• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: california

    • farm entrevista – marina person

      bolamarina

      Apresentadora mais carismática dos anos dourados da MTV (quem não queria ser amiga da Marina Person?), cineasta cujo filme de estreia se debruça sobre a obra do pai, Sérgio Person, diretor de um dos mais emblemáticos filmes já feitos sobre São Paulo

      bola

      Nada mais natural que Califórnia, seu primeiro longa de ficção que estreia hoje nos cinemas, cole todas essas referências num retrato sensível, charmoso e divertido da geração que conheceu a liberdade do rock e as restrições impostas pelo HIV.

      qk7ZyTiZBPBg12bYrWD4UwJ8JxIgvh7NoHrYAs8SLse_oqHY4WEBdqYeLuPgyWyakvPD9A=w1321-h456

      Em 1987, Estela é uma adolescente paulista de 17 anos, vivendo o desabrochar do país após 20 anos de ditadura, do melhor do rock brazuca e de sua própria vida sexual, enquanto sonha em conhecer a Califórnia do título, cidade onde mora Carlos, seu tio jornalista musical e símbolo máximo da liberdade que ela sonha alcançar.

      365-Filmes-Cinema-Brasileiro-California-Marina-Person-01

      Sua rotina se altera quando Carlos volta doente pro Brasil e em meio a “paixonites”, crises e descobertas musicais, Estela entende que o caminho da maturidade não é feito só de sexo, drogas e rock’ n ‘ roll.

      Conversamos com a Marina Person pra saber mais sobre a história da Estela, que acaba se confundindo um pouco com a sua própria história. Sorte a nossa!

      O que a Estela tem da Marina?
      Califórnia não é um filme autobiográfico, mas tem muitos elementos autobiográficos, muitas situações que estão no filme aconteceram comigo. E a Clara Gallo, que faz a Estela, é a minha cara, né? Isso não foi premeditado, eu testei meninas loiras, ruivas… Existem muitas coisas nela que são idênticas a mim. Eu era fanática pelo David Bowie como ela, ia no Carbono 14 ver vídeos de música, comprava discos na Wop Bop, tinha uma queda pelo surfistinha da escola e me apaixonei por garotos tipo JM. Outro exemplo: eu li “O Estrangeiro”, livro do Albert Camus, porque queria impressionar um cara que adorava The Cure, igual ao filme haha.

      Still de cena do longa metragem ' California ' , dirigido por Marina Person - Produção Mira FilmesLocal: São PauloData: Março de 2014 Foto: Aline Arruda

      O que a juventude dos anos 80 aprenderia com os jovens de hoje?
      Olha, essa pergunta é mais difícil haha. Eu penso no contrário: no que os jovens de hoje aprenderiam com jovens dos anos 80. E diria ‘Paciência’. Paciência pra esperar as coisas acontecerem, uma carta chegar, um telefonema, um recado, um disco importado que você encomendou na loja… A tecnologia trouxe um imediatismo pra nossa vida, o que nos deixa ansiosos de querer resolver tudo na hora. A gente nem fica mais em dúvida com as coisas, tudo é resolvido com um search no google, não é verdade?

      Still de cena do longa metragem ' California ' , dirigido por Marina Person - Produção Mira FilmesLocal: São PauloData: Março de 2014 Foto: Aline Arruda

      Fotos: Aline Arruda

      Tio Carlos representa a total liberdade sonhada pelos adolescentes, mas também os limites naturais impostos pela vida adulta, os parâmetros de liberdade mudaram com o HIV?
      Sim, a AIDS veio como um choque pra uma geração que foi filha da geração da liberação sexual, do desbunde, da emancipação da mulher, da pílula anticoncepcional. De repente, as pessoas que nasceram no final dos anos 60, começo dos 70 tiveram que encarar uma nova doença violenta, fatal e que estava ligada ao amor e ao sexo. Foi um baque muito forte.

