• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: escola livre

    • design que avoa ou escola sem muros

      A gente sempre acaba falando um pouco de design por aqui, né? É que o design é uma das partes mais importantes da gente! É ele quem guia todos os mimos e detalhes, desde o conceito da coleção, passando pelas roupas, as miudezas em cada peça gráfica e digital, a surpresa das embalagens, enfim, um tantão de coisa que a galera do Design faz com tanto carinho! 

      A gente respira design por aqui e sempre quer te inspirar um pouquinho também. E aí, nessas andanças, esbarramos com a Escola Livre. Ela nasceu em São Paulo, no finzinho de 2014, fruto do desejo de dois designers gráficos, o Guilherme Falcão e a Tereza Bettinardi, de criar um espaço de experimentação entre ensino e design.  

      A proposta da escola é criar diálogos, oficinas, conversas abertas e palestras que partem do design gráfico, mas que dialogam com outras áreas que têm no projeto a premissa básica de existência, como a arquitetura, o design de objetos, ou  qualquer outra profissão que fale sob a ótica de uma estratégia projetual.

      A ideia nessas conversas e compartilhamentos é encontrar laços e provocar discussões também com outras áreas como a arte,a literatura e o cinema. Ou simplesmente com a vida prática mesmo, com o lado cotidiano do profissional, criando assim uma comunidade solidária de trocas e experiências.  

      E é exatamente atrás dessas trocas e experiências que a maioria das pessoas procuram a escola. São estudantes e profissionais recém-formados ou com pouco tempo de experiência que chegam até eles porque acabaram se frustrando com o mercado ou simplesmente porque querem aprender mais sobre as questões que são discutidas e desejam estabelecer essa conexão com outros profissionais.

      Depois de uma pequena amostra, em parceria com a Editora Bolha na Comuna em março deste ano, a Escola Livre chega com força total na semana que vem aqui no rio para um intensivão em design. Conversamos com o Guilherme Falcão, um dos fundadores, e ele explicou um pouquinho pra gente como vai funcionar esse intensivão:

      “Geralmente os ciclos — que são as atividades que realizamos — duram dois dias na semana, terças e quintas. Aqui no Rio vai ser diferente, vamos proporcionar um intensivo que vai durar a semana toda. De segunda a sexta (12.09 a 16.09), com oficinas como a oficina A forma do livro (ministrada por ele e pela Tereza), A tool kit (Cubículo, Thiago Lacaz, Arthur Chaves, Visorama) e a oficina Agile (Luiz Ludwig — Ambos), além da Entrevista aberta + happy hour.” 

      E tudo vai rolar em parceria com o Estudio Visorama, que fica ali na Fonte da Saudade. Lembrando que as oficinas são pagas, mas que a entrevista aberta e o happy hour são disponíveis para o público!

      Ah, e a Escola Livre não tem sede fixa, a maioria das suas atividades acontecem em São Paulo, mas ela é itinerante e flutuante dentro da própria cidade e as vezes (a)voa por aí, como a sorte que demos aqui pelo rio. Para seguir seus passos, ciclos e atividades, fica de olho na página deles aqui

      Vida longa à liberdade!
       

      12.09.16