• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: crowdfunding

    • acasa é sua

      O “cohousing” é um movimento que nasceu na década de 1970 na Dinamarca e foi batizado pelo arquiteto Charles Durett. Bem popular nos Estados Unidos e em diversos países da Europa, as famosas comunidades urbanas começaram a ganhar força no Brasil em 2013, começando por São Paulo. No Rio, pipocaram nos últimos anos, da Zona Sul à Zona Norte, com o nome “coliving”.

      Foi assim que há um ano nasceu "acasa", um coletivo, uma comunidade em formação, na qual amigos se juntaram pra viver, criar e trabalhar conjuntamente, porque acreditam que juntos podem chegar mais longe.

      Economizar a grana do aluguel nunca foi a questão central. A galera tá ali experimentando o que pode vir a ser uma forma diferente de viver na cidade, com mais equilíbrio nas relações humanas e com mais sustentabilidade na relação com o planeta. Pra apoiar a gestão consensual do espaço, são estudados os conceitos da Sociocracia e do Dragon Dreaming, que visam uma organização não hierárquica, horizontal e colaborativa.

       

      Dez pessoas – entre economistas, massoterapeutas, fotógrafos e produtores – dividem seu lar com um espaço de experimentação, um laboratório em constante transformação pra vivências, cursos, projetos, conversas e encontros que buscam co-criar um novo mundo. De jam session a roda de samba, acasa abriu suas portas e abrigou eventos que movimentam a arte e que integram práticas corporais, fotografia, artes plásticas e claro, muita música boa. Com o valor da entrada sempre colaborativo, o movimento fez gerar ainda mais movimento e ecoar a mensagem de cooperação. Assim, acasa foi respirando e vivendo de muitos encontros.

      Depois de 1 ano de muitas histórias e aprendizados, é tempo de dar um reboot nesse ciclo. A mansão do Cosme Velho sofreu seu segundo assalto e a turma dacasa resolveu mudar de endereço, mas não de sonho. Com um prejuízo financeiro de 60 mil reais, acasa precisa recolher os cacos e se (re)construir. Pra isso, acreditam que a ajuda pra levantá-los é a ajuda pra alimentar o projeto, e impedir que ele morra. 

      A (re)contrução coletiva está no ar em forma de campanha de crowdfunding no site da Benfeitoria e conta com recompensas desejo, que vão desde cortes de cabelo e aulas de stand up paddle, até sessões de massoterapia e numerologia. A contribuição é feita a partir de R$20, mas não tem preço poder participar desse sonho coletivo. Bora dar uma força?

       

      16.05.17
    • tem mais mohandas!

      capa

      Ai, friozinho na barriga! Nesse mês, termina a campanha de crowdfunding do Mohandas, banda super querida e parceira da gente! ♥. A ideia é arrecadar verba através do financiamento coletivo e realizar mais um sonho da banda (e também de amigos, colaboradores e fãs): tirar do papel o segundo álbum autoral. Bora saber mais?

      mohandas1

      Faz quase três anos desde que eles lançaram o primeiro álbum, o “Etnopop” e, de lá pra cá, rolaram muitos shows, ensaios, reuniões e sessões de criação musical. A banda amadureceu… Em maio desse ano, lançaram um compacto chamado “Toda Parte” (com duas músicas que já são uma prévia do que está por vir – dá pra ouvir aqui!).

      mohandas2

      Funciona assim: você escolhe o seu tipo de contribuição e pra cada uma delas há uma ou mais recompensas. É como uma pré-venda onde rola de apoiar financeiramente o projeto e garantir um ou mais produtos/serviços. Tem aula de ioga, sessão de acupuntura, voucher na Comuna ou Livraria Travessa, além de disco autografado, vinil da banda, ingressos pro show ou até show em casa! Já pensou? 🙂

      https://www.youtube.com/watch?t=11&v=TECDkxQmiIM

      O mais bacana disso tudo é esse processo coletivo: o artista e o público estão ligados diretamente, construindo juntos a trajetória da banda. Animou? Então bora ajudar a construir esse sonho juntos, clica aqui.

      13.08.15
    • pra colaborar!

      Os financiamentos coletivos têm bombado vários projetos na internet e se tornaram a solução de muita gente criativa. O Queremos já é case de sucesso e já fez a felicidade de muita gente por aqui 😉

      E pra mostrar mais uma iniciativa bacana, a gente apresenta o Com Orgulho. Do MC grafiteiro Airá Ocrespo – que participou do nosso evento no Jockey e no Circo!

      A intenção é promover uma fusão de linguagens! Com a mistura do rap e do graffiti, ele pretende produzir um videoclipe e uma exposição até o dia 8 de maio, quando acaba o prazo de colaboração.

      http://vimeo.com/movere/com-orgulho-movere-financiamento-coletivo-crowdfunding

      O esquema é o clássico: quem colabora é retribuído de acordo com o valor! Animou? Então pra ajudar é só acessar esse link aqui e, voilà!

      07.04.12
    • mais um!

      4 artistas, 3 noites, 1 campanha. Foi assim que o Queremos anunciou o crowdfunding pra mais um mini festival (êêê)! A idéia da vez é juntar as bandas Chromeo, James Blake, Little Dragon e Mogwai em três noites que ainda terão DJs convidados!

      Mas pros shows acontecerem é um pouquinho diferente dessa vez: além dos passaportes reembolsáveis, também vai ser preciso vender os não-reembolsáveis, ou seja, os antecipados, que tão super em conta!

      Quem compra os ingressos normais também ajuda a realizar mais um show maneiro. Mas ó, tem que correr! A data limite pra arrecadar é hoje às 20h!

      Dá uma olhadinha lá no site e partiu! 😉

      23.03.12
    • unidos pela moda

      Que a gente é super fã do crowdfunding, todo mundo sabe (alô, Queremos!). Mas o que nem todo mundo sabe é que essa espécie de investimento – que conta com a ajuda do público – não faz sucesso só na área de shows!

      A estilista Layana Thomaz criou um projeto super diferente: uma loja itinerante que vai passar por cinco cidades (Rio, SP, Brasília, Belo Horizonte e Porto Alegre) e, em cada uma delas, vai ganhar coleção e estrutura totalmente novas.

      Além da moda, também vão entrar em cena artistas plásticos – responsáveis pela ambientação da loja – e o lugar vai ter sempre vários eventos, com DJs e bandas. Olha a Layana explicando o projeto!

      http://vimeo.com/36704320

      Quer entrar nessa? Então, clica aqui e se prepara porque o presentinho pra quem colaborar vai desde uma camiseta exclusiva até um vestido de seda.

      Bora ajudar? 😉

      21.03.12