      Still de cena do longa metragem ' California ' , dirigido por Marina Person - Produção Mira FilmesLocal: São PauloData: Março de 2014 Foto: Aline Arruda

      Como seria a vida da Estela hoje em dia, o que ela ouviria, que cidade do mundo sonharia conhecer?
      Ah, acho que a Estela seria um pouco como eu. Eu gosto muito de cinema e de música, curto descobrir bandas novas e sou bastante ligada ao rock e à música brasileira. Acho que a Estela sonharia em conhecer a Índia com o JM, para descobrir o “sentido da vida”, haha.

      Still de cena do longa metragem ' California ' , dirigido por Marina Person - Produção Mira FilmesLocal: São PauloData: Março de 2014 Foto: Aline Arruda

      Com 18 anos de MTV, pode-se dizer que o seu gosto musical ajudou a formar o nosso. A trilha com Paralamas, Kid Abelha, Joy Division e Bowie  tem um “q” de arquivo sonoro pessoal?
      Tem muito! Escolhi essas músicas com dor de deixar coisas de fora. Os discos que aparecem no filme são quase todos meus, tanto na loja de discos quanto na casa de Estela e no quarto de JM. Na verdade, foi difícil selecionar, pois eu queria colocar 30 músicas na trilha! Queria que todas as bandas que eu amo estivessem ali, mas tem um limite de quantas músicas você pode colocar em um filme, né? Não cabe! Eu era (e sou) louca pelo Bowie, adoro The Cure e toda cena pós-punk que surgiu no Reino Unido nos anos 90.

      -4XbZ8Hl9mXQK-YbpI2TrPwH1EgjRoZ9wPP8BFFBww-_3bFz8-9GFaoiKHvql-uEnEkWvQ=w1321-h456

      Um filme imperdível pros “jovens” da geração 80 e pros jovens do século XXI. Imperdível pra quem ama música e pra quem deseja entender, sentir e lembrar um pouco dos dilemas e delícias da juventude.

      https://www.youtube.com/watch?v=wS7MlQJjUVU&feature=youtu.be

      Imperdível pra todas nós!

      03.12.15
    • mais notícias do silício

      bola_paulo

      A gente é fã dos cliques do @paulodelvalle no instagram, e foi por lá que acompanhamos a trip que ele fez com os amigos pela Califórnia e o Vale do Silício (que a gente já falou uma vez aqui). Curiosas que só, fomos descobrir também as dicas do Paulo, lê só:

      paulo10

      De onde surgiu a idéia da viagem e como vocês planejaram?

      No fim de 2013, recebi um email do Instagram dizendo que eles estavam vindo ao Rio e queriam me conhecer. Quando nos encontramos, surgiu o convite pra visitar a sede da empresa na Califórnia quando estivesse por lá. Convidei meus amigos Arthur, José Felipe, Pedro e Yugi pra fazermos uma road trip com destino final em San Francisco. Ficamos semanas planejando, fiz um post anunciando a viagem e recebi ótimas dicas. Como todos nós amamos usar o Instagram, decidimos criar uma hashtag pra viagem (#CANVAZadventure) pra todo mundo acompanhar as nossas fotos em um só lugar. No final da viagem, juntamos mais de 270 fotos em nossa hashtag!

      paulo1

      Qual foi o roteiro, quanto tempo levou a viagem e por quais empresas passaram?

      A gente tinha pouco tempo. Fizemos Califórnia, Nevada e Arizona. Partimos de Nevada pra um “bate e volta” até o Grand Canyon, no Arizona, em uma viagem de carro que dura cerca de 2h30. Aproveitamos para conhecer no caminho a grande e famosa represa que abastece Las Vegas, a Hoover Dam. Ficamos apenas 3 dias em Las Vegas e não foi suficiente pra conhecer tudo.

      paulo2

      Depois de Nevada, seguimos de carro para Califórnia, passando por Los Angeles, Santa Barbara, Santa Cruz, Vale do Silício e San Francisco. Nesses 2 últimos, a gente visitou Apple, Google, Facebook, Instagram, Pixar e VSCO. A Apple fica em Cupertino e não dá pra ver nada muito além da loja do campus, onde você encontra produtos que não vê em nenhuma outra Apple Store, como acessórios para escritório e mais.

