• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: fernando de noronha

    • rio ♥ me

      Meninas, olha que legal: tá rolando nas bancas uma revistinha especial dentro da Época sobre o Rio <3!

      Pra nossa surpresa, quem ilustra a capa é a Michelle De Bouillons, nossa vendedora querida do Rio Design Barra. A moça, que é surfista, participou do reality show “Nas ondas de Noronha” , que vai ser exibido esse mês, no Esporte Espetacular, na Globo.

      Curte? 🙂

      25.12.10
    • bolsa de tartaruga

      A gente falou aqui do projeto Tamar e do quanto é importante que cada um faça sua parte.

      bolsatamar_editada

      Agora você já pode fazer a sua:criamos um modelo de bolsa exclusiva para ajudar a preservação das tartarugas. O modelo de lona traz uma estampa de Noronha e terá o lucro revertido integralmente para o projeto TAMAR.

      Passa nas lojas pra conferir e experimentar as tartaruguinhas de chocolate da Arcor! Delí­cia, né? 🙂

      Ah, as bolsas estão chegando nas lojas do TAMAR em Fernando de Noronha e na Praia do Forte semana que vem!

      08.12.09
    • direto do fundo do mar

      peixinhos

      Atendendo a muitos pedidos, desenvolvemos nesta coleção uma linha completa pra passar as festas de final de ano 🙂 E já que estamos falando de Fernando de Noronha, tem uma coisa que não poderiamos esquecer….

      4
      fofitos os peixinhos

      Foi lá que a gente se apaixonou pelo fundo do mar e criou essa estampa linda de peixinhos, que é a 1ª da linha festa a chegar nas lojas – hoje! – em rendas, seda…

      Ah! O look book com as primeiras produções desta linha já está no ar. Pra conferir, é só clicar aqui ó.

      😉 E se prepara porque até o dia 30/12 vai continuar chegando muita novidade!

      03.12.09
    • mochilando em noronha – parte III

      Hoje a gente vai dar as dicas dos novos restaurantes e pousadas de Noronha, de programas legais para fazer depois da praia e de como chegar na ilha. Mas antes disso, ficou faltando falar da Praia da Cacimba.

      Sabe aquela praia de Noronha que tem o Morro Dois Imãos subindo no meio do mar? Então, é a Cacimba. A praia é a mais disputada pela galera do surfe por causa das ondas perfeitas que entram quando rola o swell. Não í  toa, os campeonatos de surfe acontecem todos lá. Já nos meses sem ondulação, a Cacimba vira uma piscina azul. O acesso, de bugre, é super fácil, e o carro vai até a entrada da praia.

      noronha cacimba1

      Depois da praia, o programa é ver o sol poente. Pode ser do Mirante do Cachorro, ou do Fortinho, onde rola um barzinho com música ao vivo e esse visual aí­ embaixo!

      noronha fortinho

      Bom, agora vamos ao nosso guia prático!

      COMO CHEGAR: A Gol/Varig e a Tam/Trip tem vôos diários para Noronha. E para entrar na ilha, é preciso pagar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA). Você pode fazer isso quando chegar, mas corre o risco de ficar horas numa fila. O melhor é preencher o formulário pela internet, imprimir e pagar no banco antes de embarcar (com 48 horas de antecedência). Ah, sim! De novembro a fevereiro é quando o tal swell entra na ilha, e com ondas tão grandes que até os passeios de barco são cancelados. Se você gosta de mares tranquilos, vá fora dessa época.

      ONDE COMER: O roteiro gastronômico de Noronha deu um up grade nos últimos tempos. O Xica da Silva é um restaurante novo por lá, bem charmosinho, que fica quase na frente da Praça dos Flamboyants. Outra boa pedida é a Toca da Tapioca, com opções doces e salgadas.

      ONDE FICAR: Noronha tem muitas pousadas, mas todas com uma estrutura mais básica. Isso não quer dizer que não há conforto e quartos charmosos. Um exemplo é a Mar Aberto, que é uma graça. Tem estilinho rústico, teto forrado com chita e uma micro piscina. Outro refúgio bacana é a Colina dos Ventos. Agora, se você quer charme, conforto e spas, vá direto para a Maravilha ou ao Zé Maria. Mas esteja preparada para os preços.

      É isso! Boa viagem! 8)

      19.11.09
    • mochilando em noronha – parte II

      Continuando nossa viagem por Fernando de Noronha, hoje a gente vai dar um mergulhinho na Baí­a dos Porcos, Atalaia e nas praias do Cachorro, Meio e Conceição. Prepare o biquí­ni 😉

      Baí­a dos Porcos

      noronha porcos1

      noronha porcos2

      A Baí­a dos Porcos é pequenininha – não chega a 100 metros de extensão – e absurdamente linda. Ela fica de frente pro Morro Dois Irmãos, um dos mais famosos cartões postais da ilha e, pra quem curte mergulhar de snorkel, ela é O lugar (e na maré baixa, fica melhor ainda). Vale um dia todo por lá, e para chegar, é só descer a Praia da Cacimba.

