• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • junta local

      bola_junta
      Nesse final de semana, a gente foi conferir a Junta Local, que rolou na Comuna. A Junta é uma rede de pequenos produtores artesanais e agricultores rurais e urbanos empenhados em oferecer uma comida boa e justa pra comunidade local. A idéia é pensar a comida como forma de expressão e não negócio. Interessante, né? Vem saber mais!

      junta6

      Além de experimentar quitutes deliciosos, o barato do evento é conhecer e trocar ideia diretamente com quem produz. Dá pra aprender sobre o processo de produção dos alimentos artesanais e criar uma relação sem intermediários com os produtores. O clima é ótimo!

      junta1

      A gente conheceu os meninos da Horta Vitae, que são da Ilha do Governador e oferecem produtinhos orgânicos através de entrega consciente pra minimizar insumos. Vale experimentar as trufas de cacau e o brigadeiro de aveia com uva passa. No café Kalambou, a gente conheceu o David Ferreira, que estreava no evento com sua primeira safra. É ele mesmo quem planta, colhe, seca, torra e moi os grãos do café. Ufa!

      junta8

      Pra quem não resiste a um bom doce, a dica é conhecer a Di Macedo da Doce Predileto. Ela começou a criar sabores diferentes pros doces pensando no que ainda não existia no mercado. Destaque pro petit gateau de banana e nutella e pro brownie que é de comer sonhando. Os chutneys da Lily Magnolia também merecem atenção. São molhinhos agridoces desenvolvidos pela Marcia Albuquerque e pela Carolina Terra. O de carambola é delícia!

      junta2

      Nas bebidas, a galera fez fila pra experimentar a Sangria da Nat, que surgiu há um mês e meio e tem entrega em todo o Rio e Niteroi, e os meninos da Hocus Pocus diversificaram com a cerveja produzida por eles, levemente adocicada. A gente conversou também com o Sérgio da Maxicana. Ele construiu um alambique próprio e é o único no Brasil a produzir uma cachaça sem cobre, sem carbamato de etila e álcools superiores, o que torna a bebida orgânica e saudável.

      junta7Fotos: Luiza Chataignier

      A próxima edição já tem data marcada: dia 11 de outubro, de 10h às 16h, na Comuna. É claro que a gente vai marcar presença e já deixa o convite: partiu? 🙂

      01.10.14