      3.1

      De lá, partimos pra a cidade de Mountain View pra conhecer o Google. As várias bicicletas coloridas espalhadas pelo campus, mas são só pra empregados andarem – os seguranças chamaram nossa atenção quando subimos em algumas. Vimos uma passagem aberta, que dava para o pátio interno do Google, e aproveitamos pra entrar. Até hoje não sei se era permitido, mas foi legal ver o local onde os funcionários comem em um pátio com barracas coloridas, nas cores do Google.

      paulo3

      No final da trip, fomos até Emeryville, ao lado de San Francisco, pra ver a Pixar e a VSCO. Na Pixar a gente só pode ver o portão principal. Como somos fãs do aplicativo VSCO Cam, fomos até a empresa VSCO só pra ver como era. Quando chegamos lá, fomos super bem recebidos por um dos executivos da empresa, que nos apresentou ao CEO e fundador. Tivemos um papo incrível com ele, que até mesmo nos mostrou novas funcionalidades que outras pessoas de fora nunca tinham visto e nos deu alguns brindes.

      paulo5

      Qual a empresa mais legal que conheceram?

      Certamente foi o Facebook, e claro, o Instagram, que faz parte do Facebook. A sede fica em Menlo Park e é simplesmente incrível. Mas só convidados podem entrar! A gente assina um termo de confidencialidade, confirmando que não vamos falar pra ninguém sobre nenhum projeto que talvez tenhamos visto por lá. Depois, recebemos um crachá com os nossos nomes e podemos entrar acompanhados de quem nos convidou.

      paulo7

      O local é incrível e certamente deve ser um sonho trabalhar por lá. O ambiente transborda criatividade e te deixa inspirado pra trabalhar nos seus projetos. Todas as paredes tem grafittis e desenhos feitos por artistas e pelos próprios empregados. No pátio interno, tem bicicletas espalhadas e diversos restaurantes com todos os tipos de culinária. O melhor de tudo é que é tudo de graça, o dia todo, pra todo mundo (até mesmo para nós visitantes).

      paulo6

      O Facebook tem cerca de 19 prédios e o Instagram ocupa apenas metade de uma grande sala em um andar desses prédios, com cerca de 60 empregados. Foi incrível conhecer outros membros da equipe do Instagram e saber um pouco mais da história da empresa. No escritórios deles tem uma grande estante com diversas câmeras fotográficas antigas e também uma outra com diversas garrafas de whiskey Bourbon, pois a empresa antigamente se chamava Burbn.

      paulo8

      Surgiram novos projetos na viagem?

      Você certamente sai de dentro dessas empresas com uma imensa vontade de fazer parte daquilo tudo. Eu já venho trabalhando em um projeto pro Instagram, junto com o Yugi, e essa visita só nos deu mais força pra finalizarmos esse projeto. Foi incrível poder mostrá-lo pra a equipe do Instagram e receber um ótimo feedback de toda a equipe, inclusive dos dois criadores da empresa. Esses escritórios certamente nos inspiram e nos fazem querer fazer parte desse mundo, que é uma mistura de muito trabalho e diversão.

      Qual clique você fez por lá e mais gostou?

      A cidade de San Francisco fica a cerca de 45 min da região do Vale do Silício. Por lá, gostei muito de fotografar a Golden Gate Bridge, de vários ângulos diferentes. Fotografamos a ponte vista de baixo, em Fort Point, e de cima e do outro lado, em Battery Spencer. Quem for a San Francisco, tem que visitar a ponte pelo menos duas vezes, quando o tempo está limpo e quando a névoa está passando por ela. A Golden Gate é incrível de ser ver de todos os jeitos.

      paulo9

      Alguma dica imperdível pra quem for fazer o mesmo caminho?

      Mesmo pra quem não conhece ninguém em nenhuma dessas empresas do Vale do Silício, vale a visita às áreas externas das empresas. É muito legal ver o estilo de vida de quem trabalha lá. Uma outra dica que vale a pena e talvez poucas pessoas fazem nesse roteiro, é conhecer a Universidade de Stanford, em Palo Alto. O campus é enorme e incrível e só nos faz pensar como seria incrível e inspirador estudar em uma infra-estrutura daquela.

