• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

      Tag: amazônia

    • Semana da Amazônia

      Hoje é o Dia da Amazônia, sabia? E pra tornar essa data ainda mais significativa pra gente, vamos dedicar uma semana inteira de doação ao trabalho urgente do IDESAM – Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, nesse momento tão importante pra maior floresta tropical do mundo.

      A Amazônia é a casa de milhares de espécies de animais e plantas que dependem de toda a vida da floresta para viver e não desaparecem. Ou seja, a nossa colaboração irá ajudar mais de 30.000 espécies de plantas, mais de 1.300 espécies de aves, mais de 3.000 espécies de peixes, mais de 1.800 espécies de borboletas, e tantas outras vidas que fazem parte dessas florestas e rios.

      Pra cada compra feita entre 5 e 12 de setembro, a gente doa R$ 10 para que o nosso parceiro IDESAM, siga atuando no reflorestamento do município número 1 em queimadas do Brasil, o Apuí. De quebra, você ainda garante 20% de desconto na coleção.*

      E pra você ficar por dentro de tudo, a gente te conta pra onde vai a nossa doação. São 4 frentes estratégicas de ação do nosso parceiro, no Apuí.

      1. Criação de Inteligência Estratégica sobre o desmatamento e queimadas em Apuí;

      2. Construção de um plano emergencial de prevenção e combate a incêndios florestais. O período de estiagem (seca) segue até novembro e estima-se ainda um aumento das queimadas;

      3. Articulação de iniciativas para o apoio ao combate ao fogo e queimadas existentes;

      4. Criação de uma agenda positiva para restauração dos ecossistemas através da restauração florestal em áreas estratégicas com o plantio de sistemas agroflorestais e sistemas silvipastoris mostrando que é possível conciliar a produção agropecuária e florestal com a conservação de florestas nativas.

      Vamos juntos?

      #SomosAmazônia #SemanaDaAmazônia #VemJunto

      05.09.19
    • Amor à natureza é floresta em pé!

      Em 21 de setembro do ano passado a gente lançou o clube FARM, o nosso programa de reflorestamento e fidelidade, onde você, que é farmete de carteirinha, ajuda a reflorestar a Floresta Amazônica e a Mata Atlântica por R$10 reais mensais, e ainda garante exclusividades como acesso ao preview de coleções, descontos e experiências super bacanas. Falta pouco menos de 1 mês para completarmos um ano de clube, lançado no dia da Árvore. Mas, será que temos motivos pra festejar ou para relembrar mais uma vez a importância de agir – agora! – pelo futuro do meio ambiente que nos cerca e faz parte do no nosso dia a dia?

      O planeta está a cada dia dando mais sinais que o nosso consumo e todas as nossas ações não estão só interferindo no meio ambiente, mas prejudicando toda as vidas que dependem da natureza pra viver. Inclusive a nossa, seres humanos.

      Essa semana, o céu da maior metrópole do país escureceu como nunca antes visto. Não por apenas uma frente fria ou qualquer outro fenômeno natural, mas por ações destrutivas feitas por pessoas. São Paulo escureceu e o Brasil – e o mundo! – abriram os olhos pro resultado alarmante das queimadas que vêm ocorrendo na Floresta Amazônica.

      O Brasil registrou, entre janeiro e o último dia 19 de agosto, um aumento de 83% das queimadas em relação ao mesmo período de 2018, com 72.843 focos de incêndios até o momento. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que monitora o desmatamento por meio de imagens de satélite.

      O fogo está progredindo mesmo em áreas de proteção ambiental: 68 incêndios foram registrados em territórios indígenas e áreas de conservação somente nesta semana, a maioria deles na região amazônica. O estado de Mato Grosso, na região centro-oeste do Brasil, lidera as queimadas com 13.682 focos de incêndio em 2019. Um aumento de 87% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo o INPE. Mesmo entre julho e setembro, quando é proibido promover queimadas naquele Estado, houve um aumento de 205% no número de incêndios.

      Então, mais do que nunca, chegou a hora de refletirmos sobre como estamos agindo enquanto sociedade e enquanto indivíduos. Pensar que a Floresta Amazônica, as reservas indígenas, as nascentes de rios, a vida selvagem, não estão lá. Estão aqui, no nosso país, do nosso lado, no nosso dia a dia.

      Temos parceiros socioambientais incríveis que estão há um tempo nos acompanhando nesses pequenos-grandes passos pela mudança consciente que queremos ver no mundo. Fundação SOS Mata Atlântica, Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (IDESAM), Instituto Socioambiental (ISA) e os Yawanawá são as nossas grandes colaborações por ações tão importantes que fazem a diferença nessa nova e necessária visão de mundo. Mas precisamos agir mais e principalmente, conscientizar mais e mais pessoas, juntos!

