• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • FARM astral – setembro

      Mais uma temporada de eclipses faz de setembro um dos meses mais importantes do ano. A primeira foi em março, em agosto tivemos um “quase eclipse” e agora a vida está mais uma vez dando uma reviravolta. Eclipses são as engrenagens do destino: trazem revelações de dentro pra fora e de fora pra dentro e promovem profundas e abrangentes transformações. Tendemos a sentir os eventos como inevitáveis, mas eles também trazem as recompensas pelos nossos esforços de muito tempo.
       
      Desta vez, seguimos na série de eclipses no eixo Virgem-Peixes que desde o início de 2015 e até o final de 2017 mexe com nossos recursos materiais, saúde e espiritualidade. No zodíaco este é o eixo da purificação: Virgem é corpo, natureza, trabalho, serviço, detalhe, aperfeiçoamento; Peixes é alma, cosmos, intuição, caos, união, entrega. No dia 1, o eclipse solar em Virgem abriu uma nova etapa, indicando a necessidade de limpeza e organização em alguma área da vida específica pra  cada signo (tem os detalhes de cada signo no Mapeando desse mês!).

      Mas parece que, pra isso, algum conflito latente precisou emergir. A quadratura do sol e da lua com a conjunção Marte-Saturno de um lado e Netuno de outro sugere desilusões, pois vivemos em tempos diatópicos, experimentamos uma boa dose de frustração com o mundo e com o resultado de nossos esforços. Por isso, precisamos ter consciência dos erros e enganos para realinhar tudo numa direção mais coerente com as demandas dos novos tempos. Até porque esta foi também uma configuração fértil e produtiva.
       
      Com Mercúrio retrógrado até o dia 22, no meio do caminho enfrentamos aqueles probleminhas de comunicação: tudo leva mais tempo do que o programado, os planos mudam, assuntos mal resolvidos incomodam de novo, mal entendidos estão em pauta e até reaparecem aquelas pessoas perdidas. Mas é também o momento de olhar no espelho retrovisor antes de avançar para não repetir os mesmos padrões, revisar e editar nossos projetos, elaborar melhor nossas propostas futuras, pensar melhor para emitir uma opinião e ter aquela conversa há muito adiada.
       
      No dia 16, o eclipse lunar em Peixes é o auge do ciclo e um momento de cura, quando as emoções precisam fluir desimpedidas. Isso pode até significar um transbordamento, mas as águas lavam as mágoas. Então será tempo de deixar o passado ir enquanto nos envolvemos com o novo. Há um aspecto muito bonito de libertação dos desejos nesse eclipse, pois não precisamos de regras, mas simplesmente de sentimento e harmonização das diferenças. Duas virtudes pedem expressão: a humildade e o perdão.
       
      É que Júpiter, o astro da sorte e da expansão, ingressa em Libra no dia 9, onde vai transitar por um ano estimulando a ética e a justiça, a integração das diferenças e um maior equilíbrio para tudo na vida. Precisamos de Júpiter para prosperar, então é importante aprender com ele tudo sobre a arte do encontro. Depois de três anos de eclipses entre Áries e Libra de 2013 até março deste ano, nossos relacionamentos agradecem! 

      08.09.16