• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • clara mazini e o ver além

      Que sensações uma fotografia desperta em você? Pra Clara Mazini, fotógrafa que tem uma conexão especial com tudo que vê, suas fotografias despertam um olhar além do óbvio. Possibilidades mil de ver o que está na nossa frente e ao nosso redor. Afinal, a própria vida é isso, né? Perceber, sentir, notar, pensar, guardar em uma fotografia tudo que vai além e nos mostra novos olhares.

      O trabalho da Clara envolve muito a questão do reflexo e da sombra – a geometria também tem uma super importância nas composições. “O meu interesse pela fotografia é um reflexo no meu interesse pelas coisas ao redor”, conta ela.

      E essa conexão começou assim, olhando, observando, percebendo…

      “Quando olhamos algo atentamente descobrimos novas perspectivas e isso é uma das coisas mais bonitas que existe. Se dedicar a olhar o outro e tudo aquilo que vai além de nós mesmos torna a gente muito melhor. Gosto de foto porque gosto de cinema, de arte, da natureza, das pequenas coisas, das pessoas. A vida me emociona“

      E por falar em emoção, uma das séries fotográficas da Clara é “Mar Adentro”, que registra momentos em que muitas pessoas simplesmente param e sentem o poder do mar em cada um.

      “Essa série vem sendo feita em uma praia urbana, no fim da tarde. Notei que a essa hora muitas pessoas vão pra beira da água pra ter um momento de pausa – não se trata de banhistas, mas de pessoas que optam por uma breve quebra na rotina corrida para um momento de contemplação. Essa mistura do urbano com o natural, da realidade com a fantastia me interessou, e daí surgiu a série. Optei pelas imagens dos reflexos porque a mistura das pessoas com o espelho da água reflete esse ponto de encontro e de contraste entre a cidade e a natureza que me encanta. Também foi uma forma de não apontar a câmera diretamente para as pessoas – queria interferir o mínimo naquele instante, registrar sem ser notada.”

      E claro, a gente não poderia deixar de perguntar: o que o mar representa pra você?

      O mar é um mundo de mistério e imprevisibilidade. Gosto do fato de ele ser um ambiente que jamais será domesticado pelo ser humano.

      Além de ‘mar adentro’ suas outras fotografias também falam muito sobre natureza, sensibilidade…

      Minhas fotos exploram muito a relação entre a natureza e a cidade. Essa coexistência por vezes dolorosa guarda também muitas belezas. Me interessam os céus urbanos, a luz do sol recortada pelas janelas, as flores e folhas que bóiam nas piscinas dos prédios. Os assuntos são infinitos, assim como a minha busca. Sempre vai ter algo novo pra ver e se espantar quando a gente desacostuma o olhar.

      E existe aquele dia especial pra fotografar?

      Todo dia. No trânsito, nos grandes centros urbanos, nos dias fechados, nos finais de tarde bonitos… A realidade tá aí pra ser constantemente redescoberta.

      Sentiu vontade de sair por aí descobrindo realidades? A gente também! Câmera ou celular na mão, olhos bem abertos e bora olhar além por esse mundão afora. 

      18.06.18