      No primeiro ano, o Clube FARM tem como meta o plantio de 5 mil árvores nativas em cada bioma, ou seja, 10 mil árvores plantadas por meio das parcerias com a SOS Mata Atlântica e o IDESAM. E falta muito pouco pra gente alcançar esse número tão importante. Porém, ainda precisamos seguir ainda mais persistentes depois das queimadas alarmantes e notícias tão preocupantes em relação ao cuidado com as nossas florestas que não param de chegar.

      E se você quer fazer parte dessa força tarefa pela vida que pulsa e pede ajuda nas matas, rios e mares e não sabe como começar a gente ajuda! A dica é acompanhar as notícias, novidades e iniciativas do nossos parceiros e toda a galera que tá se posicionando nesse momento tão importante pelas nossas florestas.

      Vá atrás das informações, dados, notícias. Acompanhe o trabalho dos institutos ambientais. Compartilhe conhecimento pela vida da natureza. Mude os hábitos que prejudicam o meio ambiente. Esteja presente nessa causa!

      A caminhada continua e pra gente continuar refletindo e principalmente, agindo, pelo meio ambiente, então dá uma pausa um pouquinho no que estiver fazendo e presta atenção na mensagem dos povos a floresta, feito pelo nosso parceiro Instituto Socioambiental (ISA), que completa esse ano, 25 anos de luta pela vida nas matas e pela floresta em pé.

      23.08.19
    • um lugar pra conhecer… e amar!

      bola

      Você conhece a Amazônia? Já foi pra lá? Não? Então talvez tenha chegado a hora de ganhar asas e partir rumo ao maior jardim que o Brasil poderia ter! A Amazônia existe em nove países e somos os mais afortunados. Guiana, Guiana Francesa, Suriname, Venezuela, Colômbia, Peru, Equador e Bolívia não tiveram o privilégio que o Brasil teve: 60% da área total da floresta está aqui! Somos tão sortudos…

      1

      Como diz o cientista Antonio Nobre em sua palestra no TEDxAmazonia, a floresta amazônica é um “berço esplêndido de vida verde”. Tem muita vida e beleza, praias, o ar mais puro do mundo (quando as queimadas provocadas por nós, seres humanos, não enchem o ar de fumaça, como tem acontecido com Manaus, no Amazonas. Triste!). Mas é bom a gente saber e lembrar: em seu estado natural, a Amazônia nos presenteia com o ar mais puro da Terra!

      1.1

      Este post é pequeno com uma mensagem grande, muito grande: a Amazônia pede nossa ajuda para continuar pulsando como órgão vital do nosso planeta. Ela merece viver. As araras merecem viver. As onças merecem viver. Os macacos e botos e peixes de todas as espécies e árvores gigantes e pessoas, pessoas lindas, os caboclos e indígenas da mata, eles merecem viver. A gente merece. Quanto mais Amazônia, melhor para todo mundo, especialmente pros donos do jardim!

      2

      Então cá fica o nosso pedido: fale da Amazônia, interesse-se por ela pra bem além do que falam por aí. Veja fotografias bonitas da floresta. Tome coragem, encha-se com o espírito de aventura pelo desconhecido (que todos temos) e passe alguns dias na região em um bom hotel de selva – eles existem! Ou em alguma comunidade com turismo comunitário. Mas vá, sinta, toque, cheire, experiencie! Não deixa o medo te impedir de conhecer beeeem de perto essa maravilha, viu?

      3

      Afinal, como nos lembra o inspirador poeta amazonense Thiago de Mello, nascido em terras amazônicas…“filho da Terra, a floresta é a mais luminosa bênção que a natureza te deu”. A gente apoia o movimento de despertar amor e empatia pela floresta.

      Vamos juntos?

      18.01.16
    • um santuário no coração da amazônia

      bola_cristalino

      Hoje a Mari, do The Summer Hunter (que a gente entrevistou aqui, lembra?), inaugura a coluna deles por aqui com dica de viagem linda na Amazônia. Vem entrar no clima desse lugar incrível que é nosso ♥:

      cristalino_1

      A floresta ainda tá amanhecendo lá fora, mas o despertador já tocou por aqui. Aos poucos a noite vai se despedindo. E quem canta agora são os passarinhos, iniciando os voos do dia que nasce, a cada novo raio de luz que surge na mata. O café da manhã é farto e saboroso, feito tempero da vovó, e tem toda a energia que precisamos pra mais uma aventura na Amazônia.