      Praias do Cachorro, do Meio e da Conceição

      noronha geral

      As praias do Cachorro, do Meio e da Conceição são uma trilogia litorânea. Uma é seguidinha da outra, e quem tiver um pouco de disposição pode ir a pé de um extremo ao outro. Nessa foto aí­ de cima dá pra ver a praia da Conceição, com o Morro do Pico rasgando a paisagem no fundo, e a Praia do Meio. São duas praias tranquilas, e relativamente vazias. Entre a Praia do Meio e da Conceição, por sinal, tem um restaurante onde pode-se comer um dos melhores peixes da ilha. Ele chega fresquinho todos os dias, trazido pelos pescadores.

      noronha cachorro

      Já a Praia do Cachorro, que você vê nessa foto aí­ em cima, é a mais movimentada da ilha. Pra chegar nela, é só descer uma escadinha que tem na Vila dos Remédios (o centro histórico de Noronha). É ideal praqueles dias em que a gente está com preguiça de ir um pouco mais além. Depois, é só dar mais uma andadinha de nada e você já está na Praia do Meio.

      Atalaia

      noronha atalaia

      A praia do Atalaia é uma pérola. Por uma obra da natureza, o mar foi cercado por recifes e corais, formando uma piscina natural que virou berçário de dezenas de espécies marinhas. Para não prejudicar o equilí­brio natural, o Ibama faz um controle ferrenho da utilização do espaço. Só entra na praia com guia cadastrado no instituto, em grupos de no máximo seis pessoas, e ninguém pode ficar lá por mais que 30 minutos. É obrigatório mergulhar de máscara, nadadeira e snorkel, não pode bater perna dentro d´água, nem ficar em pé. Ou seja, a ideia ali é virar peixe e se locomover como eles. E é o que, literalmente, acontece. O Atalaia é incrí­vel, mas se prepare atravessa uma trilha longa, de quase uma hora.

      A SEGUIR CENAS… No próximo post, a gente vai falar dos restaurantes novos, pousadas e dicas para facilitar a sua viagem para Noronha. Isso porque a gente duvida que, depois desse guia, você não vá correndo pegar um avião para lá!

      18.11.09
    • noronha é coisa nossa

      a5042

      A gente ama Fernando de Noronha. Ama tanto, que resolveu estampar o paraiso nas nossas roupas. Se você já ouviu alguém falando bem da ilha, não duvide! Só indo mesmo pra saber. Tanto que antes de começar esta coleção a gente fez questão de passear por lá pra. 8)

      P1030385

      a08389
      fundo

      DSC00834

      E pra você poder curtir um pouco – e se inspirar também -, o Adoro! publica a partir de amanhã uma série de posts, aqui no mochilão, explicando algumas coisinhas que descobrimos sobre a ilha. 🙂

      P1030382

      Fiquem ligadas!

      16.11.09
    • vestindo paisagem

      Se algumas pessoas têm vontade de abraçar o mundo, porque não poderí­amos vestir uma paisagem inteira?

      Uma coleção brasileirí­ssima como essa, não podia deixar de se inspirar nas paisagens do nosso paí­s. Tem coisa mais bonita? Não precisamos olhar muito pra perceber que as cores, as formas, as pessoas e os detalhes dariam estampas incrí­veis! A gente adora!!

      paisagem1

      Algumas paisagens são feitas a partir de fotos – como a de Fernando de Noronha – mas ainda tem muitas ilustrações, feitas a partir de inspirações naife, por exemplo. Muito lindo….

      12.08.09
    • sob o sol de noronha

      Quer lugar tem mais a cara do verão do que Fernando de Noronha? A ilha é o roteiro especialí­ssimo que escolhemos para marcar o lançamento da nossa nova coleção – tanto que vai ter até estampa inspirada nas belí­ssimas paisagens de lá. Mais importante pedaço de terra de um arquipélago formado por outras 20 ilhotas, Noronha é um pedaço protegido do paraí­so.

      O dia na ilha começa cedo, í s 7h. De noite, o que rola (e não é todo dia) é um forró no Bar do Cachorro, ou um reggae na Pizzaria Feitiço da Vila. E só. Ou seja, a onda lá é praia, praia e praia. E elas são 14, no total. Se você tiver tempo, ví  a todas. Senão, pode seguir a nossa seleção: vá í s praias do Atalaia (na verdade, um berçário marinho, onde o mergulho é controlado por um fiscal do Ibama e a gente só pode ficar cerca de 15 minutos na água); do Cachorro; do Bode; do Meio; da Conceição; Boldró; Cacimba do Padre (aquela que aparece em quase todas as fotos de Noronha, com o Morro Dois Irmãos no fundo); dos Porcos (a mais lindas de todas, e de onde também se vê os Dois Irmãos); e Baí­a do Sancho. E aproveite nossas outras dicas!

      FIM DE TARDE: A boa é ver o pôr-do-sol do Mirante do Boldró, onde rola até trilha sonora com o Bolero de Ravel.

      CHOCOLATE! O Museu do Tubarão tem um café ótimo. Boa pedida para um chocolate com pão de queijo.

      SEJA ECOLí“GICO: O Centro de Visitantes do Tamar em Noronha tem palestras e sessões diárias de filmes sobre a natureza da ilha. É bem legal, e é onde todo mundo se encontra.

      TAXA DE PRESERVAÇíO:  É cobrada uma taxa de preservação diária para permanência em Noronha. Para saber mais, clica aqui.

      TEMPORADAS: Noronha tem uma estação seca (de setembro í  março) e outra chuvosa (de abril í  agosto), sendo que o perí­odo de chuva é caracterizado por chuvas esporádicas. De novembro e a dezembro, o mar é agitado. Nos outros meses, é uma piscina.

      Agora é só colocar aquele vestidinho branco e boa viagem!

      10.08.09