• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • sinara, sinara!

      bola-sinara

      Um ano em estúdio, alguns anos caindo na estrada. De apresentações em clima familiar no Baixo Gávea a shows pra mais de duas mil pessoas, da herança musical privilegiada a vivências particulares que até parecem história de filme… Assim nasceu Sol, o primeiro EP dos meninos da Sinara.

      4

      “A banda surgiu das composições do Luthuli. Nos conhecemos ainda meninos, na Rocinha, onde ele nasceu, e nos reencontramos anos depois na escola. Já éramos amigos e viramos irmãos. Começamos a criar juntos e então chamei meu tio e meu primo pra formar uma banda. Éramos quatro. Depois, surgiu a dádiva do Magno, que é nosso baixista”, conta o Francisco Gil, guitarrista da Sinara.

      3

      A ideia de criar o EP foi orgânica, assim como todo processo de construção do disco. Depois de dois anos e meio juntos, sentiram a necessidade de dar forma ao projeto, que é a interseção de todas as referências, musicalidades e vivências dos meninos. Tem samba, axé, afoxé, chachado… Tem o Brasil e a veia de cada um.

      2

      E falando nisso, o Francisco e o João, netos do Gilberto Gil, e o José, caçula do cantor, embora tragam a força de uma herança genética, não dispensam o percorrer da própria estrada: “Meu avô nunca teve interferência direta no nosso som, o bordão dele é ‘deixe os meninos’. E deixar a gente não é só dar liberdade, mas é dar espaço. O estúdio que a gente ensaia é o estúdio dele, temos a oportunidade de ter esse sangue, de ter essa veia musical e, muito por isso, a banda toda é uma família. Hoje, o amor que temos um pelo outro é igual. O que tenho pelo Magno é o que eu tenho pelo meu tio e por aí vai…”, conta o Francisco.

      1

      E se o papo tá bom, a vontade de sentir a vibe da galera ao vivo é ainda maior. Dá pra entrar no clima assistindo ao clipe de Floresta (clica aqui) e se preparando pro show de lançamento que rola amanhã no Paiol (aê, Rio de Janeiro) com musicas autorais e alguns covers, como Novos Baianos, Edson Gomes… Tudo com a brasilidade nossa de cada dia. Tem jeito não: já somos fãs! ♥

      5

      “A gente tem muitas ideias e ideais. Queremos renovar o cenário que a gente vive nessa esfera tão nebulosa. Por exemplo, quando lançamos a campanha #SolSexta13 no instagram, onde não nos indentificamos de primeira, era pra que as pessoas conhecessem nossa verdade, antes do nosso som”. O movimento deu certo, o som também. E agora a expectativa já tem data, lugar e hora marcada. Partiu, Paiol?

      Confirma presença aqui e a gente se vê amanhã! 🙂

      04.12.15