• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • copacabana sentimental

      bola_copacabana

      E se Copacabana pudesse expressar seus sentimentos? Escandalosa, tremenda, brutal… Juliana Rocha, fotógrafa de 25 anos e há 3 retratando a alma encantadora das ruas pro RIOetc, emprestou sua sensibilidade pisciana pra deixar nossa tão querida Copa desabafar.

      copa_deleitosa

      #copacabanasentimental é o mais novo projeto de Juliana e define, em apenas um adjetivo, o mood do bairro a cada manhã. Ju descobriu durante uma de suas corridas matinais que a luz desse horário, logo nos primeiro raios do dia é perfeita pra retratar o que há de mais sentimental na orla de Copacabana.

      copa_enfeiticada

      Longe da câmera profissional que carrega quase que 24 horas por dia a tiracolo, é naquele momento da corrida, ainda antes de começar o dia pra valer, que ela se sente praticamente em fusão com a tal Princesinha do Mar. “Eu me confundo com Copacabana, mas ela é muito mais corajosa que eu”, explica. “Ela grita personalidade até a última gota d’água” e isso fica claro em cada nova foto que pipoca em seu Instagram.

      copa_sincronizada

      Em apenas 3 meses, o projeto já conquista olhares atentos e curiosos de muitos de seus seguidores no Instagram. Um deles, o escritor Abílio Luiz Ribeiro Alves, escolheu uma foto da série para ser a capa de seu novo livro, “Siboney”, editado pela VERVE e que será lançado em breve.

      copa_destemida

      Em outro caso, uma grande amiga da fotógrafa pediu pra imprimir todas as fotos da série para decorar a sala de sua nova casa, na Escócia, e assim sentir menos saudade das cores de cá. O reconhecimento foi uma grata surpresa. “Não existe um padrão, as pessoas se sensibilizam com fotos muito diferentes entre si e eu adoro isso de conseguir atingir as pessoas”.

      copa_brutal

      Pra quem pegou o bonde andando, Juliana manda avisar: a orla de Copacabana também merece respeito e as curvas das montanhas vistas do posto 6 não devem em nada pros Dois Irmãos.

      copa_chorosa

      Pra seguir esse olhar mais que autêntico e sensível, é só seguir @rochajuliana e esperar por aquela dose de inspiração diária logo de manhã. Não tem erro 😉

      26.11.13