• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • sempre teremos paris…

      bola

      Não se fala em outra coisa. E esse é sem dúvidas o maior talento de Karl Lagerfeld, mais do que a eterna reinvenção dos ícones de Gabrielle (estão sempre lá os conjuntinhos em tweed, camélias e pérolas), o que nos lembramos, ano após ano, é do circo apoteótico armado pelo Kaiser nos desfiles da Chanel.

      foto1

      E nesse ano Karl transformou o desfile da marca mais luxuosa do planeta num grande supermercado. Do luxo ao lixo, o que se viu foi uma grande miscelânea do mundo pop e a clara obsessão do estilista em rejuvenecer a marca. Vestidos com legging, tênis, rasgos, correntes. E não, não se fala em outra coisa!

      chanel

      Num grande contraponto, Nicolas Ghesquière estrea tranquilo e infalível na Louis Vuitton, com desfile enxuto, clássico como pede a essência da marca, mas recheado de tecnologia, modelagem A (aposta certa da temporada!), casacos indefectíveis, e as bolsas com as quais vamos sonhar noite e dia!

      lv

      A elegância discreta e impecável também são marca da Céline, que ano após ano não abre mão do repertório que permeia armários de mulheres perfeitas, que passeiam pelo mundo chamando pouca atenção, e reinando em absoluto justamente por isso!

      celine

      Já a passarela da Balmain foi dominada por belas amazonas de uma selva de concreto, armadas de couro, ombros largos e poder. A novidade fica por conta da calça cargo, que apareceu em desfiles o suficiente pra aceitarmos de vez a sua volta triunfal. Vai encarar?

      balmain

      As últimas românticas por sua vez sempre terão na Valentino seu porto-seguro. Podem dormir seu sono encantado confiantes de que a Maison vai a cada temporada encantar com vestidos deslumbrantes e ultrafemininos que povoam os sonhos de qualquer mortal. E seremos felizes pra sempre!

      eterno_romantico

      Poder, luxo, romance, a marca jovem da Prada não pensa em nada disso, as meninas Miu Miu só querem é se divertir! Pra isso nada melhor que tons apastelados, comprimentos curtíssimos, brilhos, tricots, pegada esportiva e ela, a onipresente modelagem A (… de Amamos!).

      miumiu

      Isabel Marant fez das ruas sua selva onde mulheres sexies e superurbanas seguem seguras desfilando referências street-confort em maxitricots (também muito vistos por aí!), calças pijama, cargos (é, aceitemos!), mas sem perder o apelo rocker, marca da estilista.

      isabel

      Com uma restrospectiva da carreira atraíndo filas durante a semana de moda, o mestre do Antwerp Six Dries Van Noten nunca decepciona. Segue com coleções visionárias que apontam sem nenhum estardalhaço o caminho que todos os outros irão seguir.

      dvn

      Raf Simons descobriu uma fórmula que parecia impossível, ao contrário de Galliano, que imprimiu na Dior seu estilo marcante e escandaloso, o estilista belga consegue manter sua mistura de cores e seu corte perfeito, fazendo tudo o que se espera da Maison Dior: beleza eterna!

      dior

      Anotou? Vestidos com legging, calça cargo, sapatos masculinos, vestidos com modelagem A… mas por favor, nada de saques no supermercado! 😉

      07.03.14