sua mochila está vazia

    Tag: infância

    • a infância é protagonista

      “A cultura da criança é a cultura da alma. Os meninos têm a alma na frente. Depois é que ela vai pra dentro. Vai botando pano, papel, livro em cima.” A fala acima é da etnomusicóloga e educadora Lydia Hortélio, que cresceu entre mangueiras no sertão da Bahia e acredita que a revolução do mundo acontece pela infância, com as crianças.  Pra ela, o brincar é uma afirmação de vida. Hoje é 12 de outubro. Dia das Crianças. Dia de Nossa Senhora Aparecida, a santa padroeira do Brasil, e vamos falar sobre o empoderamento da infância, atravessados pela experiencia mágica que a Fábula, nossa irmã mais nova, está vivenciado na Fundação Casa Grande, no Cariri. Veio de lá a experiência pra coleção de verão 19, Festejo. O protagonismo da criança e do brincar sempre foi o caminho escolhido pela Fábula. Festejo nasceu depois de uma viagem de pesquisa ao sul do Ceará com a ideia de recriar o mundo através do olhar do empoderamento da infância. E é esse protagonismo - o do brincar - a bandeira levantada pela Fundação Casa Grande. Lá, as crianças são capacitadas a contar desde cedo suas próprias narrativas, através da linguagem popular das inventividades sonoras, das literaturas de cordéis, do toque, da auto expressão e da filosofia do afeto. Tudo isso pode vir a ser futuras profissões. Claro, ainda há o fomento à linguagem do brincar e à percepção de tempo - o aqui e agora - que as brincadeiras propiciam. O brincar é, então, parte estruturante de todo ser humano e uma verdadeira mola propulsora pra todos esses impactos positivos. Toda criança é protagonista do seu próprio desenvolvimento. É preciso viabilizá-las e afeta-las com afeto. Gosta do tema e quer acompanhar a imersão da Fábula pela Fundação Casa Grande? Fica de olho aqui, no Instagram da Fábula. Nossa caçula vai passar o fds no Cariri!
      12.10.18 3 anos atrás
    • liqui na fábula

      Vem saber que bacana: a nossa xodózinha, a Fábula, tá com descontos* de até 60% na loja online e em todas as lojas físicas. É ou não é um mimo especial pras pequenas?São histórias que a gente conta através das roupinhas, estampas e modelagens soltinhas e confortáveis pra brincar e celebrar a fase mais gostosa da vida. Ó que fofura! ♥Bora aproveitar? Então corre pra lojinha online ou pras lojas (que são lindinhas) e aproveita pra voltar à infância! :)*exceto as fantasias de carnaval.
      29.01.15 7 anos atrás