      A gente ficou sabendo que agora o Paulo tá pela Austrália… alguma dúvida de que vamos pegar as dicas também? hehe

      13.04.14
    • mergulhando no deserto

      bola_coachella

      Alguém ai contando os dias para embarcar numa das experiências mais esperadas da vida? Pois a Lu D’Angelo, amiga do adoro tá! E ela conta o porquê:

      coachella1

      “Daqui a alguns dias, vou participar de um dos maiores festivais do mundo, o Coachella. Os festivais retratam a cultura jovem-urbana de cada década, juntando música, atitude, artes e moda em um só lugar, e desde 1999, o Coachella vem escrevendo sua história.

      coachella2

      Muita expectativa e ansiedade pros dias que estão por vir – 11, 12 e 13 de abril – nos quais estarei sob o sol da Califórnia no deserto de Indio. Reunindo fãs de bandas e baladeiros no estado mais cool dos Estados Unidos, o Coachella é também um dos raros eventos no mundo onde as celebridades se divertem em meio ao público.

      coachella3

      Eu e mais 6 amigas fechamos o pacote do Coachella Weekend 1 La Quinta Resort Travel Package, que dá pra encontrar no próprio site do festival. Vale muito a pena, pois a gente fecha tudo de uma vez, 3 noites nesse hotel que é super legal, Vip Pass e Shuttle Pass pra todos os dias de evento.

      coachella4

      O festival rola todos os anos desde 2001. E esse ano os shows estão bombásticos! O primeiro dia tem como principal atração, nada menos que Outkast. Mas muitos shows são esperados: Ellie Goulding, Chromeo, Girl Talk…

      https://www.youtube.com/watch?v=F0tamp9XdqU

      Acho que o segundo dia (sábado) vai ser O melhor! Vamos ter Skrillex, Pharrel – que eu amo de paixão, Lorde, Foster the People, Fatboy Slim, MGMT, além de outros shows… E tem como principal atração a banda Muse.

      https://www.youtube.com/watch?v=JRMOMjCoR58

      O dia 13, domingo e último dia do primeiro finde, também vai dar o que falar, com Arcade Fire, Calvin Harris, Disclosure, Lana del Rey (ela é tudo), Motörhead e muitos outros.

      https://www.youtube.com/watch?v=7E0fVfectDo

      Durante o dia, antes do festival começar, rolam as pool parties que dizem que são imperdíveis. Nós já sabemos que vamos pra da Auslander no sábado! Não quero perder nenhum desses shows que falei aqui, e já me deram a dica pra chegar cedo e ver como é lindo tudo aquilo com a luz do sol do deserto da Califórnia, os looks de quem vai e os mínimos detalhes de tudo que rola.

      coachella5

      Leve toda a sua alegria, disposição e mais importante: HAVE FUN! O deserto vai ficar pequeno para você!

      04.04.14
    • no caminho do silício

      bola_silicio

      Quem nunca teve curiosidade de saber o que se passa logo ali, no Vale do Silício, na Califórnia, onde nasceram e se criaram algumas das maiorias empresas de internet? Pois o nosso amigo Bruno Bezerra (que você já viu aqui)teve a chance de fazer uma road trip por lá com uma galera antenada no mundo tecnológico, e veio contar pra gente:

      silicio4

      Qualquer um pode fazer esse percurso também? 

      Claro que pode, o percurso é super interessante e perfeito pra quem gosta de tecnologia. O legal é que o Vale do Silício reúne todos os gigantes da tecnologia e você consegue materializar essas empresas, conhecer o ambiente de trabalho e estar perto dos gênios que as desenvolvem.

      silicio2

      Quais empresas dá pra conhecer nessa viagem?

