. Depois disso, durante a criação dos pratos, o processo se dá de uma maneira muito colaborativa e conta com a participação de todos os funcionários. "Todos sentamos e provamos os pratos, e as sugestões são sempre levadas em conta. É quase que um espaço de coworking dentro da cozinha!"

      Essa união da equipe também ajuda a explicar o brilho nos olhos dos funcionários, coisa fácil de perceber por lá. Todos atendem com um sorriso no rosto e felizes em ajudar, sempre com informações superdetalhadas sobre os pratos. "Meu objetivo é ter um restaurante humano. Pra isso, trabalho com a compreensão, a liberdade e a troca, constante, entre mim e os funcionários", contou Nathalie. Lindo, né?

      E o mais incrível: Nathalie vem fazendo esse trabalho incrível no auge dos seus 24 anos. Uma inspiração e tanto pra quem tá começando na cozinha, né? Ela faz questão de acompanhar de perto tudo o que rola no Naturalie e tá sempre por lá, se alternando entre a cozinha, a administração e a opinião dos clientes. "As vezes uma coisinha que o cliente disse pode virar um novo prato ou uma alteração no que já existe. É importante saber ouvir", finalizou.

      Parece que eles estão sabendo ouvir direitinho, não só o que os clientes dizem, mas também o que sentem. Né?  
       

      23.05.17
    • farm visita – naturalie bistrô

      bola_naturalie

      Em uma casa de pé direito bem alto e paredes brancas, numa rua tranquila de Botafogo, a gente foi conhecer o novo restaurante que promete entrar no roteiro de quem ama comida vegetariana, saudável feita com muito carinho, sabor e know-how.

      naturalie_1

      Muito prazer, Naturalie Bistrô! O restaurante tem cardápio mutante que varia de acordo com a sazonalidade e qualidade dos alimentos, que são de preferência orgânicos e comprados de pequenos produtores locais. Afinal, pra nutrir de verdade e satisfazer o nosso corpo, a comida tem que estar com tudo em cima! Então, nada de usar o legume ou a fruta se ele não estiver bom…

      naturalie_2

      A sabedoria e o cuidado nas escolhas do restaurante ficam por conta da chef Nathalie Passos, que cursou Gastronomia aqui, mas sentiu falta de aprender certas coisas e correu pra complementar o estudo em NY, na Natural Gourmet (mesmo lugar onde a Bela Gil estudou). A experiência de trabalho no restaurante Ravens, na Califórnia, também ajudou a moça a se achar e descobrir o que queria fazer da vida quando voltasse pro Brasil.

      naturalie_3

      E, coincidência ou não, o lugar ideal parece que já tava escrito nas estrelas: vira e mexe a Nathalie ‘namorava’ uma sorveteria num casarão lindo, que acabou ficando vago um pouco antes dela voltar ao Brasil. Foi a oportunidade de abrir um negócio onde ela queria, e do jeito que ela queria, conciliando tudo que aprendeu e acreditava. Coisa do destino! ♥

      naturalie_7

      A decoração que antes ficava travada pelo grande balcão de sorvetes agora dá espaço a mesinhas de madeira, estantes, quadros com menu escritos com giz e até a um mesão, que propõe o encontro inesperado e a conversa entre quem ali escolhe se sentar. Tudo planejado de perto pela Nath e a mãe (ô família parceira!).

      naturalie_5

      O segundo andar abriga um espaço mais lúdico com revistas e itens de decoração garimpados na Anthropologie, também em NY (paraíso!). Fofo descobrir que, assim como a gente, a Nath é fã da Kinfolk magazine, uma revista que capricha nas fotos quando o assunto também é gastronomia. Tanto que você pode folhear um exemplar por lá! 🙂

      naturalie_8

      O cardápio inclui delicinhas como bruschettas (com ricota de cabra da Latteria Gialla, fornecedor exclusivo do Naturalie que vira e mexe vende suas produções na Junta Local), feijoada veggie (com farofa de cenoura, huuum) e lasagna de abobrinha (ao molho de tomate da casa!). As sobremesas também são de dar desejo: brownie de amêndoa e cacau 100% e crumble integral de maçã são algumas delas. A casa ainda tem sucos com misturinhas pensadas pela chef, podendo ser complementadas com superfoods como chia, linhaça e matchá.

      naturalie_4

      Além dos pratos, o Naturalie também fabrica a própria granola, que é bem balanceada quando o assunto é ingredientes: aveia, castanhas, gojiberry e outras coisitas más aparecem na mesma quantidade. Uma ideia eco-friendly também norteia a venda do produto: você leva o pote com a granola e quando precisar de refil é só voltar lá com o mesmo vidro.

      naturalie_9

      Fotos: Luiza Chataignier

      A gente poderia ficar mais alguns parágrafos contando como é delicioso e animador provar as delícias do Naturalie, mas o bom mesmo é você ir lá conferir ao vivo e esbarrar com a Nath, a melhor pessoa pra falar sobre todo o amor que existe por trás do projeto. Passa lá!

      Naturalie Bistrô:

      R. Visconde de Caravelas, 11 – de 2ª a sábado, das 11h30 às 16h.

      20.02.15