      cristalino_2

      O Cristalino Lodge é considerado um dos melhores eco-lodges – hotéis especializados em ecoturismo – do mundo. Ele fica em Alta Floresta, no norte do Mato Grosso, à beira do Rio Cristalino. E é uma pequena clareira, no coração de uma das áreas mais preservadas e biodiversas da floresta amazônica. Um santuário ecológico, capaz de proporcionar vivências profundas e inesquecíveis neste bioma tão poderoso.

      cristalino_3

      E foi naquele pequeno paraíso que vivi as experiências mais inimagináveis e lindas. Um encontro casual com uma sucuri tomando banho de sol em uma pequena prainha na beira do rio; o reflexo verde florescente nas águas pretas do rio; ter o prazer de conhecer guias que amam a floresta e já são parte dela, e poder aprender um pouquinho com os seus gestos e sabedorias; sentir a energia de uma castanheira de mais de 350 anos e presenciar as noites mais estreladas da minha vida, são só alguns dos infinitos detalhes dessa viagem.

      cristalino_4

      Um dia estávamos no barco, bem devagarinho, até que Jorge, um dos guias e mestres passarinheiros do Cristalino, parou, desligou o motor e pediu que fizemos silêncio. Era um tamanduá-colete, que ele conseguia ouvir ao longe na mata. Encostou o barco, nos chamou para entrar em uma pequena trilha e de repente, lá estava ele. Pequeno, fofo e imóvel, desde que sentiu a nossa presença. Acho que nunca vou esquecer esse momento, esse dia e tudo isso.

      133234211431212_960_544_s_c1

      Porque é mesmo muito transformador ver de perto uma conexão tão poderosa com a natureza. Sentir o respeito e o amor que os guias do Cristalino têm por aquele verde precioso é lindo. Hoje só agradeço a possibilidade de expandir meus universos nesse lugar tão mágico, com pessoas tão incríveis por perto.

      cristalino_6

      O Cristalino também é um dos destinos preferidos dos passarinheiros do mundo, já que é possível observar um terço das aves brasileiras e aproximadamente 50% das espécies amazônicas por lá. Fora os labirintos místicos da sua fauna e flora. Mais de 1576 borboletas já foram catalogadas na região. E muitos outros seres da floresta vão cruzar o seu caminho. Sempre. Entre insetos coloridos, sapinhos mil, queixadas, antas, tamanduás, capivaras e muitos macacos, você sempre pode tirar a sorte grande e, quem sabe, presenciar uma onça-pintada em seu habitat natural.

      cristalino_5

      E as possibilidades vão ser sempre infinitas e únicas. Pra saber mais sobre este santuário e planejar a sua próxima viagem pra Amazônia, mergulhe no site oficial do Cristalino Lodge.

      17.04.15
    • o norte do brasil

      bola_amazonia

      Segundo Lama Gangchen Rinpoche, líder budista tibetano, a Amazônia é um dos maiores pólos energéticos da Terra. Viajar pra lá é se conectar com a natureza do mundo e com a nossa. Foi assim que nasceu o papo com a Adhara, que passou a infância em Alter do Chão e agora organiza uma das viagens mais incríveis da vida pra lá. Partiu?  (mais…)

      15.12.14
    • a energia do amor

      bola_karina

      Há pouco tempo, a gente teve uma experiência incrível com a galera do + Asas (e contamos tudo por aqui, lembra?). Uma delas foi o reiki, técnica de cura, captação e transmissão de energia cósmica, aplicada pela querida Karina Miotto. A gente foi conversar com ela pra entender como funciona e garante: faz bem mesmo. Vem ver!

      karina1

      O reiki foi descoberto no Japão, na metade do século XIX, pelo professor Mikao Usui. Na vida da Karina, a técnica entrou em 2005, durante um final de semana despretensioso e, de lá pra cá, não saiu mais. A Ka ficou anos aplicando reiki nela mesma e em outras pessoas, até que, em 2010, fez o mestrado pra começar a repassar o conhecimento. Justo, né? Energia compartilhada é ensinamento compartilhado! 🙂

      karina5

      “É uma técnica totalmente positiva que atua nos chacras e reequilibra nossas forças físicas, mentais, emocionais e espirituais. Não à toa, os verbos que representam as iniciações são despertar, transformar e realizar. Com ele, emitimos vibrações de cura e amor a multidões, curamos processos kármicos e inconscientes de nossas emoções e de nossa personalidade. Eu me tornei uma pessoa mais calma”, explica.

      karina10

      O reiki ajuda a Ka a se manter conectada com ela mesma, com todos os seus propósitos de vida e a conectar pessoas. Qualquer um pode receber a técnica, desde que queira e esteja com o coração aberto pra isso. Segundo ela, inclusive, é esse coração aberto a maior preparação que a gente pode ter pra se tornar um canal potente de cura pra nós e pro mundo. Lindo!