      Visitamos muitas empresas, como a Google e Apple, que são referências nesse turismo tecnológico. O Google, por exemplo, é como se fosse uma cidade com vários prédios. Você pode inclusive pegar uma bicicleta Google ara se locomover pela cidade. Algumas empresas não permitem que você entre no ambiente de trabalho, só se você tiver convite de um dos funcionários. Mas o “lado de fora” é tão surpreendente e tão rico de possibilidades que vale a pena conhecer.

      silicio3

      E qual foi a que mais te surpreendeu? Deu vontade de trabalhar em alguma, hehe?  

      A empresa que mais me impressionou foi a Google. Além de ter a estrutura de uma cidade, com bairros enormes, você vê gente passando do mundo inteiro. É uma rica diversidade cultural trabalhando em um só lugar. Outro lugar que me surpreendeu foi a empresa Evernote. Lá nosso grupo teve autorização de entrar e fomos recebidos por um funcionário simpático que nos explicou um pouco da dinâmica do trabalho e da rotina deles.

      silicio5

      “Lá os funcionários não têm ponto fixo de trabalho, você pode sentar onde tiver vontade, pegar um computador e começar a trabalhar. Se você quiser se exercitar na esteira, por exemplo, pode levar seu computador e conectar ao aparelho e continuar trabalhando. Além desse ambiente de trabalho super descontraído, tem uma câmera full time que conecta os escritórios do mundo todo. Se você está na sala de café fazendo um lanche pode acenar pro funcionário de um escritório do outro lado do mundo que está fazendo o mesmo. É muito bacana essa interatividade.”

      silicio6

      Surgiram novas idéias de projeto por lá? Já pode contar algum pra gente? 😉 

      Fiquei muito impressionado com as possibilidades do Google Glass que tive a oportunidade que conhecer nessa viagem. Quem sabe no futuro você não vai pedir para o seu óculos imprimir uma foto na hora?

      Qual a melhor vantagem de conhecer o Vale do Silício?  

      Na verdade, normalmente passamos o dia todo usando os produtos dessas empresas – Facebook, Instagram, Google Maps, Waze, etc, e eu nunca tinha ido em uma região em que pudesse materializar todas elas de uma vez só!

      valesilicio

      Boa pedida, né? Fica de olho que em breve a gente conta mais dicas imperdíveis dessa região…

      15.03.14
    • california here we come

      Um dos destinos mais sonhados dos cariocas ficou mais pertinho. É que o projeto California Experiences tá promovendo um concurso superlegal que vai levar dois brasileiros pra Califa!

      E mais incrível ainda é que, além da viagem, os dois ganhadores também vão ser acompanhados por um videomaker, que vai documentar toda a aventura!

      O resultado? Vídeos de mais ou menos 1 minuto que serão postados todos os dias no blog do portal durante os sete dias de percurso!

      Pra participar é só gravar um video de até um minuto contando “Por que você deve ser escolhido pra viajar pra Califórnia e viver uma experiência única?” e enviar pelo site! A votação vai ser feita pelas caixas de like do face e twitter, no site mesmo!

      Então não perde tempo, junta a galera e já pode ir arrumando as malas 😉

      16.05.12
    • cor no deserto de palm springs

      Olha só esse hotel super coloridão, em pleno deserto de Palm Springs, na Califórnia! O Hotel Saguaro Palm Springs abriu em fevereiro desse ano, e foi criado pelos arquitetos Peter Stamberg e Paul Aferiat.

      O estabelecimento foi projetado pra refletir o espírito vibrante e colorido do sudoeste do país, e cada cor foi inspirada em flores do deserto dessa região! Se bem que poderiam ter saído das cartelas de cores da Pantone!

      Como um arco-íris, os quartos do hotel mostram o contraste com as montanhas de terra, que inclusive, ficam na mesma área do festival de música Coachella – próximo ano a gente se hospeda lá 😉

      Dentro de cada quarto, mais cores! São 245 dormitórios, todos decorados com carpetes, paredes e móveis de colorações diferentes.

      Sem falar na recepção do hotel, que além de possuir tons de amarelo e laranja, é toda estampada com flores (dá pra perceber que a gente amou? hihihi).

      Amarelo, laranja, rosa, lilás… em que cor você vai querer ficar hospedado?

      01.05.12