• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • rádio FARM apresenta – céu

      bola_radiofarm

      A Radio FARM apresenta hoje está pra lá de especial e comemora a vinda da Céu pro Circo Voador tocando na íntegra “Catch a Fire”, o álbum mais emblemático do Bob Marley. A idéia nasceu no ano passado pra homenagear os 40 anos de lançamento do disco e de lá pra cá ganhou força. Não é pra menos: além de linda, a Céu sabe a que veio. A gente bateu um papo com ela pra conferir os detalhes. Fica de olho! 😉

      ceu1

      “O reggae tá na minha vida desde a adolescência e isso com certeza por influência do Bob Marley. Foi ele quem me levou pra música da Jamaica que, aliás, carrega um mundo de estilos além do reggae, como o double, o ska, o dancehall… Acredito que trago essa estética pro meu som. Muito do convite de regravar o Bob se deu por essa sonoridade familiar”, conta Céu.

      ceu2

      O álbum original, gravado em 73, foi o responsável por levar o reggae do The Wailers pro mundo. É claro que reviver o disco na íntegra é a maior responsa, mas a Céu garante que encarou o processo de forma tranquila: “Senti a responsabilidade, mas, acima de tudo, fiz o projeto com respeito. A música do Bob faz parte da vida das pessoas. Sempre pesquisei sobre ele com muito amor. Levei tudo isso quase que como uma missão, uma devoção”, explica.

      ceu4

      O show que rola no próximo dia 25 marca não só um momento importante na carreira como na vida pessoal da Céu: “Estou com as melhores expectativas pro show, principalmente por ser no Rio e por ser no Circo Voador. O Circo é a minha casa de shows favorita. A maneira como eles dispõem o público e a relação próxima de palco/plateia fazem o ambiente mais especial. O Circo, pra mim, é astral. Isso define!”, conta Céu.

      ceu3

      A gente concorda. O Rio de Janeiro é a nossa essência e o Circo tá ali, bem no meio, transbordando amor. A Céu, embora paulistana, é apaixonada pela cidade maravilhosa, que tem um movimento muito orgânico, tal qual o som dela: “Sou muito ligada à natureza. Tenho o Brasil em mim, cresci na praia, mesmo morando em Sampa, e o Rio tem esse frescor, esse timing diferente, mais tranquilo”.

      ceu5

      “Se tem uma música que define a cidade, com certeza, é “Aquele Abraço“, do Gil, porque o Rio, com certeza, continua lindo. É fácil cantar o Rio. Ele é orgânico“, finaliza. Pra entrar no clima, dá play em “Retrovisor”, música do álbum “Caravana Sereia Bloom”, que, aliás, lança DVD em breve! 😉

      Depois dessa declaração linda, só resta a gente dizer que é recíproco, dar mais que boas-vindas à Céu e contar os dias pro próximo sábado. Vai ser histórico. Vem! ♥

      19.10.14