• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • farm visita: museu afrobrasil

      farmemsp-afromuseu-1

      O Parque Ibirapuera esconde vários museus que às vezes passam por despercebidos ao lado de outros como o Oca. O Museu Afro Brasil é um deles. Também projetado por Oscar Niemeyer, o museu mostra toda a trajetória e influência africana na cultura brasileira. Ou seja, é visita imperdível!

      farmemsp-afromuseu-2

      Começando pela exposição “São Paulo 461”, comemorando os 461 anos da cidade, desde os tempos do café, da história do samba na cidade, e desfiles de Carnaval na década de 30.

      farmemsp-afromuseu-3

      Em outras duas mostras, o museu estuda a simbologia das serpentes, nas guaches do português José Guimarães, e em fantasias, máscaras e obras de arte.

      farmemsp-afromuseu-4

      Lá a gente também viu arte do povo Bakuba direto da África, como vários tecidos em ráfias, feitos a partir das folhas de uma palmeira originária da África e da América do Sul, e veludos. Com muita simetria orgânica nos padrões geométricos, eles usavam técnicas de apliqué, bordado, tie-dye e até o patchwork. Vale lembrar que todas essas técnicas são usadas até hoje no mercado da moda!

      farmemsp-afromuseu-5

      E também vimos fotos de diversos reis do continente africano. É fácil notar na riqueza das estampas de suas vestimentas.

      farmemsp-afromuseu-6Já nas exposições de longa duração, o museu mostra toda a história da vinda do povo africano pro Brasil.

      farmemsp-afromuseu-7

      Além das origens do Maracatú, da herança africana que herdamos através da religião e cosmologias, do candomblé…

      farmemsp-afromuseu-8

      No total são mais de 6 mil obras, fotos, gravuras, e itens originais. Muito conhecimento, e muita riqueza cultural por metro quadrado!

      farmemsp-afromuseu-9

      E por fim, deixamos por último a mostra do artista plástico Sydney Amaral, “O Banzo, o Amor, e a Cozinha de Casa”, com destaque pra uma obra feita de bronze com pintura eletrostática de dois corações, entitulados de “entre iguais ou todo amor humano”. O artista plástico venceu o Prêmio Funarte de Arte Negra 2012.

      Quem tiver de passagem por São Paulo e quiser mais informações sobre o museu, é só clicar aqui.

      07.02.15