• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • o futuro de paris

      bola_paris

      A gente já falou por aqui sobre as tendências da semana de moda de Paris que a gente já tinha antecipado na nossa coleção. 🙂 Vem saber o que mais rolou na semana de moda que a gente ♥!

      10

      Esqueça Paris. Ou melhor, esqueça o rigor, a formalidade e o requinte que costumam acompanhar a tradicional moda francesa. Nos desfiles de primavera as principais Maisons da moda mundial parecem ter mergulhado na fonte da juventude. O resultado nem sempre provoca desejo imediado, mas é no mínimo interessante ver os estilistas saíndo do sério. E se seriedade nunca foi o forte de Karl Lagerfeld, a Chanel nunca pareceu tão fresca e audaciosa com mil sobreposições, misturas de cores e um resultado muitas vezes duvidoso, mas inegavelmente fresh.

      2_chanel

      A Dior também apresentou um desfile muito mais jovem e enxuto do que o esperado, com profusão de shorts, mangas volumosas e transparências, Ralf Simons fez mais uma vez um belo desfile que emociona e surpreende sem perder o legado da marca.

      4_dior

      Já a sempre leve e romântica Chloé surpreendeu na combinação de peças super esportivas, como a calça jogging e o agasalho, com outras que trazem a leveza da característica da marca, como blusas de seda e saias longas esvoaçantes. Num é que deu bossa?

      3_chloe

      Por outro lago, a sempre extravagante Alexander McQueen trocou os looks pesados por vestidos extremamente femininos, que parecem ter saído de uma literatura inglesa do período vitoriano diretamente para os nossos sonhos. Amamos!

      7_mcqueen

      Por sua vez a Valentino pode ter decepcionado alguns clientes fiés de seu estilo romântico e feminino trazendo estilo forte com pegada étnica, em bela homenagem `a Africa. Virada interessante na marca que se mostra corajosa e acerta pela ousadia.

      9_valentino

      Falando em ousadia, a minimalista Céline seguiu o fluxo da NYFW com as irresistíveis camisolas, abusando de transparências e sensualidade surpreendente pra marca, que apesar de tudo não perdeu sua identidade infalivelmente chic.

      1_celine

      Mas nenhum estilista conseguiu ser chique e ao mesmo tempo fresco como Dries Van Noten, em desfile com as cores certas, modelagem over-desabada com ar displicente, e as texturas adamascadas que sempre marcam presença nas coleções do belga. Sem falar nas plataformas pink com a qual já estamos sonhando!

      5_dries

      A Miu Miu também garantiu o mix perfeito em desfile luxuoso, um dos poucos da temporada, e ao mesmo tempo forte, jovem e moderno, que acertou o coração das gatinhas clientes da marca em cheio.

      8_miumiu

      Pra fechar a semana de surpresas, opostos e viradas inesperadas, Nicolas Ghesquiére parece ter finalmente colocado as “manguinhas de fora”. Dessa vez o francês transformou a tardicionalíssima Louis Vuitton no palco de um desfile repleto de looks cyber punks e tecidos tecnológicos, perfeitos pra uma rave no futuro.

      6_louis_vuitton

      Goste ou não, é inegavelmente novo, e a gente ama uma novidade, é ou não é?

      14.10.15