• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • Vida livre é todo dia!

      Você já conhece o Vida Livre, né? Instituto parceiro de “É o Bicho” que trabalha em prol da soltura e reabilitação de animais silvestres vítimas do tráfico de fauna no Brasil.

      Eles existem há quatro anos e já contabilizam mais de 6000 animais silvestres de diversas espécies resgatados e atendidos, atuando em sete projetos de reabilitação e soltura no estado do Rio de Janeiro. Isso tudo faz com que eles sejam, hoje, o principal parceiro do IBAMA-RJ na reabilitação e destinação desses animais silvestres no estado, ativando outras instituições e pessoas para a causa.

      Bom, tê-los como parceiro e poder ajudar nessa causa que é tão verdadeira pra gente já é um presentão. Mas, se já não bastasse, eles deram pra gente a oportunidade de viver um dos dias mais especiais da nossa história: uma ação de soltura.

      Foi pela manhã que saímos da fábrica da FARM em direção a uma fazenda, no interior do Rio. Lá, sob a supervisão do Roched Seba, sócio-fundador do Vida Livre, e da Dani Aires, veterinária do Instituto, soltamos maritacas, gaviões, jibóias, uma coruja e um cagado, e introduzimos um tucano para reabilitação.

      O Vida Livre fala sobre liberdade a todos os seres vivos. E estar tão perto desses animais por alguns segundos foi privilégio e aprendizado. Nos emocionamos, rimos, nos libertamos e libertamos esses seres.

      “Um dos momentos mais emocionantes foi a soltura da coruja. Antes de alçar voo, ela olhou para trás, onde estávamos, como se estivesse estabelecendo um contato de agradecimento conosco. Foi lindo, emocionante. Impossível esquecer aquele olharzinho”, conta Fernanda Cardoso, analista de comunicação da FARM.

      A gradenza de cada animal solto é inimaginável. Os sons, as cores, os movimentos. Tudo isso reforça a necessidade urgente de cuidarmos do meio que é deles, e é nosso. De proteger e nos proteger junto.

      “Se eu pudesse definir a minha relação com a natureza em uma palavra seria ‘sou’. Nós somos a natureza.”, conta Roched.

      Só é possível juntos.

      Muito amor e longevidade ao Vida Livre! ♥

      30.07.19