• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: Givenchy

    • o novo nome da Givenchy

      Ricardo Tisci, John Galliano e Alexander McQueen: esses nomes soam familiares pra você? Não é por menos: à frente da Givenchy, esses três estilistas fizeram história na moda e na marca, fundada pelo francês Hubert Givenchy (outro homem!) em 1927. Uma curiosidade nessa história toda? Apesar dos seus 90 anos de existência (), a Givenchy nunca teve sua direção criativa comandada por uma mulher. Até agora.
      Clare Waight Keller. Esse é o nome da mais nova diretorA criativa da marca, que anunciou, na última quarta-feira, pelo instagram, a novidade. Clare, que já tem experiência em marcas como Calvin Klein e Gucci, fez muito sucesso como designer da Chloé e é responsável pela criação de vários ícones da marca, como as bolsinhas Drew Bag.  
      Nascida em Birmingham, Inglaterra, Clare completou sem mestrado em moda pelo Royal College of Art, um dos mais prestigiados centros de estudo em moda do mundo. Depois de lá, se mudou pra Nova York, onde ganhou experiência nos ateliês de Calvin Klein e Ralph Lauren Purple Label, criando peças pra homens. Em 2001, trabalhou com Tom Ford na Gucci e, depois disso, liderou uma aclamada reformulação na moda da clássica Pringle of Scotland, marca inglesa. 

      Algumas criações de Clare pra Chloé
      Mas foi na Chloé que a designer se encontrou: no comando criativo da marca desde 2011, ela foi responsável pela supervisão de todas as peças da marca, de roupas a acessórios e flagrâncias. Nenhum detalhe escapava ao olhar atencioso e cuidadoso de Clare. Ela chegou a declarar: "Chloé dialoga comigo em diversos níveis – primeiro porque eu sou feminina. Eu amo o espírito livre e sem esforça da menina Chloé. Para mim, Chloé é  sobre aquela maravilhosa peça que você pode usar de tantas maneiras diferentes, e o espírito de confiança que você tem quando a usa. Acima de tudo, isso parece real."
       
      Agora, só o que a gente pode desejar é que ela seja tão feliz e realizada na Givenchy como foi, outrora, na Chloé. De uma coisa, não restam dúvidas: podemos esperar muitas coleções maravilhosas! E que Clare sirva também de exemplo e incentivo pra que outras marcas apostem em mulheres na sua direção criativa. Só pra ter ideia, ela é a apenas a segunda mulher de todo o grupo de alta-costura LVMH (a primeira foi Maria Grazia Chiuri, na Dior), que inclui marcas superimportantes, como Louis Vuitton, Fendi, Céline e Kenzo. 

      Sigamos na torcida! 

      20.03.17
    • a nova berlim

      bola

      Lisboa, Budapeste, Barcelona… todos os anos uma cidade européia é eleita como a ‘nova Berlim’, ou seja, a nova meca mundial do fervo, com possibilidades múltiplas de diversão e arte a preços que cabem em qualquer bolso.

      gucci-glen-luchford-INT-1

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

      Efervecente, moderna, histórica, estranha, a verdade é que Berlin ainda é o centro de tudo que está acontecendo de bacana no mundo hoje. Prova disso é que a capital alemã acaba de ser eleita como inspiração não de uma, mas de duas grandes marcas de moda.

      gucci-023-0530-v5-qc-r72dpi-full

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

      Não haveria melhor locação pro estilo livre, retrô e divertido criado por Alessandro Michele para a Gucci. A cidade partida ao meio exibe cenários que parecem parados no tempo e ao mesmo tempo exalam uma estranha modernidade, como as criações do italiano.

      gucci-ss16-advertising-campaign-glen-luchford-01__large

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

      A inspiração clara é o filme Christiane F., que também mostra imagens de jovens livres e despudorados pelo submundo de Berlin, com a trilha de David Bowie, seu ilustre morador que nos deixou essa semana:

      https://www.youtube.com/watch?v=u5u1CcCNwaQ

      O resultado da campanha clicada por Glen Luchford é esquisito e glamouroso, com aquele perfume de decadência chique que permeia a cidade e a tornam tão irresistíveis aos olhos de quem não gosta do trivial.

      1154022

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

       

      Mas Berlim não é só isso, são muitas as possibilidades da cidade que também sabe ser elegante e misteriosa, exatamente como pede o estilo da Givenchy.

      1

      A marca francesa voltou seu olhar pro lado mais árido, intenso e melancólico da cidade em  sua nova campanha de inverno, revelada há poucos dias no Instagram.

      2

      Pelo visto aos olhos do mundo da moda a ‘nova Berlim’ continua sendo… Berlim!

      16.01.16
    • tudo igual

      leticia_junho_bola

      Enquanto a temporada tradicional de moda anda um pouco entediante, o mesmo não se pode dizer da temporada de moda masculina, que acaba de terminar enchendo nossos corações de desejo.

      ss16m_gucci_119_jpg_9933_north_1160x_white

      Sim, desejamos os looks deles e desejamos os looks delas – que são cada vez mais exibidos durante o desfile deles. Talvez porque convenhamos, “dele e dela” é um conceito que anda cada vez mais na corda bamba, o que tanto comercialmente, quanto conceitualmemte, não é nada mal!

      ss16m_gucci_048_jpg_1384_north_1160x_white

      E já que, há tempos, aderimos as calças, terninhos e a camisaria masculina, texturas, estampas e modelagens pra lá de delicadas agora entraram nos armários masculinos de vez, deixando a porta aberta pra gente pegar modelitos emprestados… e emprestar, por que não?

      11541911_695598853878400_1588800133535933899_n

      A Prada de Miuccia foi a precursora da brincadeira e faz de sua passarela masculina sempre um novo terreno pra apresentar brilhantes ideias também pra elas. Dessa vez num futurismo retrô que combina coelhinhos, plástico e mil sobreposições que só ela mesmo poderia trazer de forma tão interessante.

      leticia_junho_01

      Mas foi a nova Gucci, sob direção de Alessandro Michele que arrebatou nossos corações com seu floral delicado, tons apastelados, rendas e muito crochet com carinha de roupa feita à mão, além dos laços que já são assinatura do estilista. Queremos tudinho!

      leticia_junho_02

      A Burberry foi outra que investiu nas rendas, que apareceram em camisas, camisetas e golas masculinas num estilo very british, e em belos vestidos femininos. Delicadeza e transparência pra eles, pra elas, e pra sair por aí de look combinadinho. A gente curte!

      leticia_junho_03

      Ricardo Tisci da Givenchy também gosta de brincar de gêneros, e dessa vez ousou ainda mais, além das mulheres em looks masculinos, o estilista também colocou homens vestindo saias nas passarelas. Saias cheias de virilidade, diga-se de passagem!

      leticia_junho_04

      O futuro é igual.. e está cada vez mais próximo! <3

      29.06.15
    • Arê baba!

      Além de ter inspirado a Farm na sua coleção de inverno, a índia é tema também da nova coleção de maquiagem da Givenchy.

      Batizada de Sari (aquele pano colorido que é amarrado no corpo das mulheres casadas), a coleção é sensual e alegre. Assim como no look das moças de lá, o kajal – lápis preto – é item obrigatório nos olhos. A sombra molhada Precious Sari (R$ 94), em dourado ou prata, dá o toque sofisticado í s pálpebras. 

      Já notou como a embalagem é toda decorada com bindis? Folclórica e chique.

      Tik!

      SAC 0800 170506

      09.04.09