      natureza

      A partir dessa consciência de conexão, a Ka, que é jornalista, dá vida a projetos ambientais incríveis, como a Caminhada pelo Clima, que aconteceu recentemente no Rio de Janeiro e a gente contou por aqui. O fato é que a relação dela com a natureza ficou ainda mais forte desde que morou na Amazônia.

      karina7

      “A Amazônia sempre foi uma grande paixão. Quando foquei a carreira no jornalismo ambiental, não tive dúvidas de que deveria morar lá. Em Manaus, trabalhei pro Greenpeace, escrevi pra diversos locais e minha carreira decolou. Depois, em Belém, trabalhei pra Amazon Watch e acompanhei de perto as atrocidades do processo de construção da hidrelétrica Belo Monte, no Xingu. O TED veio em meio a tudo isso!”, conta.

      karina4

      Durante a estadia na Amazônia e após assistir ao TEDxAmazônia, ela teve a ideia de fazer o primeiro TEDx do Pará, o TEDxVer-o-Peso. O orgulho é infinito  e o aprendizado não para. Prova disso é que, tempos depois, a Ka participou do TEDxRibeirão com a palestra “Intuição como ponto de partida”. Dá play aqui pra assistir!

      penochao

      “Pra mim, o mais importante nisso tudo, ouvindo minha sabedoria interna, é sentir-se conectado em suas mais amplas formas, a si mesmo, à natureza, à divindade e ao outro. Talvez isso se chame união verdadeira. Eu chamo de amor”.

      Ah! Que papo delícia de renovar a fé na vida, né? Pra conversar com ela e saber mais sobre o reiki e como recebê-lo, corre aqui karina.miotto@gmail.com. O blog da Ká tem muita coisa legal também.
      Aproveita! 🙂

      29.09.14
    • desvendando a floresta amazônica, parte dois!

      Ontem a gente começou a contar sobre a viagem da Manu pra floresta amazônica e o visu de deixar qualquer um maravilhado…. agora vem ver os detalhes dessa exploração!

      Olha que incrível a paisagem vista de dentro do barco!

      Besouros, crocodilos, morcegos (haja coragem), frutas mil e outras espécies que só mesmo indo lá pra ver de perto! E as cores, cheias de vida?

      Como toda viagem tem também a hora do descanso, nada melhor pra relaxar do que drinks super exóticos feitos com frutas idem junto com um solzinho no deque – hummmm!

      Um beijo e super obrigada pra Manu, por dividir com a gente essa experiência tropical! Amamos 🙂

      08.03.11
    • desvendando a floresta amazônica, parte um!

      A Manu Borges, uma amiga nossa ♥, passou 3 dias no sul da amazônia brasileira, ao redor do Rio Cristalino, que é uma reserva particular super conhecida pela biodiversidade. Lá é onde a gente pode ver a maior variedade de fauna e flora em toda a região amazônica!

      Dentro da reserva fica o Cristalino Jungle Lodge, um “hotel” (tipo vários bangalôs espalhados na floresta, super bacana!) quase na beira do rio :D. Além de práticas sustentáveis, eles praticam o turismo responsável, pra dar aos hóspedes uma experiência única mostrando a importância de tudo que tá em volta.

      Pra isso, eles contam com uma incrível torre de observação bem no meio da floresta, passeios de barco, trilhas…. impossível não se sentir conectada com a natureza depois dessas experiências, né?

      Olha que demais as imagens da floresta vistas da torre, de tirar o fôlego! Ela conta que a mata é muito densa e o ar, úmido, pesado, tipo o que a gente imagina vendo filmes como Jurassic Park, que a gente acha que se existisse, ficaria no meio da Reserva ;P

      Esse moço aí na foto é o Sebastião, guia do hotel e amante da natureza. Ele quem levou o grupo da Manu pra fazer todos esses passeios!

      Fica ligada que amanhã a gente mostra mais da viagem da Manu! 😉

      07.03.11
    • verde que te quero verde

      Quem ainda não conhece, tem que ir pelo menos uma vez na vida. A Amazônia é um dos lugares mais lindos do mundo e fica aqui, do nosso lado.

      A gente só fica triste por ter lido aqui e aqui, que no mês de Junho o desmatamento na floresta amazônica aumentou 15% em relação a Junho de 2009, e deixa nosso alerta pra todo mundo ficar de olho e procurar fazer sua parte na preservação desse paraíso 😉

      Além da vontade de não querer voltar pra casa, trouxemos na mala muita inspiração pra formas e cores de Ximbuktu.

      Folhas, penas, flores e nosso mascotinho foram importados diretamente de lá, e se transformaram em estampas, texturas e acessórios.

      Muita lindeza original de Ximbuktu pra colorir o seu verão.

      28.07.10