• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • Sim! máscaras pra usar!

      Post atualizado em 27/07.

      A gente tem visto um movimento latente na indústria da moda para a produção de máscaras que auxiliem na proteção e no combate à propagação da COVID 19. Empresas do mundo inteiro têm aproveitado tecidos e matéria-prima têxtil para a fabricação desses materiais… e, por aqui, o GRUPO SOMA seguiu o mesmo caminho.  Em parceria com a SILVA PRODUTORA, produzimos mais de 50 mil máscaras para serem distribuídas nas favelas do Rio de Janeiro. Os detalhes você descobre abaixo, ó!

      Ao todo, foram 6 mil metros de tecido da FARM que resultaram na produção de 52 mil máscaras. 70 colaboradores nossos participaram do processo ao lado de 120 colaboradores terceirizados dos fornecedores P&K MODAS, no Complexo do Alemão, e Malu Modas. A escolha pela SILVA como grande parceira do projeto é pontual: a produtora tem como objetivo o diálogo com a periferia e com moradores de favelas a partir da descontrução de estereótipos de raça e classe na comunicação e na moda.

      “Tudo isso só faz sentido à medica que conseguimos entrar nos espaços e trazer mais gente, através do nosso trabalho. Quando a FARM apresentou o projeto das máscaras, nosso primeiro pensamento foi: ‘precisamos fazer chegar em quem precisa’, mas além disso, chegar da forma certa e fazendo ponte com líderes comunitários que são os melhores conectores que poderíamos ter. Estar nessa parceria é importante, pois é algo em grande escala e vai chegar em muita gente!”, Clariza Rosa, sócia-fundadora da SILVA.

      Há evidências de que as máscaras podem ajudar a previnir a transmissão de micro-organismos das mãos para a boca. E é contando com a distribuição desses materiais em grande escala e com os hábitos rigorosos de higienização, principalmente das mãos, que a gente acredita que fará a diferença nesse período tão delicado.

      Na nossa Fábrica, por exemplo, a produção contou com um grande suporte de segurança e higienização. Segundo Paulo Brito, Head Industrial do Grupo SOMA, o objetivo era realizar a feitura das máscaras, sem romper com as barreiras de cuidado e proteção: “Trabalhamos a 2m de distância entre um e outro, trocávamos de máscaras de 2h em 2h e escolhemos fornecedores que já estavam em produção nessas condições. Deu tudo certo e muita gente será beneficiada!”, conta.

      Na sexta-feira, 24.04, vai rolar um bate-papo no @adorofarm com a Taci Abreu, head de marketing da FARM, e a Clariza sobre a indústria da moda e a COVID 19. É às 10h e você tá mais do que convidade. A gente tá muito feliz por realizar essa parceria cheia de significado e função, reafirmando nosso olhar para quem tá a volta. A transformação já está sendo de dentro pra fora:

      “Foi um processo muito intenso, pois tínhamos pouco tempo para cortar as máscaras. Todos os colaboradores convidados pra esse projeto foram muito dedicados. O pessoal do estoque em separar os tecidos, o pessoal do corte em usar todos os nossos equipamentos disponíveis. A união de todo mundo foi importante”, conta o  Alexandre Gomes, encarregado de corte do grupo SOMA.

      _

      Agradecemos à SILVA PRODUÇÕES que mapeou as favelas beneficiadas pela doação das máscaras. Foram elas: Kennedy, Morro São João, Morro do Macaco, Mangueira, Morro da Formiga, Barreira do Vasco.

      Dona Marta e Fallet Fogueteiro foram duas favelas mapeadas, respectivamente, pela Kátia Barros, diretora criativa da FARM, e Luiz Fernando, assistente do departamento de comunicação.

      Agradecemos aos projetos participantes: Projeto Odarah Cultura e missão, Projeto dom quixote, Barbearia do mineiro, ONG Rio de paz, Associação de moradores e comerciantes do Fallet fogueteiro, Projeto BASE, Clinica Santa Marta e escola de artes, Projeto girassol, Projeto SAAF e Projeto Curta a infância.

      E agente agradece a você, que acredita na gente e na nossa capacidade de transformação. Tem muito de você nessa doação e em tantos projetos que a gente realiza.

      Vamos juntos e vamos sempre! #MascarasdoBem

      22.04.20