• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • cabeça feita

      bola_turbantes

      Dia especial por aqui. ♥ A gente acabou de lançar a coleção de inverno ‘Black Retrô’ (corre pro e-FARM e pras lojas!) e tem ação especial na loja de Ipanema rolando hoje, de 17h às 20h. O lindo Project Tribe vai lançar uma linha exclusiva de turbantes com a gente e a Juliana Luna, uma das sócias do projeto, vai aparecer por lá pra ensinar a colocá-los. A gente bateu um papo com ela, vem ler:

      turbantes_5

      “Os turbantes estão presentes no mundo todo. No Oriente, na Ásia… Na África, por exemplo, eles podem receber um significado diferente em cada tribo. Um dos significados que eu mais curto é quando o usamos pra cobrir o chacra da coroa, que é a comunicação direta com o divino. É por isso que nas religiões Afro se cobre sempre a cabeça, é um símbolo de proteção. Os turbantes são elementos de embelezamento e riquezas culturais”, explica a Luna.

      turbantes_1

      E disso ela sabe bem. Quando ainda morava em Nova York, conheceu uma família nigeriana – que não só apresentou o uso dos turbantes no dia a dia pra ela como protagonizou encontros de muitas trocas e afeto. Das coisas que não têm preço, sabe? E desde então, ela desenvolve o próprio jeito de usar o acessório com base nas pesquisas que já realizou e também na intuição, um verdadeiro exercício de autoconhecimento.

      turbantes_6

      Os turbantes são super democráticos e abraçam a diversidade, ou seja, dá pra explorá-los em diferentes tipos de tecido e amarrações, dependendo do efeito que você quer dar. Nos lugares de temperaturas altas e sol, é bem funcional: “ele protege a cabeça do sol, é menos radiação pra gente, né? Fora que o pescoço fica livre da cabeleira, como se colocasse o cabelo pro alto. Os turbantes feitos com tecidos de algodão são fresquinhos!”.

      turbantes_4

      A verdade é que mais do que um acessório de moda, os turbantes são um verdadeiro símbolo de empoderamento feminino e é isso que faz a Luna tão apaixonada por eles. É reflexo, identificação e energia: “Eu vejo a mudança no comportamento das mulheres quando elas usam e várias meninas de etnias diferentes já conversaram sobre isso comigo. Você coloca esse elemento rico na cabeça e de repente se percebe de outra forma, ativa um espaço energético, te coloca com a cabeça pra cima, abre o plexo solar!”.

      turbantes_7

      A nossa linha em parceria com o Project Tribe é limitada e está disponível nas lojas de Ipanema, Leblon, Village Mall, Centro II e Gávea. Foi tudo feito com amor e a própria Luna escolheu as estampas e os tecidos, então vale a pena correr pra Ipa hoje e estender esse papo delícia pessoalmente com ela: “É um evento de aproximação e as pessoas vão se sentir mais próximas da coleção, que tá linda e veio pra dialogar, pra aproximar universos”, conta Luna.

      Então tá falado! A gente te espera já já, na loja de Ipanema, a partir das 17h, tá? ♥

      04.02.15