• Tire suas dúvidas sobre pedidos, trocas e devoluções.
    Atendimento nos dias úteis das 9h as 18h.
  • Receba dicas de estilo, via Whatsapp, para realizar uma compra personalizada!

sua mochila está vazia

    • filmes de maio

      Maio já tá aí, começando com feriado! E pra melhorar, só um filmezinho bom, né? Vem cá conferir quais são as estreias imperdíveis do mês!
       

      Cora Coralina: uma das mais importantes escritoras e poetas da nossa história, Cora Coralina vira filme nesse longa de Renato Barbieri. Ela – que só publicou seu primeiro livro aos 75 anos de idade, depois de uma vida inteira dedicada ao trabalho de doceira – nos emociona com sua escrita sensível e verdadeira, coisa linda de ler e, agora, de assistir. Com um elenco de peso, o filme chega aos cinemas no dia 25 de maio e, por aqui, já estamos na contagem regressiva! 
       

      Little Men: mudar pra um lugar novo nunca é fácil, mas uma amizade verdadeira facilita. Em "Melhores Amigos" (nome do filme no Brasil), essa é a história de Jake: ele acaba de ser mudar com sua família e conhece Tony, seu mais novo melhor amigo. E aí… enquanto os dois meninos vivem uma amizade feliz, seus pais brigam pelo aluguel de uma loja. Chato, né? O filme fala sobre relacionamentos e como eles mudam da infância pra vida adulta – e sobre como é importante mantermos sempre uma criança viva dentro da gente!
       

      Norman: confie em mim: como o próprio nome diz, esse filme fala sobre confiança. Norman, um simpático senhor interpretado por Richard Gere – sim, ele envelheceu – é dono de um pequeno negócio quando faz amizade com um jovem político. O que ele não esperava é que o pequeno político fosse se tornar um influente líder mundial – e o que isso significaria na sua vida. Bom pra refletir sobre os limites do doar-se ao outro, sabe? E pra ver Richard lindão no auge dos seus 67 anos
       

      Sobre viagens e amores: quando um casal de italianos que mal se conhece decide ir pra Califórnia e são acolhidos por um casal gay, o primeiro contato é marcado por choques, sobretudo o cultural. Ao longo do tempo – e da viagem, é claro! – esse quarteto improvável se aproxima e surge uma amizade verdadeira, dessas que a gente quer ter pra vida toda! É um filme amorzinho, desses pra assistir no domingo à tarde

      Agora já sabe. É só correr pro cinema e aproveitar! 

      01.05.17